As 10 melhores histórias de 2011 - #1 - Black Friday

  • Equipa PokerNewsEquipa PokerNews
As 10 melhores histórias de 2011 - #1 - Black Friday 0001

Na Sexta-feira, dia 15 de Abril de 2011, o poker online mudou para sempre.
O Departamento de Justiça dos Estados Unidos processou os fundadores da Full Tilt Poker, PokerStars e Absolute Poker por fraude bancária, lavagem de dinheiro e jogo ilegal. Os eventos do dia que foi apelidado de Black Friday, tiveram um impacto sem precedentes na indústria, transformando o poker e ainda hoje continua a haver consequências e ramificações.

A saga Black Friday está longe do fim e de certeza que estará nos escaparates em 2012, continuando o drama da Full Tilt e os seus jogadores. Dito isto, é fácil esquecer o que aconteceu realmente nesse dia. O mais infâme dia do Poker começou como qualquer outro dia.

A 15 de Abril, por volta das 09:00, a Marketwatch lançou a notícia que as autoridades federais tinham processado os sites acima mencionados. O comunicado de imprensa nomeava especificamente 11 nomes: Isai Scheinberg, Raymond Bitar, Scott Tom, Brent Beckley, Nelson Burtnick, Paul Tate, Ryan Lang, Bradley Franzen, Ira Rubin, Chad Elie e John Campos. Mais de 75 contas bancárias foram congeladas e cinco domínios de internet foram apreendidos.

As queixas baseavam-se na Illegal Gambling Business Act of 1955 and the Unlawful Internet Gambling Enforcement Act of 2006, e no facto das empresas usarem métodos fraudulentos para "rodear" a lei.

"Como estabelecido, os acusados fazem parte de uma elaborada fraude criminal, recorrendo ao engano de bancos americanos e ao suborno para assegurarem o fluxo de biliões resultantes do jogo ilegal." QUem o disse foi Preet Bharara, do Ministério Público. "Mais ainda e como nós defendemos, nas suas tentativas de rodear as leis do jogo, os acusados envolveram-se em lavagem de dinheiro e fraude bancária. As empresas estrangeiras a operar nos Estados Unidos não estão acima da lei simplesmente porque não querem ter menos lucro. "

Estas acusações pareciam ser surpresa mas o Australia Courier-Mail sugeria que teria sido um jovem empresário Australiano, Daniel Tzvetkoff, que tinha deixado o poker online de joelhos.

Tzvetkoff, que preparava os métodos de pagamentos usados pelos sites de poker, teve um desentendimento com a PokerStars e a Full Tilt e cada uma delas tentou processar Tzvetkoff em mais de $100M. Em Abril de 2009, Tzvetkoff foi preso em Las VEgas, depois do FBI ter sido avisado da sua presença, e foi processado de lavagem de dinheiro, fraude bancária e fraude online. Como foi considerado um risco de fuga, foi-lhe negada fiança o que fez com que todos acreditassem que teria entrado em acordo com a jistiça americana.

Entretanto, na Black Friday, dois dos acusados, Campos e Elie, foram presos de manhã no Utha e em Las Vegas. Já os outros acusados, a maior parte dos quais localizados fora dos Estados Unidos, não estavam sob custódia.

Às 20:26, a PokerStars bloqueou os jogadores americanos do seu site e surgiu o pânico, mini ainda. Ninguém parecia saber o que significava ou as consequências, embora todos concordassem que não seria bom.

A informação escasseava mas isso não impediu que milhares e milhares de jogadores explorassem tudo o que lhes aparecesse. O conhecido fórum de pokerTwoplusTwo viu nascer uma thread de 210 páginas, em que 12.000 users participaram em muito pouco tempo. Tanta gente, aliás, que o site crashou entretanto.

Brandon Adams (@badams78): “Alright, I read everything. Prognosis: Unfavorable”
Michael McDonald (@MikeMcDonald89): “Every few months people think the sky is falling in online poker. For the first time ever I’m one of them. WTF”
Jason Senti (@PBJaxx): “Well, on the day I sent the US gov’t a LOT of money to finish up 2010 taxes, they shut down my income stream.”
Joe Sebok (@joesebok): "obv not a redirect, everyone. just hadn't hit yet. more details to come...? guess we'll see..."
Matt Affleck via Facebook: "Good Game online poker in the United states! Good thing i have been practicing my live poker skillz the last 6 months :D"
Justin Bonomo on Facebook: "I'm usually not one to panic, but this DoJ thing seems really bad for US poker players =( 2+2 so jammed w/ traffic I can't even read about it. V Scary. Anyone have any useful info / informed predictions / relevant links?”

As coisas pareciam negras e muitos jogadores tentaram levantar o seu dinheiro mas descobriram que os fundos estavam congelados. Entretantos os media tentavam encontrar informação em vários sites sem muito sucesso, para além da BODOG que dizia "business as usal at Bodog, para os jogadores americanos"

Antes da Black Friday, a PokerStars e a Full Tilt tinham parcerias "inquebráveis" com o Wynn Casino e o Station Casino, respectivamente. Após as notícias da Black Friday se terem tornado públicas, o destino dessas parcerias tornou-se desconhecido.

Pouco depois, a Associated Press mostrou o twiiter de Oskar Garcia: Wynn pulls out of alliance with PokerStars, while Fertitta says theirs was contingent on Full Tilt getting a gambling license."

E num piscar de olhos, a importância da legalização do poker online e estas parcerias estratégicas desapareceram.

Às 02:52 a Full Tilt seguia o exemplo e fechava portas aos jogadores americanos. "Infelizmente, como consequência da acção legal, a Full Tilt decidiu suspender o jogo a dinheiro nos Estados Unidos até que o caso esteja resolvido. A Full Tilt Poker continuará a providenciar jogo online fora dos Estados Unidos."

Foi a este ponto, após um longo e extenuante dia, que os jogadores finalmente tiveram notícias da PokerStars e Full Tilt Poker, com esta última a declarar que "Mr. Bitar e a Full Tilt Poker acreditam que o poker online é legal - posição suportada por algumas das melhores mentes legais dos Estados Unidos. A Full Tilt Poker está e sempre esteve comprometida com a integridade do jogo e o cumprimento da lei."

Ray Bitar, CEO da Full Tilt acrescenta: "Estou surpreendido e desapontado com a decisão do governo. Fico à espera do Sr. Burtnick e da minha exoneração".

Algumas horas depois, a PokerStars lançava um comunicado aos seus clientes, através de um pop up no lobby: "Como podem ter ouvido, tivémos que suspender os nossos serviços de poker online a dinheiro aos jogadores americanos devido a desenvolvimentos legais. Estes assuntos legais estão confinados aos Estados Unidos e não têm impacto na possibilidade de continuarem a usar os nossos serviços. Os fundos dos jogadores estão seguros e não há motivo de preocupação. Para todos os jogadores fora dos Estados Unidos, está tudo normal."

Ao terminar o dia, o mundo do poker estava em choque. Ninguém sabia o que poderia acontecer e nos dias seguintes as peças do jogo continuaram a cair. A Full Tilt cancelou a Onyx Cup, a ESPN retirou toda a publicidade da PokerStars, os programas televisivos eram cortados. o Pokerstars Big Game e o Million Dollar Challenge foram cancelados.

A Black Friday está bem documentada, sendo a nossa maior história de 2011, mas está longe de terminada.
Segue-nos no Twitter e Facebook para informações actualizadas no minuto.

Mais notícias

O que pensas?