Agora ao vivo
PokerStars Championship Barcelona

As 10 melhores histórias de 2011 - #3 A PokerStars depois da Black Friday

  • Silvia  AlmeidaSilvia Almeida
As 10 melhores histórias de 2011 - #3 A PokerStars depois da Black Friday 0001

Quando o Departamento de Justiça dos EUA apreendeu os domínios das três maiores salas de poker online, a 15 de Abril de 2011, o futuro da Pokerstars e Full Tilt Poker ficou incerto. Os líderes da indústria foram acusados de enganar os bancos para poderem processar milhões de dólares resultantes do poker online e 11 homens foram indiciados pelo seu alegado envolvimento com estas actividades ilegais.

O que ficamos a saber nos meses que se seguiram foi que a PokerStars tinha um plano de emergência para qualquer situação. Ao contrários dos seus concorrentes, a PokerStars sobreviveu aos acontecimentos da Black Friday mantendo a sua reputação imaculada.E a avaliar pelos recentes recordes mundiais batidos no seu aniversário, até podemos achar que estão maiores que nunca.

Antes de qualque outra coisa, a maior sala de poker online trabalhou diligentemente para assegurar que todos os jogadores americanos recebessem os seus fundos. Menos de um mês depois de ter feito um acordo com o Departamento de Justiça, a Pokerstars anunciou que iria devolver mais de $100 Milhões aos jogadores dos Estados Unidos. Entretanto, em Dezembro, os jogadores da Full Tilt e da Cereus ainda estão sem saber se irão ou não recuperar o seu dinheiro.

Desde então, as coisas têm corrido como sempre para a PokerStars. Naturalmente, a sala viu o seu tráfego diminuir ligeiramente ao perder o seu mercado americano, mas conseguiu controlar o resto do mundo. Desde 19 de dezembro que a PokerStars, incluindo a Pokerstars.fr6 e a PokerStars.it, tem quase 50% do tráfego mundial de cash games. ( de acordo com a PokerScout)

Possivelmente, melhor prova que podemos ter acerca do calibre e resistência da Pokerstars chegou durante o World Championship of Online Poker 2011, quando garantiu $30M em prizepools distribuídos por 62 eventos. Essa marca foi ultrapassada e mais de $47M foram distribuidos ao longo do mes, incluindo $1.2M ao dinamarquês Thomas "Kallllle" Pedersen pela sua victória no Main Event do WCOOP. Em 2009, quando o poker estava vivo e de saúde nos Estados Unidos, foram $52M no WCOOP. Os prizepools aumentaram para $63M em 2010 mas, considerando as circunstâncias, quase não se notou o decréscimo em 2011.

Em Dezembro, a PokerStars não só estaveleceu o recorde para maior Sunday Million de sempre na sua história de 10 anos, mas bateu o recorde do Guiness para o número de jogadores num único torneio. A 4 de Dezembro, 200.000 pessoas participaram no torneio de $1 com um prémio garantido de $250.000. Gaz Deaves, do Guiness, certificou o acontecimento e a festa aconteceu no Hilton Hotel durante a paragem do PokerStars European Poker Tour, em Praga.

Para além de ter batido recordes impressionantes desde a Black Friday, a PokerStars implementou o Player Protection Plan, para garantir que os erros da Full Tilt e da UB não tornariam a acontecer. A PokerStars fez um fundo independente para o mercado francês e estão a trabalhar de perto com os reguladores dos mercados espanhóis, italianos e belgas.

A segurança das contas dos jogadores e a integridade do poker online são fundamentais para o sucesso da indústria. É com prazer que acompanhamos os líderes de opinião da legislação europeia para estabelecer um padrão para a indústria que proteja os fundos dos jogadores.

diz Gabi Campos, CEO da PokerStars.

Quando se fala de profissionalismo na indústria do poker online, a PokerStars joga numa liga muito própria. Pela forma como lidou com a adversidade que rodeou a Black Friday e pela capacidade que mostrou em continuar a crescer, não há dúvida que a PokerStars merece ser reconhecida como uma das maiores histórias de 2011.

Mais notícias

O que pensas?