Reacções à Sexta-Feira negra do Poker online

black friday

Na passada Sexta-Feira, o mundo do poker sofreu um duro golpe depois de o Departamento de Justiça Americano processar os fundadores da PokerStars, Full Tilt Poker e Absolute Poker por fraude bancária, lavagem de dinheiro e jogo ilegal. Pouco tempo depois, a PokerStars bloqueou jogadores Americanos do seu site. Ondas de choque do anúncio circularam rapidamente as redes sociais como Twitter e Facebook e vários fóruns. Jogadores e media expressaram a sua insatisfação, e por vezes até pânico, num dia que fica a ser conhecido como Sexta-Feira Negra para o mundo do poker.

* Acompanha o processo neste artigo em actualização constante, Grandes do Poker Online Processados.

Portanto, como é que a Sexta-Feira Negra do Poker aconteceu? De acordo com o Australia Courier-Mail, foi o australiano Daniel Tzvetkoff quem deixou o mundo do poker num alvoroço. Ao que parece, Tzvetkoff criou os esquemas dos processos de pagamentos utilizado pelos grandes sites de poker online - e ganhou uma fortuna ao mesmo tempo.

Eventualmente, a PokerStars e a Full Tilt tentaram processar Tzvetkoff, reclamando que este devia mais de $100 milhões depois de ficar um pouco ganancioso. Avançando para Abril e 2009, corriam rumores que estes sites teriam avisado o FBI que Tzvetkoff estaria de visita a Las Vegas. Daniel foi preso, acusado de lavagem de dinheiro, fraude electrónica, e fora-lhe negada fiança; no entanto, parece que Tzevtkoff conseguiu um negócio ao "entregar" os sites ao Departamento de Justiça, um facto evidenciado pela Sexta-Feira Negra e pelo facto de Tzvetkoff ter sido libertado sob fiança depois de se reunir com os procurados no passado mês de Agosto.

Enquanto Tzvetkoff é classificado como "O Génio que acaba de esmagar a indústria do poker online", o resto do mundo estava ocupado a reagir às notícias. Pouco depois da história começar a circular, o fórum TwoPlusTwo quebrou um recorde com mais de 12.000 pessoas online em simultâneo (o tópico vai já em 240 páginas). Na verdade, o tráfego era tão intenso que o site sofreu interrupeções. A mesma coisa aconteceu quando a Poker Players Alliance publicou uma declaração, o site não aguentou a carga de tráfego e esteve temporariamente indisponível.

O Ex-Senador Alfonse D'amato, presidente da PPA, disse através de uma declaração: "Em nome dos milhões de jogadores de poker do país, estamos chocados com as acções tomadas pelo Departamento de Justiça Americano contra as companhias de poker online e iremos continuar a lutar pelo direito dos Americanos de jogarem poker. Poker online não é um crime e não deve ser tratado como tal. Estamos no momento a recolher toda a informação possível acerca dos desenvolvimentos de hoje e iremos oferecer uma análise detalhada assim que todos os factos estiverem disponíveis."

A PPA não esteve sozinha ao expressar desagrado com as acções do Departamento da Justiça. Profissionais de poker de todo o mundo serviram-se dos seus Twitter e Facebook para expressar as suas preocupações:

Brandon Adams (@badams78): "Ok, li tudo. Prognóstico: Desfavorável."

Jason Senti (@PBJaxx): "Bom, no dia em que envio ao governo americano MUITO dinheiro para fechar os impostos de 2010, acabam com o meu rendimento..."

Joe Sebok (@joesebok): "mais detalhes para chegar? veremos..."

Matt Affleck via Facebook:" Bom jogo poker online nos Estados Unidos! Ainda bem que tenho praticado o meu jogo ao vivo nos últimos 6 meses!"

Justin Bonomo on Facebook: "Geralmente não sou pessoa de entrar em pânico, mas isto do DoJ parece mesmo mau para os jogadores Americanos =(. O 2+2 tá tão encravado que não consigo saber mais. Muito assustador. Alguém tem informações utéis/ previsões / links relevantes?"

Enquanto o dia progredia, as más notícias continuavam. Os jogadores reportaram problemas em contactar o suporte de clientes de vários sites, bem como dificuldades em levantar os seus fundos. Pela tarde, chegou a notícia de que a Wynn Resorts iria desistir da sua aliança estratégica com a PokerStars, acompanhada pela mesma notícia relativa à Fertitta Interactive[/b] e a Full Tilt Poker.

Por falar em Full Tilt, a companhia lançou uma declaração dizendo: "Infelizmente, como resultado desta acção, a Full Tilt Poker decidiu suspender a actividade "real money" para os Estados Unidos até este assunto estar resolvido. No entanto, a Full Tilt Poker continuará a fornecer serviços para fora dos Estados Unidos."

O Full Tilt Chief Executive Officer Raymond Bitar disse também: "Estou surpreendido e desapontado pela decisão do governo. Estou ansioso pela exoneração do Sr. Burtnick e a minha." No entanto, Bitar não comentou a questão do reembolso dos clientes americanos, levantando ainda mais questões e pânico.

Enquanto o mundo do poker cai por terra, o universo do Twitter não perdeu a oportunidade de encontrar algum humor de toda esta situação. Eis alguns dos Tweets mais divertidos:

Jean Robert Bellande (@BrokeLivingJRB): Atenção jogadores online! Talvez seja a altura de experimentar o poker ao vivo. Venham jogar comigo no @ARIAPoker e perguntem pela comissão do casino. Preciso de aumentar a minha banca!

Randy Lew (@Randy_Lew): "tenho de voltar a considerar a promoção Euro-poupança da MacDonalds se as coisas não resultarem."

Matthew Waxman (@mawaxman): "Acabaram-se as minhas desculpas para deixar a família pendurada aos domingos..."

Justin Smith (@BoostedJ): "Trabalho por comida e abrigo."

Doyle Brunson (@TexDolly): "Vamos ver agora se esssas estrelas online sabem jogar poker real. Ante up suckers!"

Phil “OMGClayAiken” Galfond (@PhilGalfond): "Alguém quer comprar um escorrega?"

Apesar de Galfond estar claramente a brincar sobre vender o escorrega da sua sala de estar, acrescentou: "O que tiver de acontecer , acontecerá. Tudo o que podemos fazer é dar a voz de apoio ao poker online e esperar.

Tom "durrr" Dwan assumiu também o seu papel de embaixador do poker e disse: "Eu diria que a FTP/Stars valem 93c a cada $. (praticamente 100% de vocês receberão o vosso dinheiro de volta mas poderá demorar 2-3 meses)

Acompanha o desenrolar desta história e segue-nos no Twitter e Facebook para informações actualizadas no minuto.

Mais notícias

O que pensas?