Winamax SISMIX

Entidades Reguladoras Contentes com a Evolução da Liquidez Partilhada

Serviço de Regulamentação e Inspeção de Jogos (SRIJ)
Sharelines
  • Entidades Reguladoras Contentes com a Evolução da Liquidez Partilhada

O Serviço de Regulamentação e Inspeção de Jogos (SRIJ) lançou ontem um comunicado onde fala sobre a evolução do mercado de liquidez partilhada do poker online. Neste, podemos ler que as três entidades reguladoras envolvidas, francesa, portuguesa e espanhola, estão satisfeitas com a evolução deste novo regime de liquidez partilhada e que a performance do poker online tem melhorado nos três países.

Quanto a números, estes serão divulgados pelos representantes de cada uma das entidades reguladoras numa sessão dedicada à liquidez partilhada, que se realizará na conferência de gaming ICE no dia 4 de fevereiro, em Londres.

As três entidades reguladoras expressaram também a sua vontade de cooperar com outros reguladores que demonstrem interesse em subscrever o acordo de liquidez partilhada.

Aqui fica o comunicado do SRIJ:

No dia 6 de julho de 2017, as entidades reguladoras de França, Itália, Portugal e Espanha assinaram um acordo relativo à liquidez partilhada do póquer online, com o objetivo de reunir um volume de liquidez atrativo neste segmento do jogo online e, simultaneamente, manter padrões elevados de proteção e de cumprimento das regras dos respetivos países.

Um ano após a materialização do primeiro jogo de póquer no qual foram aceites jogadores de mais de uma das jurisdições referidas, as entidades reguladoras francesa, portuguesa e espanhola manifestam a sua satisfação relativamente à evolução deste novo regime de liquidez partilhada.

Em termos de aceitação por parte dos jogadores, desde a implementação do acordo, a participação em mesas de liquidez partilhada em detrimento das nacionais tem sido a escolha mais proeminente entre os jogadores de póquer de França, Portugal e Espanha.

Consequentemente, o mercado do póquer online de França, Portugal e Espanha tem melhorado a sua performance desde a implementação do acordo, gerando valores positivos em cada um desses mesmos mercados. Representantes das entidades reguladoras dos referidos países irão divulgar esses números na sessão dedicada à liquidez partilhada, que se realizará na ICE no dia 4 de fevereiro, em Londres.

Além dos valores, é importante salientar que, até ao momento, não se verificaram incidentes dignos de registo no âmbito da implementação de um ambiente de liquidez partilhada em nenhuma das jurisdições envolvidas. Este facto indicia que é possível implementar a liquidez partilhada entre as jurisdições com um nível de proteção equivalente, com a vantagem de melhorar a experiência do jogador sem comprometer a sua integridade.

Por último, a fim de proporcionar a base para um futuro desenvolvimento, as entidades reguladoras de França, Portugal e Espanha manifestam a sua disponibilidade para cooperar com as demais entidades reguladores do jogo da União Europeia ou do Espaço Económico Europeu que venham a demonstrar interesse em subscrever o acordo.

O que pensas?

Mais notícias

Outras Histórias