Exclusivo: "Isto foi o que os reguladores Europeus discutiram em Roma"

Giovanni Carboni

Embora não tenha sido admitido na semana passada, parece que um dos assuntos mais discutidos na reunião que juntou em Roma os representantes dos órgãos reguladores do jogo de vários países europeus foi mesmo a partilha de liquidez.

Um dos maiores consultores de jogo italianos,Giovanni Carboni, falou em exclusivo à PokerNews e contou o que se passou nas reuniões tidas pelos vários representantes, Carboni esteve presente, a convite, num dos workshops realizados.

"Os órgãos reguladores de vários países europeus criaram uma espécie de clube restrito onde são discutidas as importantes alterações de que a legislação europeia vai sofrer num futuro próximo." Carboni disse ainda que "Estas alterações vão ter impacto no mercado europeu e dos estados unidos da américa."

Segundo Carboni a agenda publicada pela AMMS não foi seguida à risca, o debate centrou-se no combate aos operadores ilegais e a conflitos entre a legislação europeia e dos estados membros.

Carboni diz que o anfitrião da reunião,Francesco Rodano, quer que a legislação italiana seja como a Espanhola e do Reino Unido, onde os operadores têm responsabilidades, ao contrário do que se passa em Itália.

“Para além destes assuntos, a partilha de liquidez também foi discutida no caso do poker online, o assunto não estava na agenda oficial mas foi debatido con toda a certeza," disse Carboni.

"A partilha de liquidez é decisiva na revitalização da industria do poker, e o contexto económico em que vivemos ajuda a que a mesma ainda tenha mais força. Os mercados de Itália e Espanha estão em baixa mas ainda não conseguiram chegar a acordo para que a liquidez possa ser partilhada entre ambos”.

Não é só a partilha Itália/Espanha que está em cima da mesa, França e Reino Unido também andam em conversações mas ainda não existe nenhuma decisão concreta por parte de nenhum país.

Mais notícias

O que pensas?