Agora ao vivo
PokerStars Championship Barcelona

Pro Blogs: Sabe Quando Desistir por Alec Torelli

  • Alec TorelliAlec TorelliDuarte RealDuarte Real
Pro Blogs

O último blog de Alec Torelli é a conclusão de uma série de blogs sobre saber desistir.

Na semana passada falamos sobre os motivos e opções de desistência e porque adoramos as maratonas de poker. Neste blog, dou mais dicas sobre saber parar e como controlar o teu jogo.

Quando Estou Cansado

Muitas vezes desisto quando estou cansado. torna-se complicado saber quando desistir pois existem diversos graus de letargia e, se me sinto um pouco letárgico normalmente bebo um chá ou um café e vejo como me sinto meia hora depois. Se nada mudar, eu vou dar uma volta. Se também não resultar --e se o jogo não for nada de especial — eu desisto.

Depois, há o outro extremo, quando parece que vou perder um casamento para estar em jogo. É fácil embrenhar-nos no jogo de tal forma que nos esquecemos que há mundo lá fora. A ilusão só é desfeita quando me lembro que nenhum jogo é insubstituível.

Na emoção do jogo, é fácil sentirmos descargas de adrenalina no entanto, eu avalia a minha letargia com os seguintes parâmetros:

Estou cansado se:

  • Se joguei oito horas ou mais
  • Estou a acordado há mais de 18 horas
  • Se dormi menos de 5 horas na noite anterior

Em geral, se dois parâmetros se aplicam, eu desisto.

Quando O Jogo Vai Terminar

Se o novato abandona o jogo e o mesmo está prestes a terminar, muitos desistem. Se comecei a jogar e me apetece um pouco de acção, eu vou procurar outro jogo. Se já entrei numa sessão decente, eu tiro o dia e volto fresquinho.

Nota Importante

Nunca abandono o jogo a seguir ao novato. Jogo sempre até que o novato saia do casino. Lembra-te, eles são os nossos clientes e é o nosso trabalho, tal como o do Casino, não só ganhar dinheiro mas criar um bom ambiente onde as pessoas percam dinheiro confortavelmente.

Ninguém gosta de se sentir um alvo. Não há nada pior do que um novato desistir e, logo atrás dele, desistem 2/3 jogadores regulares, quase como a troçar. Mau jogador!

Pro Blogs: Sabe Quando Desistir por Alec Torelli 101

A Solução: Ganha Controlo

Eu desisto sempre de um jogo caso altere a minha rotina. Não há nada que substitua uma vida equilibrada. Raras vezes que considero uma sessão de 24 horas como um jogo a não perder. A realidade é que esses jogos acontecem constantemente. Existem hobbies que são à prova de recessão e o álcool e o jogo são exemplos.

Se temos de dormir porque não o fazemos mediando a nossa agenda? Uma das melhores coisas em seguir uma carreira no poker é a liberdade associada, por isso, porquê deixar que seja o jogo a ditar quando deves jogar?

Existem milhares de razões pelo qual eu desisto. Um amigo telefona e convida-me para fazer outra coisa que prefiro. Uma melhor e mais lucrativa oportunidade aparece. Tenho de me levantar cedo no dia a seguir.

A única razão que precisei para desistir é, simplesmente, porque prefiro estar a fazer outra coisa qualquer.

Para leres todos os meus blogs e conteúdos visita www.alectorelli.com. O teu feedback é importante para mim bem como a partilha de ideias. Faz-me perguntas ou deixa um comentário. Segue-me no Twitter em @AlecTorelli. Para outros assuntos, envia um mail para alectorelli@gmail.com.

Fica a saber todas as notícias através do Twitter e do Facebook para informações actualizadas ao minuto e faz um Like na nossa página!

*Foto principal por Paul Berensen "Babinsky Cheating the Devil At Cards"

Mais notícias

jogadores relacionados

O que pensas?