Agora ao vivo
PokerStars Championship Barcelona

Black Friday: John Campos Declara-se Culpado De Crime Menor

John Campos

Na Terça, a Forbes declarou que o réu do Black Friday, John Campos chegou a acordo de culpa com os procuradores federais e irá escapar à data do tribunal de 9 de Abril, em Nova Iorque.

Campos, o anterior vice-presidente do SunFirst Bank in Utah, foi indiciado no dia 15 de Abril por violação da Unlawful Internet Gambling Enforcement Act (UIGEA) de 2006, conspiração para a violação da UIGEA, operação de negócios de jogo ilegal, violando a Internet Gambling Business Act de 1970, e conspiração para lavagem de dinheiro. Três fontes falaram à Forbes na Terça, confirmando o acordo de culpa de Campos, em que este se declarou culpado por um crime menor.

As notícias chegam um dia depois do seu colega, também Réu do Caso Black Friday, Chad Elie, ter declarado culpa por conspiração, um crime que o colocará em prisão no mínimo seis meses a um ano. Elie e Campos deveriam ir a tribunal no dia 9 de Abril mas com estes acordos evitam o julgamento. A sua sentença irá iniciar a 3 de Outubro de 2012.

Campos e Elie foram presos no dia 19 de Abril de 2011, quatro dias depois de terem sido indiciados pelo Departamento de Justiça por envolvimento em operações de jogo ilegal. Os advogados de cada um, tentaram introduzir moções para arquivamento do processo alegando que a UIGEA não se aplica ao poker já que este é um jogo de perícia. No entanto, o juiz distrital, Lewis Kaplan, não arquivou o processo, declarando, " neste momento, seria inapropriado [arquivar o processo] por falta de provas."

Vamos continuar a acompanhar todo este processo!

Fica a saber todas as notícias através do Twitter e do Facebook para informações actualizadas ao minuto.

Mais notícias

O que pensas?