Amaya: Subida de Receitas de Casino e Apostas Esmaga Perdas no Poker

amaya
Sharelines
  • Amaya: Subida de Receitas de Casino e Apostas Esmaga Perdas no Poker

A Amaya apresentou esta semana os seus resultados do primeiro trimestre de 2016 e os números são positivos. Ainda que o poker tenha registado a sua maior perda em comparação com o período homólogo.

As receitas provenientes do poker online da PokerStars e Full Tilt baixaram 11%, dos $242.8 milhões de 2015 para $216.4 milhões em 2016. Estes números só não são mais preocupantes para a Amaya porque as receitas de casino e apostas desportivas, em conjunto, subiram mais de três vezes em relação ao ano transacto. O primeiro trimestre de 2015 tinha visto a faturação ascender aos $16.4 milhões e 2016 começou com $60.1 milhões de receitas, impressionante.

A perda de receita no poker online é explicada pela Amaya como uma conjugação de 3 factores, base de depositantes a diminuir, perdas significativas na Full Tilt e "canibalização" por parte do casino.

Embora a Amaya ainda se afirme uma empresa que se foca, primordialmente, no poker, os números começam a dizer o contrário. Comparando os números do primeiro trimestre de 2015 e 2016 vemos que as receitas passaram de um 90/6 (poker vs. casino e apostas) para um 75/21.

Na tentativa de melhorar os números, a PokerStars e a Full Tilt passam a partir do dia de hoje a partilhar a mesma pool de jogadores e foi apresentado novo Knockout Poker com uma nova campanha de anúncios de TV.

As oportunidades abertas por novos mercados regulados também são olhados como bastante interesse por parte da Amaya. A empresa reafirma a sua convicção que na segunda metade do ano o mercado luso possa estar em funcionamento e a isso junta um potencial crescimento do mercado regulado do estado de New Jersey. Em aberto, mas encarada com optimismo, está ainda a regulamentação do jogo na Rússia.

Recebe todas as notícias da PokerNews através das redes sociais. Segue-nos no Twitter e no Facebook!

Mais notícias

O que pensas?