Agora ao vivo
PokerStars Championship Barcelona

Afinal, não havia outra… só havia a Santa “Toda-Poderosa" por Henrique Custódio

henrique custódio
Sharelines
  • Afinal, não havia outra… só havia a Santa “Toda-Poderosa" por Henrique Custódio

Santa Casa não pede licença online… Ora bem, o que já se esperava!

Como desde há vários anos, parece que a estratégia da SCML, é destruir a indústria online; assegurar o seu monopólio de “negociata” e assegurar os cargos de direcção para a “corte” de políticos que ingressam nos seus quadros, principalmente quando já “não cabem” na política.

A SCML perseguiu os operadores em Portugal desde sempre; mas, parece que o seu objectivo nunca foi o desenvolvimento de uma Regulação de Jogo Online positiva, nem tão pouco a defesa do consumidor. O que parece, sem grande margem para dúvidas, é que objectivo da SCML foi empurrar uma Legislação que destruísse o Jogo Online em Portugal, que “secasse” as opções da indústria para os apostadores e jogadores Portugueses e, desta forma, ficarem “no altar” do seu monopólio, orgulhosamente e lucrativamente sós… sem qualquer interesse ou respeito pelos jogadores portugueses, sem qualquer vontade de modernidade, sem qualquer motivação para que Portugal entre na linha da frente na indústria do jogo online.

Sim, o jogo online existe... Quer queiram, quer não!

A SCML sempre pressionou para haver "uma" Regulamentação do Jogo Online, sempre disse com “sonoras palavras” que estava completamente de acordo, sempre deu indicações que pediria a licença online… pois bem… não vai pedir!
Depois de ficar sozinha no mercado e ter tido todo o tempo do mundo para criar o seu “Placard”, com uma taxação de impostos mínima, sem qualquer contraditório, a seu bel-prazer, sem qualquer concorrência, e oferecer o que bem lhe apetece aos jogadores portugueses, sem que estes tenham a mínima hipótese de escolha… afinal, a “natureza e fins estatutários” da instituição não se enquadram com o Jogo Online! Como??? Rir disto, é muito pouco...

Parece, sem margem para grandes dúvidas, que a SCML apenas “empurrou” esta Legislação para criar um deserto onde apenas o seu oásis impera! Sem concorrência, matando a possibilidade de haver uma oferta digna e positiva de jogo online em Portugal para os jogadores Portugueses.

Como se tudo isto não bastasse, temos ainda o “impasse” do poker online… a liquidez internacional parece ser o caminho do Regulador; mas para quando???

Parece que desta forma o monopólio mata “dois coelhos de uma cajadada”… a grande maioria dos operadores não entram com as apostas desportivas nem com poker online e começo a pensar que até os Casinos físicos portugueses, que podiam lançar os seu sites online, ficam sem produto… ou seja, nem os Casinos podem ser concorrência da SCML; poderão ter talvez os produtos de casino online, que como se sabe, é uma fatia pequena do mercado e não representa qualquer concorrência para a SCML…

Afinal, parece que se confirmavam as suspeitas dos mais atentos… parece que o objectivo único era destruir e proteger o monopólio da “ grande quinta” e dos “quintais”…
Parece que destruir impunemente foi muito mais fácil que construir o futuro…

Afinal, não havia outra… só havia a Santa “Toda-Poderosa”…
‪#‎EstamosCáParaLutar‬ ‪#‎IstoNaoÉoBotswana‬‪#‎PortugalPodeSerBemMelhorQueIsto‬

Recebe todas as notícias da PokerNews através das redes sociais. Segue-nos no Twitter e no Facebook!

Mais notícias

O que pensas?