Agora ao vivo
PokerStars Championship Barcelona

Caio Pessagno Analisa Mudanças no Programa VIP do PokerStars (Parte 3)

caio pessagno
Sharelines
  • Caio Pessagno Analisa Mudanças no Programa VIP do PokerStars (Parte 3)

Na Parte 1 falei da necessidade de nos adaptarmos e na Parte 2 foi a vez de opinei sobre a possível proibição do uso de softwares de apoio. Agora chegou a vez das mudanças no programa VIP do PokerStars.

O PokerStars anunciou que vai introduzir um novo programa VIP em 2016, onde as as “moedas” (FPPs, VIPs, etc) serão unificadas na nova Star Coin.

Quem vai ganhar menos dinheiro no novo sistema serão os jogadores que jogam mais caro e imprimem um volume bem alto. Os Supernova, como eu, vão ter um corte significativo no rakeback. E os Supernova Elite vão ter um corte maior ainda e serão os mais prejudicados.

Caio Pessagno Analisa  Mudanças no Programa VIP do PokerStars (Parte 3) 101
Caio Pessagno

O novo programa vai influenciar bastante a vida de quem aplica a fórmula volume alto + ROI even + rakeback alto = lucro alto. Se o rakeback diminui, o jogador vai ter que compensar no ROI, e isso muda toda a filosofia de trabalho do cara. Acho que o volume de muita gente vai diminuir bastante. A maioria vai ter que baixar os níveis para garantir o ROI mais alto.

Muitos amigos alegam que, com os pros baixando de nível, os jogos mais baratos vão ficar mais difíceis e isso, no fim das contas, vai atrapalhar o jogador recreativo, e não ajudar. Mas só vamos saber se essa tese está certa quando as mudanças entrarem em vigor.

A gente está acostumado a ver o poker só crescer, crescer e crescer aqui no Brasil, mas não é exatamente isso que está acontecendo no resto do mundo.

O tráfego do poker online vem caindo consistentemente, já há algum tempo. Quem vivenciou a Black Friday sabe bem como as premiações caíram! Mirar no jogador recreativo é uma tendência de todo o mercado, não só do PokerStars.

Chega a ser ingenuidade nossa pensar que nada mudaria no cenário do poker online.

O grande problema é que os jogadores não foram avisados com uma antecedência adequeada. Seria uma grande injustiça com os que passaram o ano inteiro grindando pesado com o objetivo principal de ter o status Supernova Elite em 2016.

Esses jogadores trabalharam o ano inteiro baseados nas regras atuais do site. Aí, chega no final do ano pra capitalizar o trabalho de 12 meses, o cara recebe a notícia de que as regras mudaram e o valor não é mais aquele?

É como se a River Style anunciasse que quem comprar camiseta todos os dias durante 50 dias, no final ganha um carro ZERO KM. Aí, chega no 47º dia, a gente anuncia que a promo mudou: em vez de um carro, o prêmio vai ser uma bicicleta. Quem comprou camiseta 47 dias vai ficar felizão, viu… Pô, eu já teria até contratado o seguro do carro! rsrsrs

Esse assunto ainda está sendo discutido internamente no PokerStars. Todos os jogadores do Team Online, que eu faço parte e tenho mais contato, estão colocando o ponto e vista dos grinders para a direção da empresa. O próprio Daniel Negreanu disse em uma entrevista que está envolvido pessoalmente nesse assunto.

Sendo cliente da empresa por tantos anos, não acredito que o PokerStars vá tomar uma medida que desvaloriza todo o trabalho de um ano de algumas pessoas. Mesmo que seja em uma parcela pequena dos clientes!

Mas o fato é que as regras vão mudar. Seja em 2016, ou em 2017, a gente pode achar bom, ou ruim, mas vai mudar mesmo assim. E, inevitavelmente, vamos ter que nos adaptar.

Vivemos atualmente uma crise econômica no país, em um curto período de tempo o dólar disparou e praticamente dobrou de valor. Isto só mostra o quanto estamos suscetíveis a mudanças que não temos o controle.

Com o dólar nas alturas, empresas que pagavam x por um produto, passaram a pagar 2x. E aí, como fica? O empresário vai reclamar pra quem? Ou vai buscar soluções pra se adequar ao novo cenário? Muitos poker players estavam comemorando a alta do dólar. Mas será que é pra comemorar mesmo?

Poker não é uma disputa entre quem é mais esperto, mais malandro. Isso é ideia de quem não respeita e nem conhece o jogo.

Sinceramente, só tenho a agradecer pelo emprego que tenho, pela liberdade e tudo que me proporcionou até hoje. A única certeza que tenho é que qualquer profissão ou estilo de vida tem seus pontos positivos e negativos, e no poker não é diferente.

Nossa rotina não é pra qualquer um e o que faz valer a pena são os dias em que todo o esforço é recompensado com resultados. E é muito mais que dinheiro, é o sabor da vitória, da conquista do objetivo. Não tem como descrever!

Portanto, bom trabalho, senhoras e senhores! E lembrem-se, estou sempre disposto a trocar uma ideia!

GL nas mesas! Gogogo!

Se quiser dar sua opinião, me ajude a criar uma discussão saudável e deixe seu comentário aqui no blog ou no Facebook. Pode discordar de mim à vontade! rsrsrs

Esse foi o último de três artigos aqui no blog onde dei minha opinião sobre as recentes mudanças que o PokerStars anunciou para beneficiar os jogadores recreativos a partir de 2016.

Recebe todas as notícias da PokerNews através das redes sociais. Segue-nos no Twitter e no Facebook!

Mais notícias

O que pensas?