World Series of Poker Europe

Jogadores Estrangeiros com os Dias Contados na PokerStars.FRESPT?

Liquidez Partilhada - Poker Online
Sharelines
  • Jogadores Estrangeiros com os Dias Contados na PokerStars.FRESPT?

A notícia foi avançada pelo site espanhol PokerRed depois de vários jogadores espanhóis terem recebido um email por parte da PokerStars. Ao que parece os jogadores estrangeiros poderão ter a vida mais dificultada para aceder à PokerStars.FRESPT a partir do lobby espanhol, uma vez que no início de 2019 será solicitado um novo requisito de verificação.

Segundo o email abaixo apresentado, os jogadores terão que apresentar uma cópia do DNI (Documento Nacional de Identidad) e um comprovativo de residência, no caso de terem nacionalidade espanhola. Já os estrangeiros terão que apresentar uma cópia do NIE (Número de Identificação de Estrangeiros) e um comprovativo de residência.

Estimado XXX,

Como parte de nuestros requisitos de licencia en curso en España, este correo electrónico es para informar a todos los clientes españoles que habrá un nuevo requisito de verificación, que entrará en vigencia el 2 de enero de 2019.

Anticipándose a estos requisitos, y para evitar cualquier interrupción en los servicios de su cuenta, lea atentamente lo siguiente:

Si es ciudadano español, proporcione una copia de su DNI que contenga su (DNI) y un documento de Comprobante de domicilio.

Si no es de nacionalidad española, proporcione una copia del permiso de residente fotográfico emitido por el gobierno que contenga su número NIE. y un documento de Comprobante de domicilio.

Tenga en cuenta que su documento de Comprobante de domicilio no debe tener más de tres meses y mostrar claramente su nombre y dirección.

Tome una foto clara o escanee los dos documentos lo antes posible y envíelos a través de uno de los siguientes métodos:

1. Subida en el software: Inicia sesión en tu cuenta y visita "Ayuda → Contactar con atención al cliente → Categoría=Seguridad de la cuenta y verificación → Subcategoría: Verificarme"

2. E-mail: Responde a este e-mail adjuntando los documentos.

Una vez que hayamos recibido su documento, validaremos su cuenta, lo que minimizará cualquier riesgo futuro de inconveniencia.

Não há certezas de que este email possa de facto limitar o acesso aos jogadores estrangeiros à sala da liquidez partilhada. Sem nenhuma posição oficial da PokerStars, o debate sobre o assunto está aberto e vamos ficar atentos para saber novos desenvolvimentos.

Estrangeiros na PokerStars.FRESPT

Dois dias depois de a PokerStars juntar os jogadores franceses e espanhóis no mesmo lobby, ficou-se a saber que o novo mercado iria acomodar também jogadores de países não regulados que se quisessem juntar às mesas através do lobby espanhol.

Apesar de a PokerStars nunca o ter feito em Espanha durante o mercado fechado, a lei do país permite que jogadores de outros países joguem nas suas salas reguladas. Essa regra fez com que a PokerStars reconsiderasse e deixasse a "porta aberta" a todos os interessados no novo mercado.

Na altura, Benjamin Fougerouze, responsável pela PokerStars.FR disse: "Acreditamos que a nova liquidez partilhada será grande o suficiente para acomodar jogadores estrangeiros sem sentirmos um impacto negativo no ecossistema". Já Severin Rasset, Diretor de Inovação do Poker e de Operação do The Stars Group, também falou sobre o assunto e disse que "será importante para impulsionar a liquidez no início e que a situação será periodicamente analisada". Acrescentando que a liquidez internacional "poderá ser revertida caso o peso da liquidez seja ultrapassado pela pressão criada nos jogadores recreativos".

Este novo email, acalenta a esperança de que a situação esteja em vias de ser mesmo revertida. É muito comum vermos em fóruns e redes sociais os jogadores do mercado partilhado a queixarem-se dos jogadores estrangeiros no lobby, onde reina um sentimento de injustiça por poderem participar nos "nossos" torneios, quando o contrário não se verifica.

Como exemplo, nas recentes Galactic Series os jogadores estrangeiros conquistaram 94 dos 186 títulos em disputa, ou seja, mais de metade dos títulos foram parar a países fora do acordo de Roma. A somar a isto, está também o facto de a esmagadora maioria desses jogadores serem regulares e ganhadores nas mesas, aproveitado-se assim dos jogadores recreativos, tornado este mercado muito mais competitivo e duro.


Já tens conta na PokerStars? Não!? Abre já, deposita €10 usando o código “PORTUGAL20” e recebe €30!

Recebe todas as notícias da PokerNews através das redes sociais. Segue-nos no Twitter, no Facebook e no Instagram!

O que pensas?

Mais notícias

Outras Histórias