“Eu Não Devia Ter Jogado Com Outra Conta”, diz Fabrizio "SixthSenSe19" González

fabrizio gonzalez
Sharelines
  • “Eu Não Devia Ter Jogado Com Outra Conta”, diz Fabrizio "SixthSenSe19" González

Depois de ter sido afastado da PokerStars por 4 anos, o uruguaio Fabrizio "SixthSenSe19" Gonzalez, falou pela primeira vez sobre o sucedido com a revista CardPlayer Latinoamérica.

SixthSenSe19, era e é um dos melhores jogadores de poker do mundo e prova disso foi que ao regressar aos panos virtuais da PokerStars venceu ranking do World Championship of Online Poker (WCOOP) da PokerStars.

A suspensão remonta a 2012 e por essa altura já Gonzalez tinha cerca de $3.000.000 ganhos no poker online. A sala argumentou que o uruguaio tinha violado os seus termos e condições e só em Abril do corrente ano lhe restaurou o privilégio de voltar a jogar.

Quando lhe perguntaram sobre os motivos da suspensão e como os tinha vivido, Fabrizio foi bastante claro e dá a entender que se fosse hoje não teria dado motivos para que tal acontecesse.

"O que se passou foi que eu jogava uns sits e existia um amigo do Panamá que os jogava também, outros dos jogadores que costumavam frequentar os meus torneios fizeram queixa de nós. Isto aconteceu pouco tempo antes do arranque dos SCOOP e fecharam-me a conta. Pedi por tudo para investigarem depois da série porque queria muito jogá-la."

A PokerStars acabou por fechar a conta e Fabrizio abriu outra conta, "joacowalter", e acabou por ganhar dois eventos e mais alguns ITM's.

"A PokerStars acabou por fechar esta conta (joacowalter), dizendo que era eu que jogava. Eu tinha 20 anos, não falava com ninguém, tinha muito dinheiro nessa conta e acabei por negar que a mesma era minha. A PokerStars pagou o dinheiro e disse que não podia provar que era eu, ainda assim, eu e o dono da conta não poderíamos jogar torneios online e ao vivo organizados por eles."

"Passado todo este tempo, penso que tudo poderia ter sido feito de outra forma. Eu e o meu amigo dos sits não fazíamos collusion, apenas soft-play. Não sei como é na Europa ou nos Estado Unidos mas eu defendo os meus amigos."

Fabrizio acaba por assumir o erro à PokerStars mas a suspensão continuou e este acha que a mesma foi muito severa e longa.

O uruguaio diz mesmo que "as pessoas sabiam que era eu a jogar e escreviam no chat, a ideia nem era ter vantagem. Foi uma brincadeira, numa altura da minha carreira onde nem precisava daquilo."

Recordamos que os "sit's" em causa davam entradas em torneios de poker ao vivo, os famosos steps da PokerStars.

Recebe todas as notícias da PokerNews através das redes sociais. Segue-nos no Twitter e no Facebook!

Mais notícias

Torneios relacionados

jogadores relacionados

O que pensas?