"Não faço isto pelo reconhecimento, pelos likes, pela oportunidade de ser patrocinado... Nada disso!"

  • JorgeJorge
jorge abreu
Sharelines
  • "Não faço isto pelo reconhecimento, pelos likes, pela oportunidade de ser patrocinado... Nada disso!"

Olá rapaziada, antes de mais gostava que me deixassem nos comentários sugestões para iniciar estes textos. Já usei "amigos", "compinchas", "pessoal" e agora "rapaziada" daqui a pouco tou a chamar-vos o quê???

Este post vai ser grandito, mas se gostas de poker, tenho quase a certeza que vai valer a pena.

Estou no aeroporto de Zurich à espera para apanhar o avião para Portugal. Vou passar umas mini férias no único sítio do mundo onde me sinto em casa. Já acabou o trabalho no primeiro trimestre. No início do ano disse que um dos objetivos do semestre era jogar 4000 torneios, ou seja, se as contas não me falham, tenho que ter jogado 2000 para estar a par do meu objetivo. Joguei 1998. Visto que só comecei a meio de Janeiro, não estou de todo descontente com o resultado. Foram 3 meses de muito trabalho e muito estudo, em que sinto que cresci bastante como profissional.

O próximo trimestre vai ser marcado por 3 fases principais:

  • Em Abril vão correr os SCOOPs na PokerStars francesa e as Winamax Series. Sem dúvida uma boa preparação/aquecimento para Maio.
  • Em Maio os SCOOPs na PokerStars. Um mês em que tudo pode acontecer, desde ganhar um relógio acompanhado de algumas notas, a veres o teu gráfico descer em queda livre como as acções da PokerStars.
  • Junho é um mês não menos importante que os anteriores. Um mês em que muitos dos melhores jogadores vão para Vegas para jogar as WSOP. Eu fico por cá a aproveitar os fields mais fáceis.

No próximo trimestre vou também fazer algo novo. Decidi organizar um torneio de heads up online, para o qual convidei vários profissionais de poker portugueses. Este torneio vai ter dois objetivos principais.

O primeiro é angariar fundos para caridade. No próximo post que fizer vou anunciar a estrutura do torneio e quem são os 15 jogadores que tiveram a gentileza de aceitar o convite para o torneio.

O segundo objetivo é proporcionar entretenimento aos portugueses que infelizmente não podem jogar poker online neste momento. Vou fazer um stream no twitch durante o torneio, pelo menos durante a primeira ronda de eliminações. Sou um sortudo por ter tido a oportunidade de sair do país e continuar a fazer aquilo que mais gosto. Sei que se isto tivesse acontecido 2 anos antes, eu seria um dos tantos portugueses sem oportunidade de continuar a jogar.

Vou também organizar um torneio semanal onde TODOS os portugueses são bem-vindos. O torneio vai ser jogado nos Home Games da PokerStars e vou jogar convosco.

Para o jogar basta entrarem no meu clube:
Nome: "jorginho88 HG"
ID: 2056098
Password: "jorginho88portugal".

Ao vencedor, ofereço-me para dar 1h de coaching gratuitamente. Mais informações sobre este torneio semanal no próximo post.

Se se estiverem a perguntar qual a razão de eu estar a fazer isto, é muito simples.

Primeiro quero esclarecer que não ando aqui a enganar ninguém. Não faço isto pelo reconhecimento, pelos likes, pela oportunidade de ser patrocinado... Nada disso. A razão é a minha paixão pelo jogo. Quando comecei a jogar, há 7 anos atrás (um belo "wow" quando fiz a conta e já foi mesmo há 7 anos) nem precisava de jogar para me divertir.

Estava a começar, e haviam 1001 maneiras de acompanhar tudo o que acontecia no mundo do poker. Quer fosse nos High Stakes da Full Tilt, onde diariamente podíamos ver o Phil Ivey/Isildur/Patrick Antonius/durrrr/etc... a jogar potes de milhares de dólares todas as mãos, quer fosse a acompanhar os FTOPS, uma série de torneios na Full Tilt que praticamente morreu.

Tinha também milhares de videos na internet por devorar, era um mundo novo. Hoje a realidade é muito diferente.

Ultimamente só ouvimos falar dos aumentos de rake da PokerStars, de salas a fecharem, jogadores a abandonar a modalidade, escândalos dos CEOs destas grandes empresas...

Sinceramente põe-me um bocado triste. Acho que nada me trazia tanta felicidade como ter de volta o poker de há 7 anos atrás, as saudades que tenho disso...

Esta é a razão. Não me convenciam a estar tanto tempo longe de Portugal para mais nada. Quando paro e olho à minha volta não posso sentir nada sem ser gratidão por tudo o que o Poker me deu.

Sou um apaixonado pelo Poker e quero ver o jogo vivo.

"Não faço isto pelo reconhecimento, pelos likes, pela oportunidade de ser patrocinado... 101

Recebe todas as notícias da PokerNews através das redes sociais. Segue-nos no Twitter e no Facebook!

Mais notícias

jogadores relacionados

O que pensas?