AGCC Publica Análise Independente sobre a Full Tilt Poker

  • Duarte Cunha-RealDuarte Cunha-Real
AGCC Review

Na Terça, a Alderney Gaming Control Commission (AGCC) publicou um relatório independente externo referente à possível suspensão e eventual revogação da licença detida pela Full Tilt Poker.

A análise independente, realizada pela ACGG no passado Dezembro, focou a "pertinência, a intemporalidade e justiça das decisões executadas pela AGCC. Este relatório foi conduzido pelo anterior presidente da Comissão de Jogo Britânico,Peter Dean.

Num relatório de 12 páginas, Dean entendeu que as acções da AGCC, em relação à Full Tilt Poker, foram "pertinentes, atempadas e justas" mas acrescenta que a comissão tem "lições a aprender" devido ao incidente.

“Apesar de uma situação deplorável, tem sido um exemplo da regulamentação a funcionar como deveria," disse Dean no relatório. "Assim que evidências plausíveis de irregularidades foram detectadas, o regulador agiu com prontidão e proporção. Uma investigação foi aberta, descobertas feitas, audiência marcada e sanções impostas.

“Este relatório não servirá de muito consolo para os jogadores que ainda estão impedidos de ter acesso aos seus fundos, presos na FTP. Os procedimentos legais têm sido adiados por diversas semanas para permitir renegociações."

Dean sugere que, no futuro, a AGCC deverá estabelecer uma "relação direta apropriada" com os licenciados e não recorrer a intermediários, como advogados, para ter informação sobre a empresa.

Num press release, André Wilsenach, director executivo da AGCC, agradeceu a Dean pelo seu trabalho e reconheceu as suas recomendações.

“A AGCC gostaria de agradecer a Peter Dean pelo seu detalhe e relatório meticuloso," disse Wilsenach. "Acreditamos ser importante um relatório e perspectiva independente devido às sensibilidades que circundam o caso Full Tilt Poker e estamos gratos de ter sido concluído."

Lê o relatório completo em gamblingcontrol.org.

Fica a saber todas as notícias através do Twitter e do Facebook para informações actualizadas ao minuto.

Mais notícias

O que pensas?