Agora ao vivo Unibet Open Bucharest

AGCC admite erro ao anunciar fundos apreendidos da Full Tilt Poker

AGCC admite erro ao anunciar fundos apreendidos da Full Tilt Poker 0001

Esta semana, a Alderney Gambling Control Commission fez um comunicado corrigindo os fundos apreendidos pelo Departamento de Justiça à Full Tilt Poker entre Junho de 2007 e Junho de 2011. A Comissão anunciou a 29 de Setembro - dia em que revogou três das quatro licenças da Full Tilt Poker - que cerca de $331 milhões tinham sido apreendidos pelo Departamento de Justiça durante o referido período. Sabemos agora que esse número está incorrecto.

Segundo a declaração da AGCC, pode ler-se que:

"A AGCC deseja corrigir e clarificar uma declaração errónea contida na publicação após a audiência da Full Tilt Poker, que diz " as apreesões individuais feitas pelo DOJ durante o período compreendido entre 28 de Junho de 2007 e 20 de Junho de 2011 chegavam aos $331 milhões." As evidências mostram claramente que os $331 milhões são referentes à totalidade de fundos indisponiveis pela Full Tilt Poker, dos quais fazem parte as apreensões do DOJ. Esta dclaração errónea é de importância significativa para o conhecimento total da Comissão sobre a matéria.".

A AGCC disse que o valor de $331 milhões estava mencionado no “Document JS21(I), uma parte do documento de 26 páginas que explicava as várias violações relacionadas com a Full Tilt Poker. O valor era muito superior ao publicado pela Full Tilt Poker antes de 15 de Abril. Numa declaração emitida em 31 de Agosto, a Full Tilt comunicava que "ao longo dos dois anos anteriores À Black Friday, o governo americano congelou cerca de $115M de fundos dos jogadores localizados em bancos americanos."

A discrepância de mais de $200M tem sido largamente escrutinada desde que a Full Tilt lançou o comunicado. O erro pode perfeitamente ser resultado de ínumeras avaliações contabilisticas. A AGCC defende que a Full Tilt continuamente reportou fundos que não estavam acessíveis devido a inúmeros problemas com o processamento de pagamentos e, em vez de auditar o site de poker online em si, a AGCC confiou nos números reportados pelo departamento de contabilidade da Full Tilt Poker.

Podes ler a declaração na integra aqui

Mais notícias

O que pensas?