Agora ao vivo Live Stream André Coimbra PokerStars.pt

World Series of Poker 2010: À conversa com o campeão Jonathan Duhamel Parte II

  • Matthew Parvis / Daniel CordeiroMatthew Parvis / Daniel Cordeiro
jonathan duhamel

Na semana passada, trouxemos-te a primeira parte da nossa entrevista com o Campeão do Main Event World Series of Poker 2010 Jonathan Duhamel. Na 2ª Parte, vamos falar sobre a fase head's-up e os $8.9 milhões que levou para casa.

Quando estavam apenas três jogadores a dinâmica de jogo tornou-se interessante. John Racener estava bastante curto e tu e Joseph Cheong tinham todas as fichas. Achas que a dinâmica de jogo que se implementou, te favoreceu na jogada em que tens par de damas?

Foi estranho pois até essa mão, eu tinha a certeza de que eu e o Cheong iriamos tentar roubar mais vezes a blind para esperar que Racener dobrasse ou fosse eliminado. Isso acabou por não acontecer e eu e Cheong entramos em guerra com raises e re-raises em muitas mãos. Eu sabia que ele era agressivo e ele sabia que eu era agressivo.

Faço-lhe 3-bet e ele faz-me 4-bet.Eu estava a fazer fold várias vezes às suas 4-bets por isso era normal ele tentar de novo. Depois decidi fazer um 5-bet pequena. Nesta altura restava-lhe decidir se eu estava a fazer 5-bet em bluff ou por valor na esperança que ele fizesse shove. O montante da minha 5-bet deixou-o numa posição onde ele teria alguma fold equity e era isso que eu queria que ele acreditasse. Optou pelo shove, sabendo que eu teria de ter uma excelente mão para fazer call.

Como te sentiste quando ele anunciou all-in? Estavas excitado ou nervoso?

Bem, estava um pouco dos dois. Sabia que não ia fazer fold. Ele poderia até ter áses ou reis e eu não ficaria contente, ou poderia ter ás-rei e seria o maior flip da minha vida. Não estava muito feliz por arriscar naquela altura mas sabia que se ganhasse aquela mão seria o chipleader por uma enorme distância. Acabei por fazer o call e fiquei feliz quando vi que ele tinha ás-sete.

Facilmente a tua confiança poderia tomar conta do jogo dada a tua vantagem. O que fizeste para te manteres composto e certificares-te que terminavas com o jogo sem deixar que Racener recuperasse?

Eu sabia que ia jogar small ball. O modo como jogou a mesa final, ele mostrou que não queria arriscar muito pré-flop. Para mim era tudo uma questão de misturar o jogo, min-raises e limp para tentar encontrar um bom equilíbrio. E quando ele fez limp eu não fiz raise muitas vezes. Quando está fora de posição, não queres jogar muitas mãos. Por isso ia ver um flop grátis de vez em quando.

Quando olhas para trás e vês a transmissão ESPN, há alguma coisa que te surpreenda?

Apenas mostraram 22 mãos da fase head's up. Isso surpreendeu-me bastante. Eu e Cheong estavamos a fazer bastantes raises e eles não mostraram isso também. Grande parte do programa foi bom, muita acção, grandes mãos, os fãs. Acho que foi um bom espectáculo.

$8.9 milhões é muito dinheiro - dinheiro suficiente para mudar uma vida. Já te apercebeste da real quantidade de dinheiro que ganhaste?

Penso nisso demais. Para mim, foi tudo pela bracelete. É isso que me deixa mais feliz. O significado da bracelete é inacreditável. Obviamente estou feliz pelo dinheiro. Vou continuar a jogar os maiores torneios do mundo!

Qual a coisa mais louca que alguma vez fizeste com o teu dinheiro?

Com este dinheiro não fiz muito. Doei $100.000 para o Montreal Canadiens Child Foundation.

O que te passa pela cabeça quando te apercebes da importância do teu feito para todos os fãs de poker no Canadá?

Significa muito. Estou muito orgulhoso por me tornar o primeiro Canadiano a vencer as WSOP. Vou fazer tudo ao meu alcance para ser um bom embaixador de poker no Canadá.

O que pensa a tua família de tudo isto?

Estão felizes. Têm muito orgulho em mim.

O que vem a seguir para ti, em relação a poker?

Provavelmente não irei jogar nas próximas semanas, mas depois disso, planeio jogar o máximo de torneios que conseguir. Todas as tours da PokerStars, vou jogar os maiores torneios do mundo e talvez consiga um outro bom resultado.

Jonathan Duhamel é patrocinado pela PokerStars.net. A maior sala de poker online do mundo está a oferecer aos membros do Clube PokerNews a hipotese de participar em torneios gratuitos exclusivos.

Mais notícias

Torneios relacionados

O que pensas?