Agora ao vivo Unibet Open Bucharest

Gabriela Belizário Campeã da Nona Etapa do BSOP – Belo Horizonte – MG

Gabriela Belizário Campeã da Nona Etapa do BSOP – Belo Horizonte – MG 0001

A nona etapa do Brazilian Series of Poker aconteceu neste final de semana na capital mineira, Belo Horizonte, e contou com a participação massiva de jogadores do estado anfitrião.

No total, 109 jogadores se inscreveram no torneio que começou dia 25 e Outubro.

Atrás da maior fatia da premiação na mesa final, estavam oito jogadores de Minas Gerais e um do Rio de Janeiro, e a contagem de fichas era essa:

1- Diogenes Malaquias (MG): 299.000

2- Pedro Cayo (MG): 263.000

3- Gabriela Belizário (MG): 260.000

4- Diego Vilela (RJ): 250.000

5- Edson Pereira (MG): 205.000

6- Marco Antonio (MG): 135.000

7- Guilherme Kalil (MG): 122.000

8- Alexandre Valadares (MG): 54.000

9- Alexander Prado (MG): 50.000

Com os blinds em 5.000/10.000 e 1.000 de ante, o short stack Alexander moveu all in com um par de quatros, e encontrou Kalil com par de Valetes. O bordo ainda trouxe um full-house para Kalil, e Alexander foi o primeiro eliminado da mesa final.

O outro short-stack, Alexandre Valadares, dobrou duas vezes no início da mesa final, e rapidamente chegou a 200.000 fichas.

O oitavo colocado foi o jogador Edson Pereira, que após mover all-in com 89º recebeu call de Vilelinha que tinha um par de Dez. O bordo não mudou a situação para Edson, e ele ficou mesmo com a oitava colocação.

Após eliminar Edson, Vilelinha se envolveu no maior pote do torneio até então, e acabou levando a pior. Ele pagou o all-in de Diogenes, que tinha 56o com A-K e viu o bordo trazer 8-Q-5-T-7. Diogenes reassumiu a liderança enquanto Vilela caiu para apenas um big blind. E com os blinds em 10.000/20.000 – 2.000 ante, ele precisou mover all-in com 32o. Os dois blinds pagaram com a mesma mão, Q-4, o que foi suficiente para que eles dividissem o pote, eliminando Vilela na 7ª colocação.

Com a eliminação de Vilela, a dominância dos mineiros em sua casa ficou mais evidente ainda. Os seis últimos finalistas garantiram que o troféu ficaria no estado.

Marco Antônio, o Marcão, perdeu um pote decisivo para Gabriela, quando ele com par de Ases viu Gabriela fazer dois pares no turn, com 6-7. Marcão praticamente sem fichas foi eliminado pela mesma Gabriela na sexta colocação, que com T-7 formou uma seqüência no bordo que trouxe Q-J-9-8-7.

Diogenes seria o próximo eliminado. Ele tinha A-Q e pagou um re-raise all-in de Pedro Cayo que abriu K-6. O bordo trouxe um Rei, e Diogenes ficou com apenas 63.000 fichas, enquanto Pedro Cayo assumia a liderança do torneio com 540.000 fichas. Logo depois ele moveu all-in com 7-3 e Alexandre pagou com A-K. O flop trouxe um Ás e sem ajuda das outras cartas comunitárias Diogenes se tornou o quinto colocado.

Alexandre (que curiosamente é namorado de Gabriela) foi o quarto colocado. Ele estava no big blind com 8-2, e o small blind Pedro Cayo completou a aposta com par de Setes. O flop trouxe um 8, e o turn um 7. Cayo talvez não conseguisse extrair muito valor de seu set, mas com o 8 do river os dois melhoraram as mãos, e ficou mais fácil para Alexandre pagar o all-in de Cayo no river.

Em três, o jogo se tornou mais agressivo, e prova disso foi a eliminação do terceiro colocado. Kalil tentou roubar o blind com 8-2, e Gabriela pagou a aposta com J-10. No turn, Kalil acertou um par de oitos, mas este oito deu uma seqüência para Gabriela, já que o bordo mostrava K-9-7-8. Kalil pagou o all-in de Gabriela e já não tinha mais chances.

O heads-up começou com Pedro Cayo na liderança com um milhão de fichas. Gabriela tinha 635.000. Eles fizeram um acordo e cada um recebeu R$20.000,00, deixando R$5.000,00 para acompanhar o troféu e o título de campeão.

Gabriela conseguiu virar a disputa na segunda mão do heads-up. Ela tinha A-10 e moveu all-in. Cayo pagou com K-8. O bordo trouxe um 10 e Gabriela levou o pote.

Pouco depois, o título foi decidido. Pedro Cayo moveu all-in com {k-Diamonds} {j-Diamonds} e foi pago por Gabriela com {k-Spades}{q-Spades}. Gabriela tinha mais fichas e precisava evitar um Valete para se sagrar campeã do BSOP. O flop trouxe {6-Spades}{a-Spades}{4-Spades}, e Cayo perdeu mais um out. O turn foi um {10-Diamonds}, dando a Pedro Cayo um straight draw, mas o turn completou o flush de Gabriela com um {9-Spades}. Pedro Cayo terminou na segunda colocação e recebeu R$20.000,00 por sua excelente colocação.

Gabriela fez história. Ela não só recebeu R$25.000,00, mas também o título de campeã do BSOP, sendo a primeira mulher a atingir tal feito.

Parabéns Gabriela!!!

Mais notícias

O que pensas?