Agora ao vivo Unibet Open Bucharest

Estratégia de Elite: No-Limit Hold'em com Vinny Pahuja

vinny pahuja

O Poker é um jogo de informação e é nesse sentido que a PT.Pokernews têm uma secção de estratégia para ajudar os jogadores a evoluir o seu jogo. De nome "Estatégia de Elite", estes artigos partilham o conhecimento de alguns jogadores de topo e procuram mostrar o que se passa na cabeça destes enquanto lutam para construir a sua stack.

O jogador: Vinny Pahuja

Depois d etrabalhar 5 anos no Lehman Brothers, um dos melhores bancos mundiais de investimento, Vinny Pahuja decidou deixar a empresa em 2007 por estar cansado da competitividade empresarial e começou a avaliar seriamente a viabilidade dos mercados em que estava envolvido. Considerado um regular dos cash games nova iorquinos desde 2004, Pahuja decidiu dedicar mais tempo à sua nova paixão, os torneios de poker. Em menos de dois anos, Pahuja já ganhou mais de $800.000 em circuitos de poker ao vivo e terminou o ano de 2008 na 10ª posição do CardPlayer Player of the Year Race.

O jogo: No Limit Hold'em

Transformar a tua mão num bluff

Pela razão do Poker ser um jogo de circunstância, é muito dificil dizer se uma jogada em particular foi correcta, incorrecta, +EV ou -EV. Transformar uma mão num bluff é um conceito que é pouco utilizado e incompreendido pelos novatos mas também pelos jogadores mais experientes. Este movimento implica uma mão que habitualmente tem "showdown value", mas por uma razão qualquer, deixa de o ter, o que cria uma situação onde o bruff é a melhor jogada para ganhar o pote.

Como pode ser usado:

Este é um exemplo de uma jogada ao vivo. No Foxwoods World Poker Finals World Poker Tour de buy in $10.000 jogado em Novembro de 2009, um jogador faz raise em middle position para 300 fichas, com blinds a 50/100 e stacks iniciais de 30.000. Eu fiz call com uma stack similar no cutoff com {6-Hearts}{4-Hearts}. Vemos o flop Heads Up, {10-Clubs}{7-Hearts}{4-Diamonds}. O agressor pré-flop, liderou com 450 fichas e eu decidi fazer call em posição com o par menor uma vez que: a) o meu par de quadras podia facilmente ser a melhor mão, b) tinha backdoor straight e flush drws e c) podia expulsar o meu oponente da mão dependendo no turn e river. A carta do turn foi um {6-Diamonds}, o que se traduziu em dois pares para mim. O Meu oponente apostou 1.000 fichas desta vez, num pote de 1.500.

A esta altura, eu estava quase certo que ele tinha um overpair à board e não havia nenhuma razão para eu achar que estava atrás com os meus dois pares. Mesmo que ele estivesse a fazer bluff, existiam muitas cartas que se surgissem no ria mataam a acção da mão, e todos nós sabemos quão vulnerável pode ser uma mão com os dois pares mais baixos da boars. Eu fiz raise para 3.300 e o meu oponente fez rapidamente call. O river foi um {10-Spades}, fazendo com que um dos meus pares seja "inútil". Enquanto eu detestei esta carta, o meu oponente não pareceu mais contente e fez rapidamente check. Muitos jogadores nesta situação cometem o erro de desistir da mão apesar dos seus oponentes terem de certeza a melhor mão.

Quando estás face a uma decisão para um grande pote do rivwer, leva o teu tempo. Re-avalia a tua acção e a do teu oponente em cada street. Que tipo de história está ele a tentar contar? Que história estás tu a contar? em qualquer vertente de poker, estamos a contar histórias com base nas nossas apostas; a nossa linha tem de fazer sentido para um jogador competente, caso contrário os teus bluffs não vão receber o devido crédito.

Depois de rever a jogada na minha cabela, eu estava cewrto que o meu oponente tinha um overpair e no river possuía dois pares maiores do que os meus. Se eu fizesse check behind e me rendesse, eu perderia certamente o pote. Então eu peguei numa mão (dois pares) que normalmente tinha "showdown value" e transformei-a num bluff. Apostei 5.200 fichas no river e o meu oponente pensou por 30 segundos e disse "nice river" seguido de muck a par de valetes para a mesa ver.

Em poker, especialmente em torneios, tens de encontrar maneiras de ganhar potes que não te pertencem. Transformar a tua mão num bluff, quando usado na situação correcta e contra o oponente certo, pode ser uma ferramenta efectiva no teu arsenal para ganhar potes com a pior mão!

Pahuja é membro da Poker Players International's Elite Team, uma agência que representa jogadores do Hall of Fame até a estrelas do jogo online.

Segue-nos no twitter para saberes todas as nossas notícias e torna-te nosso fã no facebook.

Mais notícias

Torneios relacionados

O que pensas?