Agora ao vivo
PokerStars Championship Barcelona

Estratégia: 4 Betting - Nem sempre são Ases

Estratégia: 4 Betting - Nem sempre são Ases 0001

Um dito muito comum no mundo do poker é "uma 4bet é sempre com ases". Isto costumava ser verdade, mas hoje em dia, as mesas estão cheias de jovens jogadores hiper agressivos e veteranos experimentados, dispotos a fazer um 4bet com nada. Pensa na mão do Phil Ivey contra Paul Jackson em que os dois de degladiavam numa board JJ7, Ivey com Q8 e Jackson com 65. Ivey ganhou a mão ao fazer 5bet all in e tinha tudo menos ases. E este é apenas um dos muitos exemplos que podemos usar para provar o nosso ponto, mas o fundamental é que perceber quando fazer uma 4bet e quando fazer call a uma 4bet pode ser a diferença entre estares entre os short stacks do torneio ou entre os chipleaders. Este artigo dedica-se à 4bet e o que deves estar atento quando tens que tomar decisões destas.

Quando fazer uma 4bet?
A velha resposta "depende..." é de certeza aplicada aqui. Não há uma resposta fácil e única para esta pergunta. Em vez disso, deves examinar a mão em si e as suas características antes de tomar uma decisão. Estes são alguns dos factores que deveres tomar em atenção:

1) A força da tua mão - é a parte mais fácil. Quanto mais forte for a tua mão mais facilmente fazes uma 4bet. Quanto mais fraca for, mais terás que avaliar os restantes factores.

2)O range de mãos do teu adversário - com alguns jogadores, uma 3bet significa apenas Ases ou Reis. Com outros pode ser qualquer coisa desde 7-2 off. A tua observação da mesa deverá ajudar-te a diminuir o seu range nestas situações. Quanto maior for, mais frequentemente deverás fazer uma 4bet. Quanto menor for, mais atenção deverás prestar ao ponto #1.

3)A probabilidade do teu adversário foldar à 4bet - se determinaste que o range do teu adversário é largo então terás que definir a probabilidade de ele foldar a uma 4bet. Se é o tipo de jogador que não folda, então o factor #1 deverá ser o teu factor determinante. Se é o tipo de jogador que larga a mão, então a tua mão é irrelevante ( como a ide Ivey no exemplo referido).

4) O preço que te é dado. Por vezes, fazes uma 4bet simplesmente porque as pot odds te indicam que o faças. Por exemplo: Tens AK e começas a mão com 28.000 fichas. O teu adversário tem 40.000, com blinds a 500/1.000/100 numa mesa 9handed. O teu adversário abre para 3.000, tu aumentas para 10.000. O teu adversário faz 3bet para 20.000 e a ti restam-te 18.000 atrás. Estão 35.400 no pote. Se fizeres all in estarás a comprometer 18.000 num pote de 43.400 ( já que o teu adversário terá que fazer call de mais 10.000), ou 2.4:1. A única mão com odds melhores que AK é AA, logo o preço que tens na mão diz-te que provavelmente deverás fazer a 4bet. Existirão situações em que este raciocínio está incorrecto, mas na maior parte das vezes, não.

Quando fazer call a uma 4bet all in ou fazer 5bet?

Do outro lado do espectro existem as vezes em que fazes 3bet e vês o oponente responder com all in ou 4bet. Quando fazer call ou 5bet nestas situações? Mais uma vez..depende. Mas a resposta deverá ser "menos frequentemente que tu próprio farás uma 4bet". Este é o verdadeiro poder da 4bet - é intimidante e poderosa e deve ser respeitada a maior parte das vezes. Os factores de avaliação são semelhantes aos factores que usámos para saber quando devemos fazer uma 4bet mas vamos aprofundá-los um pouco mais.

1) A força da tua mão - este é claramente o factor mais importante porque o teu adversário geralmente está all in ou comprometido com o pote. Logo, normalmente vais precisar de uma mão vencedora em showdown já que irás ver as cinco cartas. Quer faças call ou uma 5bet, uma mão como KK ou QQ irão sempre depender do factor #2. Se tens ases e estás a considerar fazer fold talvez devas pensar num novo hobby.

2)O range de mãos do teu adversário - e se estás a enfrentar o Phil Ivey ou um miúdo hiper agressivo do online? Não terão necessariamente ases nestas situações e estarão a usar o poder de uma 4bet para te intimidar e obrigar-te a tomar uma má decisão. Isto não significa automaticamente que terão uma má mão. Mais frequentemente que o contrário, terão uima mão legítima nestas situações. Precisas de avaliar porque estarão eles a fazer esta aposta nesta situação. Um factor importante que deve ser considerado é a tua própria imagem na mesa. Dás a impressão de ser um nit que folda tudo perante a pressão do adversário? Se sim, eles poderão não ter absolutamente nada nesta situação. Eles vêem-te como um jogador tight mas sólido e agressivo? A mão deles é provavelmente melhor que o normal. Dás a impressão de ser loose e maníaco? Novamente, a mão deles pode ser qualquer coisa. Perceber o que o teu adversário pensa de ti é crucial para determinares o que fazer nestas situações.

3)A probabilidade do teu adversário foldar a uma aposta - se o teu adversário ainda tem fichas atrás e tu não queres o call, então terás que determinar a probabilidade dele foldar. Uma consideração muito importante nesta altura será a #4 - o preço dado. Se apenas terão que colocar mais 10.000 num pote de 100.000, provavelmente não largarão a mão. Contudo, se a aposta o obrigar a colocar qualquer coisa como mais 50.000 num pote de 100.000 ou se 50.000 é a stack inteira dele, então ainda tens fold equity. Só deverás fazer uma 5bet bluff em raríssimas ocasiões e tens que ter a certeza que o adversário é capaz de foldar. Quanto ao fazer uma 5bet com uma mão boa, irá depender do range em que colocas o teu adversário. Se achas que a tua mão está à frente do range dele, então não deves ter medo de colocar as tuas fichas no centro.

4)O preço que te é dado. Normalmente, se fizeste uma 3bet já investiste dinheiro suficiente para compensar o call ou uma 5bet, a não ser que estejas a jogar extremamente deep stack. Contudo, tens que perceber que o teu adversário típico sabe disto e sabe que provavelmente não irás sair do pote. Logo, a mão deles é frequentemente muito boa e às vezes mais vale esquecer a matemática e foldar pporque ter algumas fichas é melhor que não ter fichas nenhumas.

Nem sempre é o que parece
Se reduzíssemos 4betting a uma frase, seria "as coisas nem sempre são o que parecem". No passado, até podia ser que uma 4bet significasse sempre um monstro, mas hoje em dia não é definitivamente assim.
Compreender as motivações dos adversários e com que tipo de mãos fariam 3 ou 4bets pode fazer-te passar de um jogador que folda tudo perante este tipo de pressão para um jogador destemido, ganhador e que percebe que nem sempre uma 4bet é uma questão de eles terem boas mãos mas sim de pensarem que te conseguem fazer foldar.

Lembra-te disto, estuda situações de 4bet com cuidado e serás tu a fazer foldar em vez de foldares.

Segue-nos no Twitter e Facebook para informações actualizadas no minuto.

Mais notícias

jogadores relacionados

O que pensas?