PokerStars Proíbe Seating Scripts e Restringe Uso de Tabelas de Ranges de Mãos

A PokerStars vai proibir o uso de certas ferramentas.

A PokerStars anunciou hoje algumas mudanças na política de uso de ferramentas de terceiros, que vão entrar em vigor no dia 4 de março de 2019. As maiores alterações envolvem a proibição de seating scripts (softwares de seleção de mesas) juntamente com a restrição no uso de materiais de referência automatizados ou semi-automatizados durante o jogo.

As alterações estão definidas para entrar em vigor em todos os jogos de poker e em todos os mercados da PokerStars.

Motivos das Mudanças

Segundo Severin Rasset, diretor de inovação e operações de poker da PokerStars, "Existem ferramentas que permitem que os seus utilizadores tenham vantagens, umas vezes pequenas e outras bem claras, sobre os outros, minando o espírito do jogo.”

As mudanças foram implementadas na tentativa de estabelecer um "ambiente seguro e justo" para todos os utilizadores e fornecer "uma visão clara e inequívoca dos recursos adicionais disponíveis para eles", explicou Rasset neste post do PokerStars Blog de dia 27 de fevereiro.

“O nosso objetivo é garantir que as mesmas regras e padrões se aplicam a todos”, acrescentou ele.

“O nosso objetivo é garantir que as mesmas regras e padrões se aplicam a todos.”

Rasset referiu que, além da luta contra ferramentas como bots, que sempre foram proibidos na PokerStars, o site está agora focado em eliminar outros elementos que ameaçam um jogo justo.

“A minha visão para a PokerStars é limitar, tanto quanto possível, o uso de ferramentas que alteram o processo natural de se sentar para jogar, e o próprio ato de jogar”, escreveu Rasset. “Ferramentas que podem dar aos jogadores vantagens sobre os outros e que prejudicam o processo de desenvolvimento das habilidades necessárias para se tornar um melhor jogador de poker.”

Proibição de Seating Scripts

Uma das mudanças, que já tinha sido anunciada no final de janeiro, é a proibição do uso de seating scripts, ou programas automatizados criados para sentar os jogadores de forma automática nas mesas quando um jogador particular (fraco) se sentar. A PokerStars considera que o uso destas ferramentas de “bum-hunting” ajuda a destruir o ecossistema do poker e, como tal, agiu no sentido de travá-las.

“Qualquer ferramenta ou serviço que selecione jogos disponíveis ou (semi-) automatize o processo de se juntar aos jogos com base em estatísticas de jogo ou notas de outros jogadores serão proibidos", disse Rasset. "Ferramentas que apenas (semi-) automatizem o ato de juntar os jogadores a um certo número de mesas, sem que para isso seja usada qualquer informação sobre os outros jogadores, são permitidas.”

Esta não é a primeira incursão da PokerStars no sentido de bloquear seating scripts, pois a sala já tinha testado e implementado a funcionalidade “Seat Me” no mercado partilhado FRESPT. O Seat Me funciona de forma semelhante ao ZOOM, onde os jogadores não podem escolher um lugar individual numa mesa específica. Em vez disso, os jogadores clicam no botão “Seat Me”, e o software do site de poker encontra o primeiro lugar disponível e senta lá o jogador.

Em breve, os jogadores de todos os clientes da PokerStars passarão a usar um sistema automatizado para se sentarem que evita os seating scripts.

Uso Limitado de Materiais de Referência

As regras atualizadas da PokerStars também vão proibir o uso de materiais de referência de poker automatizados ou semi-automatizados enquanto o cliente estiver aberto, com limitações no uso de tabelas de mãos iniciais.

Os materiais de referência só podem dar conselhos sobre quais mãos jogar ou não jogar em potes não abertos e apenas para decisões pré-flop.

“Estas mudanças são um grande passo para nós e, esperamos, para a comunidade de poker.”

Na apresentação em PDF (link no final do artigo) das novas políticas, a empresa diz exatamente os materiais de terceiros que são permitidos e os que não são. Exemplos de tabelas de mãos iniciais permitidas incluem aquelas com códigos para raise, raise ou fold e fold em potes não abertos, assumindo que ainda nenhum jogador entrou no pote e que não são fornecidas frequências de ações a tomar. Tabelas que especifiquem frequências de ações a tomar, como distinguir entre dar call, foldar ou 3-betar, e tabelas que especifiquem ações a tomar quando enfrentando um raise, estão todas na lista de materiais proibidos durante o jogo.

Embora seja pouco clara a maneira exata como o site de poker vai policiar o uso de certos materiais de referência, Rasset assegurou que isso será possível.

Retirado diretamente do Blog do PokerStars, os materiais proibidos enquanto o cliente de poker está aberto incluem o seguinte:

1. Material de referência que fornece conselhos além de um nível básico, como, por exemplo, conjuntos de tabelas que oferecem recomendações além de "jogar ou não jogar certas mãos" em potes não abertos.
2. Ferramentas ou serviços criados especificamente para facilitar o acesso a material de referência.
3. Ferramentas ou serviços que permitem cálculos avançados de equidade, como simuladores range vs range, Independent Chip Model ou programas baseados no Equilíbrio de Nash.

Permitido, mas com Restrições

A PokerStars também forneceu um resumo das ferramentas consideradas aceitáveis. Estas incluem ferramentas para determinar pot odds ou a força absoluta da mão, materiais de referência estáticos e básicos, Heads-Up Displays (HUDs) que apenas recolhem informação sobre mãos em que o próprio jogador esteve envolvido, bem como “Macros e programas de Hotkey para tornar o jogo eficiente que não retirem ao jogador a necessidade de ter que tomar uma decisão.”

“A minha visão para a PokerStars é limitar, tanto quanto possível, o uso de ferramentas que alteram o processo natural de se sentar para jogar, e o próprio ato de jogar.”

Dentro do uso de HUDs, são colocadas restrições em termos de “limitações qualitativas e de recursos nas estatísticas apresentadas durante o jogo". Por exemplo, os jogadores não podem ter estatísticas divididas com base no valor das cartas para indicar tendências dos jogadores com cartas de mão específicas ou em diferentes texturas de board. Os jogadores também não podem ter estatísticas que tenham como base os tamanhos de stacks ou posição na mesa, ou tomar notas específicas de acordo com as tendências dos jogadores. Na apresentação completa, diz explicitamente que os HUDs não podem "classificar, rotular, categorizar ou estereotipar os jogadores com base nas suas tendências".

“Estas mudanças são um grande passo para nós e, esperamos, para a comunidade de poker”, escreveu Rasset. “Estou ansioso para ver a contribuição da comunidade para a criação do ambiente seguro e acolhedor que pretendemos oferecer a cada um dos nossos jogadores, independentemente da sua experiência e habilidade."

Para uma explicação completa das novas políticas da sala, incluindo exemplos do que é e já não é permitido enquanto jogas na PokerStars, dá uma vista de olhos nesta apresentação em PDF criada pelo The Stars Group.

Divulgação: O Stars Group detém a maioria das ações da iBus Media

O que pensas?

Mais notícias

Outras Histórias