PokerStars Caribbean Adventure
888poker
New poker experience at 888poker

Join now to get $88 FREE (no deposit needed)

Join now
PokerStars
Double your first deposit up to $400

New players can use bonus code 'STARS400'

Join now
partypoker
partypoker Cashback

Get up to 40% back every week!

Join now
Unibet
€200 progressive bonus

+ a FREE Unibet Open Qualifier ticket

Join now

Envio de Documentos de Identificação é Visto como um Entrave para Operadores Belgas

KansSpel Commissie
Sharelines
  • Envio de Documentos de Identificação é Visto como um Entrave para Operadores Belgas

O processo de registo e verificação de identidade dos sites de poker dos mercados regulados costuma ser simples de ultrapassar e mesmo os utilizadores menos experientes conseguem regularizar a sua "situação" em pouco tempo.

Este processo está agora a ser dificultado pelo regulador belga, o KansSpel Commissie, ou pelo menos é isso que dizem os operadores. Os operadores belgas dizem que a mudança do processo de verificação vai dificultar ainda mais a aquisição de novos clientes.

Os utilizadores podem utilizar o cartão de cidadão ou o passaporte para provarem a sua identidade e dependendo do documento escolhido o processo de verificação varia.

Se o documento escolhido for o passaporte é necessário que nos 3 meses seguintes à abertura da conta seja enviada uma cópia do documento para o operador e este tem de garantir a sua verificação.

No caso do cartão de cidadão, é necessário anexar uma cópia do mesmo logo na abertura de conta, caso a mesma não seja anexada o operador tem de exigir que a mesma seja enviada.

Em ambos os casos o operador tem de ficar com um registo da data de recepção dos documentos para posterior consulta em caso de necessidade.

Os operadores são também obrigados a verificar a idade dos utilizadores, o que é normal, e certificarem-se que o mesmo não tem mais de 115 anos. O nome e a sua "credibilidade" também tem de ser verificada, é necessário que os mesmos tenham mais de duas letras.

Estas alterações parecem absolutamente normais e a maioria dos jogadores, mesmo quando jogavam em mercados "cinzentos" ou não regulados já tiveram de enviar os seus documentos.

Parece estranho que os operadores do mercado belga vejam nestes básicos processos de prova de identidade um entrave para o bom funcionamento dos seus negócios...

O que pensas?