888poker
New poker experience at 888poker

Join now to get $88 FREE (no deposit needed)

Join now
PokerStars
Double your first deposit up to $400

New players can use bonus code 'STARS400'

Join now
partypoker
partypoker Cashback

Get up to 40% back every week!

Join now
Unibet
€200 progressive bonus

+ a FREE Unibet Open Qualifier ticket

Join now

Vice-Provedor da Santa Casa da Misericórdia de Lisboa Demitiu-se

fernan
Sharelines
  • ÚLTIMA HORA: Vice-Provedor da Santa Casa da Misericórdia de Lisboa Demitiu-se

Fernando Paes Afonso, o homem forte dos Jogos Santa Casa, pediu hoje a demissão do cargo de vice-provedor da Santa Casa da Misericórdia de Lisboa. No cargo desde 2011, Paes Afonso nega que o seu pedido esteja relacionado com as polémicas em que se têm visto envolvidos os Jogos Santa Casa, mais concretamente a raspadinha e o PLACARD.

O caso dos menores apanhados a apostar no PLACARD foi sobejamente noticiado e no caso da Raspadinha o problema foi levantado por um estudo da autoria de Henrique Lopes, principal investigador da Unidade de Saúde Pública do Instituto de Ciências da Saúde da Universidade Católica.

Segundo o estudo os jogos como a raspadinha têm um elevado potencial de criar dependência, algo que a Santa Casa continua a ignorar.

Militante do CDS-PP, Paes Afonso disse ao jornal o Observados que “Nos termos dos estatutos, os membros da mesa são nomeados pelo Governo”, “tem de haver uma relação de confiança política” nestes cargos, pelo que aproveitou “a mudança de Governo” para pôr o lugar à disposição.

Paes Afonso disse ainda que “Este tipo de lugares são assim”, considerou “um privilégio trabalhar na Santa Casa”, mais concretamente na área dos jogos sociais. “Foram quatro anos muito intensos”.

Os resultados disso estão à vista em jogos como a raspadinha, disse. Esse jogo teve um grande aumento de vendas, representando hoje 48% das receitas daquele departamento, sublinhou.

fonte:Observador
Recebe todas as notícias da PokerNews através das redes sociais. Segue-nos no Twitter e no Facebook!

O que pensas?