André Coimbra: Conclusões 2014 e Hipóteses 2015

andré coimbra

Por André Coimbra

Já estamos quase no fim do ano e acho que é uma boa altura para pensar no que correu bem ou mal e começar a planear o próximo ano.

Conclusões 2014

Neste ano decidi jogar os satélites hyper-turbo, porque achei que era o formato que iria dar um maior retorno a 1 ano, que me ia deixar mais tempo livre para outros projectos e optimizar a qualidade de vida. (O que vou jogar em 2014?)

A parte da qualidade de vida até funcionou durante a maior parte do ano! Claro que eu já estava a contar jogar mais horas durante os meses de maior tráfego (Abril, Maio, Agosto e Setembro), mas aí a adrenalina de conseguir mais vpps, jogos bons, jogar mais alto ajuda bastante a motivar para as horas extras. No entanto, acho que acabei por ser um pouco “greedy” nos últimos meses do ano e fui atrás da milestone dos 1.25M VPPs quando já não tinha muita vontade e/ou motivação para jogar os hypers (Balanço de Outubro e Novembro).

Relativamente aos outros projectos, acabei por não escrever o livro que pretendia escrever, ou de produzir o conteúdo que queria em geral e por isso peço desculpa a quem me segue. No início do ano senti dificuldade em conciliar o trabalho necessário para competir nos níveis mais altos dos hypers com a produção de conteúdo sobre torneios, então fui adiando para o final do ano a parte do conteúdo. Depois na parte final do ano já me senti um pouco cansado do grind e não sobrou muita vontade de pensar em torneios.

Acho que o conteúdo tem que estar de alguma forma alinhado com o que estou a jogar na altura.

Hipóteses para 2015

Para o 2015 tenho estado a considerar 3 hipóteses diferentes…

1) Sit-n-gos

A ideia aqui seria continuar a trabalhar nos hypers, mas também começar a jogar outros formatos de sit-n-gos, como steps, outros satélites, hus, 6-max 25BB, etc. Acho que ainda dá para continuar a trabalhar no meu jogo e alcançar patamares mais altos. Provavelmente iria focar-me primeiro em tornar-me competitivo em Heads-Up, depois jogos de 25BB e mais tarde de 75BB. O objectivo seria ser bom o suficiente em alguns formatos para conseguir pelo menos bater os jogos mais fáceis com um average buy-in de $200+ ou algo do género.

André Coimbra: Conclusões 2014 e Hipóteses 2015 101

Esta opção penso que mais uma vez é a mais segura a 1 ano a nível de retornos, tem a componente de jogar stakes altos e permite-me talvez chegar aos 10M VPPs lifetime até ao final de 2016.

2) Cash Games
J
á li alguns comentários em que algumas pessoas acham que me falta passar por cash-games para ser um “jogador completo”, já que de certa forma já bati sit-n-gos e torneios. Eu acho que pode ser uma competência útil e dar-me acesso a um conjunto de jogos rentáveis que de momento estão inacessíveis para mim e talvez uma perspectiva mais completa do Poker do que a que tenho agora.

Acho que o futuro dos cash-games passa pelo Pot Limit Omaha!

Acaba por ser um jogo mais complexo e interessante do que No-Limit Hold’em, já que na maior parte das vezes as pessoas acertam algum tipo de mão ou draw no flop e há mais acção. Portanto se for para me dedicar a cash-games, acho que teria sentido começar logo de raiz a aprender o jogo que é talvez o jogo do futuro.

André Coimbra: Conclusões 2014 e Hipóteses 2015 102

Tenho alguns amigos que jogam profissionalmente a um nível muito alto e seria muito interessante a possibilidade de vir a trabalhar com eles. Não sei se seria melhor começar em low-stakes ou mid-stakes, mas os meus amigos acham que a melhor solução é mid-stakes com alguma selecção de mesas. Imagino que teria que começar por passar mais tempo a estudar e tentar perceber as soluções para as situações mais comuns de jogo e aos poucos aumentar a precisão das minhas jogadas como tenho feito noutros formatos. Mas…, eu nunca joguei cash-games profissionalmente, pelo que não tenho certezas relativamente ao que é que funciona e não funciona…

Esta deve ser a opção onde espero ganhar menos a curto prazo, visto haver um espaço maior entre a aprendizagem e a rentabilização da mesma. No entanto, é possível que seja a opção onde ganhe mais a longo prazo.

3) Desafios

Um desafio de um ano a tempo inteiro como fiz em 2013 é ridiculamente cansativo e acho que já não teria o impacto que teve o de 2013. Como tal, pensei que talvez fosse interessante fazer algo do género 3-4 desafios de $100->$1k em formatos diferentes ao longo do ano e partilhar o que vou aprendendo. Acho que para quem assiste, a parte mais interessante é mesmo ver que é possível bater os limites que jogam actualmente com uma estratégia consistente e aprender a fazê-lo.

André Coimbra: Conclusões 2014 e Hipóteses 2015 103

Em termos de formatos podia ser algo do género: sits 9-max turbo, cash-games NLH 6-max, etc. Os formatos mais populares!
Aqui o objectivo seria produzir conteúdo útil enquanto fazia pequenos desafios, mantendo a maior parte do conteúdo grátis, mas tentar monetizar uma parte. A nível da parte gratuita provavelmente faria streaming de todo o desafio e a nível da parte monetizada, seria conteúdo onde me focaria mais na parte técnica do jogo e estaria disponível a um preço acessível para todos.

Conclusão

Devem ter reparado que nem sequer coloquei torneios como opção para 2014… Simplesmente é uma modalidade que em geral não se adapta às razões porque jogo Poker (liberdade e desafio). Temos que fazer horários onde ficamos presos ao computador durante muitas horas e horas essas que são bastante tardias baixando demasiado a qualidade de vida.

Nah…

Em relação às opções que aqui falei não mencionei o meu plano de conteúdos para a opção 1) Sit-n-gos e a opção 2) Cash-games, mas penso dedicar um dia por semana para fazer streaming de low stakes com as cartas expostas e comentários a explicar as mesmas.

O que é que acham que vou fazer?
Deixem um comentário na minha página do facebook!:)

Este artigo está disponível em acoimbra.pt

Se ainda não tens conta na PokerStars, aproveita e abre já a tua usando o Código de Marketing PORTUGUESEPOKERNEWS e o código de Bónus STARS600.

Recebe todas as notícias da PokerNews através das redes sociais. Segue-nos noTwitter e no Facebook!

Mais notícias

jogadores relacionados

O que pensas?