Agora ao vivo
PokerStars Championship Barcelona

Motins em Kiev Forçam Jogadores a Permanecer no Recinto do Russian Poker Tour

Riots in Kiev

Os jogadores que se encontram a disputar o Main Event do Russian Poker Tour vivem momentos de terror depois dos confrontos terem voltado às ruas de Kiev.

"Estamos numa situação muito má neste momento. É uma situação má para o Russian Poker Tour, mas também para a Ucrânia", disse à PokerNews o director do torneio Oleg Udovenko. Confirmou-nos também que dentro do local do torneio, Khreschatyk Club, estão cerca de 150 jogadores. Este clube situa-se mesmo no centro de Kiev onde decorrem os confrontos.

"Não podemos fazer nada," disse Udovenko. "Apenas tentamos manter as pessoas o mais calmas que conseguimos. A moral cá dentro não é muito boa, as pessoas tentam jogar poker. Fechámos todas as portas e ninguém entra nem sai do clube. Por sorte ainda temos água para toda gente."

Os jogadores que já perderam no dia 1b do torneio vão jogando cash games mas a maioria dos jogadores já só tenta dormir nas cadeiras. "Estamos todos muito cansados" disse Udovenko.

Do lado de fora da porta a agência noticiosa RIA Novosti (controlada pelo estado), confirmou 13 mortos e 180 feridos.

"Ninguém sabe o que vai acontecer a seguir," disse um dos jogadores dentro do Khreschatyk Club. "Até a electricidade já falhou, sentimo-nos numa jaula enquanto a guerra decorre lá fora. A ventilação também teve de ser desligada, estava a entrar muito fumo do exterior."

Enquanto que no VKontakte (facebook russo) muitos dos jogadores criticam a escolha de Kiev num momento tão delicado, a organização diz que pondera parar o evento.

"Acho que não vamos conseguir continuar amanhã," disse Udovenko. "Temos de ver como correm as coisas mas acho que não vai ser possível."

Este vídeo mostra os confrontos ocorridos a algumas horas atrás no local onde está a decorrer o Russian Poker Tour.

Recebe todas as notícias da PokerNews através das redes sociais. Segue-nos noTwitter e no Facebook!

Mais notícias

Torneios relacionados

O que pensas?