WSOP 2013: Jay Farber e Ryan Riess Jogarão Heads-Up Pelo Título

WSOP 2013: Jay Farber e Ryan Riess Jogarão Heads-Up Pelo Título 0001

O relógio marcava as 01:30 da manhã em Portugal quando os "November Nine 2013" deram o pontapé de saída na discussão da final table do Main Event das World Series Of Poker 2013.

Depois de uma noite de jogo, foram finalmente descobertos os dois que se vão defrontar heads-up pelo título. Jay Farber (105 milhões) vai começar na liderança sobre Ryan Riess (85 milhões).

Garantidos estão já $5,174,357, o vencedor levará para casa $8,361,570!

A noite começou bastante animada com as piores mãos a ganharem às melhores, tudo começou com a dobra de Mark Newhouse ({q-}{q-}) contra Marc-Etienne McLaughlin e os seus {k-}{k-}, e o mesmo fez David Benefield com o seu {k-Spades}{9-Spades} contra o {k-Diamonds}{j-Hearts} do francês Sylvain Loosli com a board a correr {j-Spades}{7-Spades}{3-Hearts}{2-Spades}{2-Diamonds}.

Depois de toda esta agitação surgiu a primeira eliminação, Mark Newhouse foi o "contemplado". Na mão em causa Newhouse foi all in (5,050,000) no hijack e Ryan Riess fez call no cutoff.

Newhouse: {9-Clubs}{9-Spades}
Riess: {a-Spades}{k-Hearts}

A board correu [7skdtc7c6] e Newhouse era eliminado em nono lugar ($733,224).

Pouco depois era a vez do torneio perder David Benefield na oitava posição ($944,650).

A acção chegou em fold até JC Tran no botão e este abriu o pote com raise para 1,1 milhões. David "Raptor" Benefield foi all in (8,5 milhões) e Jay Farber foi ao "tanque" durante algum tempo. Acabou por anunciar o call e Tran fez fold.

Benefield:{k-Spades}{2-Spades}
Farber: {a-Clubs}{k-Diamonds}

O flop foi {5-Diamonds}{10-Spades}{q-Clubs} e nada mudou, no turn apareceu um {j-Spades} e Farber fez sequência. Benefield precisava de uma espada para ganhar ou um ás para empatar.

O river foi um {2-Diamonds} e Benefield era eliminado.

Depois da eliminação de Benefield o ponto alto que se seguiu foi o agarrar da liderança por parte de Reiss. Ryan Riess abriu o pote com raise para 1.1 milhões no hijack e Amir Lehavot fez re-raise para 2,5 milhões no cutoff. No botão estava McLaughlin que pensou um pouco antes de meter 4,750,000 de fichas no centro da mesa. A ação voltou a Riess e este optou pela 5-bet para 11,100,000. Os adversários fizeram fold e Reiss agarrava a liderança.

A eliminação seguinte ficaria na posse do holandês Michiel Brummelhuis. O holandês que até tinha dobrado a sua stack contra Ryan Riess ({9-}{9-}>{A-}{Q-}), acabou por ser eliminado pelo mesmo homem que o dobrara algum tempo antes.

Marc-Etienne McLaughlin
Marc-Etienne McLaughlin

A mão foi quase uma repetição do double up, Brummelhuis segurava {9-Diamonds}{9-Clubs} mas desta vez Riess recebeu {a-Spades}{a-Hearts} do dealer. A board foi {k-Spades}{7-Clubs}{4-Diamonds}{2-Diamonds}{7-Hearts} e o holandês saiu do Rio como primeiro milionário do dia ($1,255,356).

Foi preciso esperar muito até que fosse encontrado o próximo eliminado, Marc-Etienne McLaughlin.

Na última mão Marc-Etienne McLaughlin abriu o pote com raise para 1,600,000 no hijack e Farber fez re-raise para 3,800,000 no botão. McLaughlin respondeu com 4-bet para 8,700,000 e Farber meteu 19,400,000 no centro da mesa. McLaughlin respondeu com re-raise all in (38,600,000) e Farber fez rapidamente call.

Farber mostrou {a-Spades}{a-Hearts} e McLaughlin {k-Spades}{k-Clubs}. (Este deve ser o cooler dos coolers!)

A board correu {8-Spades}{7-Spades}{2-Hearts}{j-Diamonds}{j-Clubs} e McLaughlin ficava na sexta posição de forma absolutamente brutal, para casa leva ($1,601,024). Farber ficava com 95 milhões de fichas.

Apenas 4 mãos depois era eliminado o chip leader do inicio do dia, JC Tran.

JC Tran começou a mão no botão e foi all in de 9,925,000 depois de a ação chegar até si em fold. Na small blind, Jay Farber fez call e mostrou {k-Spades}{q-Hearts}, Tran segurava {a-Hearts}{7-Spades}.

O flop foi {k-Diamonds}{j-Hearts}{9-Hearts} e Farber passava para a frente, o turn foi um {5-Diamonds} e nada mudou. O river foi um {6-Hearts} e Tran ficava na quinta posição ($2,106,893), Farber ultrapassava a barreira dos 100 milhões de fichas.

Nove mãos depois era a vez do representante francês ser eliminado.

Sylvain Loosli
Sylvain Loosli

A ação chegou em fold até à small blind e Sylvain Loosli foi all in (9,825,000), na big, Ryan Riess olhou para as suas cartas e fez rapidamente call.

Reiss: {a-Clubs}{10-Hearts}
Loosli: {q-Hearts}{7-Clubs}

A board foi {9-Hearts}{k-Spades}{8-Hearts}{9-Clubs}{a-Diamonds} e Loosli leva $2,792,533 de volta para frança.

Por esta altura a ação fazia jus ao seu nome, na mão imediatamente a seguir à eliminação de Loosli, Amir Lehavot era eliminado.

Jay Farber fez fold e Ryan Riess optou pelo raise para 1,900,000 na small blind. Amir Lehavot fez 3-bet all in (21,150,000) com {7-Spades}{7-Diamonds} e Riess fez call com {10-Clubs}{10-Diamonds}.

A board {q-Clubs}{8-Clubs}{4-Hearts}{2-Diamonds}{j-Diamonds} deixou o torneio heads-up.

A ação vai voltar ao live report da PokerNews Portugal às 02:00 da manhã, só parará quando for encontrado o vencedor do Main Event das World Series Of Poer 2013.

Mais notícias

Torneios relacionados

jogadores relacionados

O que pensas?