Agora ao vivo
PokerStars Championship Barcelona

Daniel Negreanu Vence High Roller WSOPE (6ª Bracelete) e POY WSOP

Daniel Negreanu

Quando o Team PokerStars Pro Daniel Negreanu acordou ontem, na sua cabeça só devia passar uma coisa: atingir a final table do Evento #8 das World Series of Poker Europe 2013. Se o canadiano conseguisse atingir a final table venceria o prémio de melhor jogado do ano das WSOP, pela 2ª vez.

Negreanu acabou por conseguir bem mais do que isso, no final da última mão jogada no dia o Team PokerStars Pro conseguiu o prémio POY, vencer o torneio e conquistar a sua 6ª bracelete WSOP! Que dia!

"I love drama!" disse Negreanu após a vitória. "I love drama! What's better than bottom of the ninth, bases loaded...and you just got to win? I love it" continuou o profissional da PokerStars.

Negreanu bateu o brasileiro Nicolau Villa-Lobos em heads up e arrecadou €725,000, Villa-Lobos teve que se contentar com os €450,000 reservados para o segundo classificado. Depois de conquistar este prémio, Nicolau Villa-Lobos fica em terceiro lugar na all time money list brasileira, perdendo apenas para os gurus do poker brasileiro, Alexandre Gomes e André Akkari.

Resultados High Roller

LugarNomePaísPrémio
1Daniel NegreanuCanadá€725,000
2Nicolau Villa-LobosBrasil€450,000
3Philipp GruissemAlemanha€250,000
4David PetersEUA€150,500
5Timothy AdamsCanadá€100,600
6Scott SeiverEUA€74,600
7Jason KoonEUA€63,500
8Erik SeidelEUA€55,400
9Joni JouhkimainenFinlândia€50,400

O último dia de prova começou com 13 jogadores activos, apenas 9 seriam premiados. A ação começou a aquecer logo na primeira mão do dia, Tom Bedell foi eliminado depois de levar o seu {q-Clubs}{10-Diamonds} contra Scott Seiver e o seu {a-Hearts}{k-Diamonds}. O senhor que se seguiu foi Phil Laak, entrou numa corrida com {k-Hearts}{q-Diamonds} mas Erik Seidel e o seu {6-Diamonds}{6-Clubs} foram mais fortes. O brasileiro Nicolau Villa-Lobos começou desde cedo a mostrar alguma força, às suas mãos caiu Byron Kaverman. Kaverman segurava {a-Hearts}{6-Diamonds} e Villa-Lobos {k-Hearts}{q-Clubs}, a board deu full house ao brasileiro.

A bubble durou quase duas horas e acabou por ficar na posse do November Niner Marc McLaughlin. O seu compatriota Timothy Adams acabou a fazer call na small blind a um McLaughlin com apenas 2 big blinds (na BB). Embora estivesse à frente com {j-Spades}{4-Clubs}, Adams e o seu {8-Clubs}{6-Spades} acertaram um {6-} na board e todos estavam agora no dinheiro.

Numa das primeiras mãos jogadas após o "rebentar da bolha", Joni Jouhkimainen era eliminado por Philipp Gruissem. O finlandês foi all in com menos de 4 BBs under the gun com {k-Hearts}{5-Hearts} e o alemão isolou desde a small blind com {a-Clubs}{j-Hearts}, a melhor mãos ganhou.

Esta eliminação formou a final table oficial e por estar altura já um Negreanu, shor-stack, saltava de contentamento por ter ganho o POY WSOP, nem sabia o que estava por vir.

A mesa final arrancou com os 8 jogadores em prova a fazer um acordo de cavalheiros sobre o live stream, todos concordaram em não receber informações das mãos jogadas no live stream (cartas à vista), os telefones foram todos jogados para um saco.

Na segunda mão jogada Nagreanu começou a sua caminhada até ao topo, foi all in com {10-Clubs}{9-Spades} e Jason Koon fez call com {k-Spades}{q-Hearts}. A board {8-Spades}{8-Hearts}{6-Hearts}{6-Clubs}{8-Diamonds} esteve do lado do canadiano e as fichas foram para as respectivas stacks novamente.

Algumas órbitas depois Seidel era eliminado em 6º lugar. Seidel fez open shove desde o cutoff com {a-Clubs}{j-Diamonds} e Seiver apresentou {a-Hearts}{7-Diamonds}. O flop foi logo {7-Hearts}{9-Spades}{7-Spades} e poucas chances restavam para Seidel, o turn foi um {a-Spades} e o river um {4-Hearts}, player out gritou o dealer!!

Negreanu conseguiu ganhar um flip logo no inicio da ação 7-handed, o seu {a-Clubs}{k-Hearts} bateu David Peters e o seu {10-Spades}{10-Diamonds}, um {a-Spades} no flop decidiu a mão.

Foram precisas mais de 5 órbitas após a eliminação de Siedel para que o caixa voltasse a ter clientes, desta feita Jason Koon. Negreanu entrou em limp no pote por acidente e Koon foi all in (16 BBs), Peters fez call na small blind e Negreanu acabou por fazer fold. Koon descobriu que Peters tinha {a-Clubs}{a-Diamonds} e o seu {a-Hearts}{k-Clubs} precisava de muita ajuda. Koon ainda flopou um gutshot mas turn e river não trouxeram a ajuda necessária.

Mesmo antes do intervalo para jantar Villa-Lobos deixou Adams a soro, Negreanu terminou o trabalho iniciado por Nicolau.

Gruissem eliminado em 3º
Gruissem eliminado em 3º

A ação 4-handed durou 30 mãos e terminou quando Peters fez 4-bet all in na big blind e Villa-Lobos fez call com {a-Spades}{q-Clubs}. Peters mostrou mais uma vez {10-Spades}{10-Hearts} e viu uma dama aterrar logo no flop, o norte-americano foi 4º classificado.

Gruissem entrou no último de prova a liderar e assim continuou até ao 3-handed, nessa altura a sua stack caiu para as 20 big blinds e tudo acabou com o alemão all in na big blind depois de Negreanu ter aberto o pote. Se umas mãos antes Negreanu tinha feito fold a {a-}{j-} depois de uma 4-bet de Gruissem, desta vez fez call com {a-Spades}{j-Diamonds}. Gruissem mostrou {a-Clubs}{4-Clubs} e a melhor mão ganhou, a board foi {j-Clubs}{9-Diamonds}{6-Hearts}{6-Diamonds}{8-Spades}.

Ainda que tenha começado o heads-up com uma desvantagem de 2 para 1, Villa-Lobos deu a volta e ainda liderou o torneio. Essa liderança não durou muito e o canadiano voltou à mó de cima. Na mão final Villa-Lobos fez limp no botão e Negreanu optou pelo raise, Nicolau foi all in por cima desse raise e Negreanu fez call. O Kid Poker mostrou {j-Diamonds}{j-Spades} e Villa-Lobos {5-Diamonds}{5-Clubs}, a board {q-Diamonds}{9-Hearts}{2-Diamonds}{k-Diamonds}{3-Clubs} entregou a bracelete.

Recebe todas as notícias da PokerNews através das redes sociais. Segue-nos noTwitter e no Facebook!

Mais notícias

O que pensas?