Agora ao vivo
PokerStars Championship Barcelona

Steve Sung Venceu o Evento #52: $25,000 No-Limit Hold'em 6-máx

steve sung

O Evento #52: $25,000 No-Limit Hold'em (Six Handed) é um dos mais importantes das World Series Of Poker. Juntamente com a bracelete e os mais de $1,2 milhões de prémio destinados ao primeiro classificado, o vencedor deste evento ganha também o reconhecimento por parte de toda a comunidade por bater um dos fields mais duros das WSOP. Steve Sung foi o vencedor e para abrilhantar ainda mais a sua vitória, conseguiu bater em heads-up um dos melhores jogadores de 6-máx do mundo, Phil Galfond.

Com apenas 18 jogadores em prova, 3 mesas, o dia 3 do torneio prometia muita acção. A bubble já tinha rebentado no dia anterior e na liderança estava o alemão Max Lehmanski. Já nos prémios, os jogadores deram o tudo por tudo para fazer as suas stacks crescer mas nem todos tiveram sucesso. Alguns dos eliminados do dia foram Christian Harder, Fabian Quoss, Marvin Rettenmaier, David "Bakes" Baker, Igor Kurganov, Todd Terry e Kevin Eyster. Todas estas eliminações levaram-nos à final table não oficial com 7 jogadores, nessa altura a liderança andava entre as mãos de Sung, Dani Stern e Phil Galfond. Depois de quase duas horas e meia de acção 7-handed, Shannon Shorr fez call all in com nut flush draw ao top pair de Galfond que acabou por aguentar.

Depois de horas a tentar fazer algo da sua short stack, Richard "nutsinho" Lyndaker foi o sexto classificado, o seu {a-Clubs}{8-Clubs} foi batido pelo {a-Spades}{q-Hearts} de Sung. Lehmanski saiu logo em seguida, a sua 3-bet shove com {6-}{6-} foi paga por Galfond e os seus {a-}{a-}, na board nada ajudou Lehmanski.

Depois do intervalo para jantar Galfond continuou a extender a sua liderança, e Stephen Chidwick começou a perder força. Acabou eliminado em quarto lugar por Stern com este a ter bastante sorte. O inglês segurava {6-}{6-} e Stern {5-}{5-}, um {5-Hearts} no turn enviou Chidwick ao caixa para ir buscar $350,000.

A acção 3-handed durou apenas 26 mãos e Sung conseguia nessa altura roubar a chip lead a Galfond, Stern ia ficando cada vez mais short. Acabou all in com {a-}{5-} e Galfond fez snap-call com {q-}{q-}. As damas aguentarem e ficávamos com os únicos jogadores que já tinham ganho uma bracelete WSOP no heads up pela segunda.

Galfond lutou bastante para reconquistar a liderança e no final do nível 28 foi jogado um pote espectacular. A carta mais alta da board era uma dama e depois de fazer check-raise para mais de 1 milhão no flop, Galfond apostou 2,5 milhões no turn. Sung fez mini-raise e Galfond quase shovou com 4-high. Sung mostrou um {10-}, tinha um par mas nunca vamos saber o que aconteceria se Galfond tivesse shovado. Sung tinha apenas 1.77 milhões para trás - Sung disse que teria feito call.

Oito mãos depois, Galfond fez 3-bet shoved com {k-}{q-} e Sung fez snap-call com {j-}{10-}. A board correu {k-}{j-}{10-}{6-}{5-} e estava entregue a bracelete.

LugarNomePrémio ($)
1Steve Sung1,205,324
2Phil Galfond744,841
3Dani Stern509,473
4Stephen Chidwick353,780
5Max Lehmanski249,291
6Richard Lyndaker178,261

Se ainda não tens conta na PokerStars, aproveita e abre já a tua usando o Código de Marketing PORTUGUESEPOKERNEWS e o código de Bónus STARS600!

Recebe todas as notícias da PokerNews através das redes sociais. Segue-nos no Twitter e no Facebook!

Mais notícias

Torneios relacionados

jogadores relacionados

O que pensas?