Inside Gaming: NJ vota nas apostas desportivas, Sahara de volta e mais

Inside Gaming: NJ vota nas apostas desportivas, Sahara de volta e mais 0001

Uma vez que esta semana não houve nenhum acontecimento importante de poker, entretem-tee com notícias do mercado de jogo. Os moradores de New Jersey votaram a favor de um referendo para legalizar as apostas de desportos nos casinos locais. Pena foi não terem sido chamados a faze-lo. Deprimido com o fecho do Sahara? Existem razões para celebrar já que os legisladores de Nevada aprovaram planos para renovar e reabrir o casino histórico. Tudo o que precisamos é de um cronograma. Mas esse cronograma pode demorar se Nevada continuar a publicar os retornos de jogo como os quase 6% de queda acabado de anunciar em Setembro.

Eleitores de New Jersey dizem sim às Apostas Desportivas, mas ainda enfrentam uma Batalha Federal

Ficaram tão envolvido com o alvoroço da final do World Series of Poker que se esqueceram que haviam eleições na Terça? Os operadores do casino Atlantic City certamente que não. Os eleitores de New Jersey aprovaram numa relação de 2 para 1 a uma questão eleitoral que perguntava se o estado deveria permitir apostas desportivas nos casinos de Atlantic City e pistas de corridas em todo o estado. Mas não planeiem para já um grande fim de semana de futebol no Borgata. O referendo apenas dá ao estado luz verde para tentar reverter a proibição federal das apostas de jogo, um entrave bastante significativo. É definivamente um momento conturbado para os envolvidos no jogo.

Aos políticos de New Jersey foi dava a opção de adicionar o estado à lista de locais excluidos da proibição federal de apostas desportivas aprovada em 1992, mas os legisladores não conseguiram chegar a acordo antes de expirar o prazo de 18 meses. Nevada é o único estado com apostas desportivas que dispõem de apostas para jogos simples. Oregon, Montana, e Delaware também ficaram de fora e continuam a ter jogos de lotaria e acumulados baseados em desportos. Mas há estimativas que a indústria de apostas desportivas em todo o país facture cerca de $380 bilhões anualmente, mas a maioria das receitas vai para os corretores ilegais. Soa familiar?

O Governador de New Jersey, Chris Christie apoiou a questão eleitoral, dando o título chamativo de "Questão Pública 1." "Com este referendo, temos uma oportunidade que dá ao estado bases mais sólidas para desafiar a proibição federação, " disse Christie. Os apoios sugeriram que o acréscimo de apostas desportivas poderiam aumentar as receitas de Atlantic City de $225 milhões anuais e aumentar o número de visitantes, ambas as injecções de capital bastante necessárias para a economicamente deprimida Boardwalk. As apostas desportivas dariam a Atlantic City uma vantagem sobre os casinos indianos Foxwoods e Mohegan Sun, que também são facilmente alcançáveis a partir da Cidade de Nova Iorque e de mercado fortemente baseado em clientes chave para Atlantic City.

Claro, nem todas as pessoas de New Jersey são fãs deste plano. Um terço dos votantes disse que não à Questão Pública 1, grupos anti-jogo estão a trabalhar duro para publicitar os perigos da "jogo de acção", e as equipas desportivas e as ligas estão a usar a sua inflûencia para prevenir a propagação de apostas desportivas. New Jersey está a considerar legislação que proiba em localidades estaduais as apostas em equipas universitárias do estado, assim como os jogos serem lá.

Vê o The Philadelphia Enquirer para ter o panorama geral das dificuldades que enfrentam as apostas desportivas em New Jersey.

Planos para o renascimento do Sahara' com mais vida noturna e sem montanha russa, aprovado pela County Commission

O Sahara, um marco em Las Vegas da era dos Rat-pack, fechou as suas portas em Maio, a pouco tempo do seu 60º aniversário. A recessão económica, juntamente com a sua localização na deprimente zona norte da Strip, deixou que os proprietários fechassem a já antiga propriedade, mas eles deixaram um vislumbre de esperança na reabertura. É mais do que um vislumbre agora que os proprietários SBE Entertainment e Stockbridge Real Estate apresentaram um plano de remodelação à Clark County Commission, que aprovaram e aplaudiram os planos na semana passada. Mas os pormenores quanto aos custos do projecto ainda estão nebulosos, e nenhum calendário foi definido para o seu início e fim.

A parte exterior e a parte interior do casino vão ter novo aspecto, segundo os planos. A montanha russa que se encontrava ao redor do casino será desmontada e substituida por um jardim com esplanada de 2,830 metros quadrados. Paris Las Vegas e Caesars Palace, ambos da propriedade de Caesars Entertainment Inc., começaram a tendência dos jardins com esplanada na Strip no verão passado. Juntamente com um piso de jogo reformulado, o Sahara também planeia adicionar uma discoteca de 21,000 metros quadrados e um retail e ainda espaço para restaurantes. Já tinha sido local de concertos glamorosos e festas, na altura que fechou, a única razão verdadeira para ir até ao Sahara depois de anoitecer era o torneio de poker à meia noite.
Além do aumento de vida noturna, o Sahara vai adicionar um espaço para convenções de 41,000 metros quadrados e uma nova zona de piscinas. As três existentes torres do Sahara de quartos de hotel serão renovadas e o número de quartos de hotel está previsto descer ligeiramente para 1,622.

A reflexão de Clark County Commission não inclui detalhes acerca de quanto o projecto extenso vai custar, mas o Comissário Chris Giunchigliani disse que SBE tem o financiamento garantido. Giunchigliani citou esperanças nos jogos de Internet como impulsionadores do crescimento que está a fazer outra vez neste mercado atractivo. Ela disse que a agitação no jogo na Internet está a construir um "nível de conforto voltando para essa área no reino dos jogos...penso que as pessoas estão preparadas. Levará um par de anos pra fazer a remodelação e o que não, poderá ser a janela certa.."

A última renovação no Sahara foi em 1999. O proprietário anterior, William Bennett, obteve aprovação para os planos de remodelação em 2007, mas coloca-as em espera quando a economia caiu.

O Las Vegas Review-Journal tem mais.

Receita de jogo do Nevada

Enquanto o Comissário Clark County pode ser convencido que agora é que é tempo de investir nas melhorias do casino, os números do jogo no Nevada em Setembro, contam uma história menos entusiasta. O Nevada Gaming Control Board disse na semana passada que as receitas mensais de casino em Setembro de 2011 cairam 5,87 por cento relativamente ao ano passado, quando as condições económicas também não eram exatamente perfeitas. As receitas de jogo em todo o estado creceram ano após ano em três meses seguidos no verão, e caiu em Agosto. As receitas em setembro de todo o estado foram de $863.9 milhões, contra os $917.8 milhões do ano passado.

Os casinos da Srip de Las Vegas muitas vezes superam o resto do estado, mas a receita por lá também caiu 5.69 por cento. E todos os Clark County tiveram uma descida de 6.6 por cento, sofrido por uma queda de 17 por cento nas receitas na Boulder Strip e a queda de 13 por cento no Norte de Las Vegas. Os casinos Reno assistiram a um ligeiro aumento, enquanto que a zona do Lake Tahoe tiveram o melhor sucesso.

A queda está a atingir Nevada no seu crédito. Já a precisar de dinheiro, o estado teve $51.4 milhões de taxas de jogo em Setembro, quase menos 9 por cento do que arrecadou em 2010. Apesar de um verão forte, os primeiros 4 meses do ano fiscal as coletas de taxas de jogo desceram 5.5 por cento. Talvez seja tempo de negociar um segundo Super Bowl este ano? Um extra Março Louco para tapar o buraco da NBA?

O Las Vegas Review-Journal traz-lhe a restante história de más figuras.

Segue-nos no Twitter e Facebook para informações actualizadas no minuto.

Mais notícias

O que pensas?