Agora ao vivo Unibet Open Bucharest

Fora das mesas com Brent Hanks

Brent Hanks

O Fora das mesas entrevista os jogadores de poker para sabermos mais sobre as suas vidas fora das mesas. O mais recente convidado é Brent Hanks que nos fala de poker, de boys bands e o "Já tocou".

Como começaste a jogar poker?

Comecei a jogar com o meu pai, em casa, em Nova York. Eram jogos hi-low mixed e eu viajava com ele. Acho que os buy-ins eram de $100 ou $200. Eu era um autêntico fish, mas a sorte é que todos os outros também o eram. Eram todos terríveis e por isso eu descobri como ser bom o suficiente para lhes ganhar. Entretanto o boom do No limit aconteceu e foi o que comecei a jogar.

O que vem a seguir no teu calendário de poker?
Provavelmente o Venetian Deepstack. O Main Event é de $2.500 e devo jogar os mais pequenos também.

Sala de poker preferida em Vegas?

Adoro o Venetian por causa do cheiro. Não gosto muito do Bellagio. Toda a gente responde sempre o Bellagio, ams eu não gosto muito.

Lugar ou torneio preferido fora de Vegas?

Costumava ser o Atlantis no PokerStars Caribbean Adventure mas já não podemos fazer isso.

O que é que preferes –futebol universitário aos sábados ou a NFL aos domingos?

Ah essa é muito difícil. Fico sempre dividido. Este ano vou escolher a NFL ao domingo porque os Bills estão a arrasar e eu sou um grande fã dos Bills. Tornaram a NFL muito melhor.

Tens alguma superstição nas mesas?

Não, não tenho nenhuma

E talentos escondidos?

Oh tenho muitos talentos escondidos. Mas estão escondidos portanto não os podes ver.

Ouvi dizer que eras um bom cantor. Com quem cantarias um dueto?

Não sou assim tão bom cantor. Faria um dueto com Brian Lamanna.

Canção preferida do Phil Collins?

In the Air Tonight. Sem dúvida.

Se tivesses que formar uma boys band só com jogadores de poker, que jogadores escolherias e como se chamaria a banda?

Dan O’Brien, Allen Bari, Chad Battista, e quem mais é mesmo baixo? Alex Balwin? E o nome seria My Little Trolls.

A prop bet mais ridícula em que participaste?

Oh. Nunca participei em apostas muito ridículas. Apostei que deixava de fumar, mas isso foi uma aposta muito saudável. Acabei por ganhar, mas ganhei de tal maneira que Matt Berkey não acreditou e achou que tinha ganho. Por isso ninguém pagou a ninguém, mas pelo menos eu não fumei.

Já Tocou ou Boy Meets World?

Saved by the Bell.

Segue-nos no Twitter e Facebook para informações actualizadas no minuto.

Mais notícias

O que pensas?