World Poker Tour Grand Prix de Paris 2011 Dia 1A: Mikko Sundell a liderar

Mikko Sundell

O primeiro dia do World Poker Tour Grand Prix de Paris terminou ontem à noite no Aviation Club de France. No final do dia, restavam apenas 70 dos 140 jogadores que pagaram o buy-in de €7.500. A liderar a comitiva está Mikko Sundell, com 203.800 fichas, logo seguido de Yann Dion, com 201.400.

Nesta altura do ano, a Europa é o centro do poker mundial com uma enorme diversidade de eventos a acorrerem um pouco por todo o lado. Assim, não será de estranhar a quantidade de nomes conhecidos no field. Entre os presentes que não conseguiram a passagem para o Dia 2 estiveram os antigos campeões WPT, Roberto Romanello e Sam El Sayed, os November Niners de 2009James Akenhead e Antoine Saout, assim como ]Arnaud Mattern[/b] e Kara Scott.

De acordo com o Live Report do WPT, Ramanello foi eliminado no início do segundo nível, quando empurrou as suas últimas fichas com {a-}{j-} e bateu contra o par de 10 de Hu Gangzhou. A board mostrou {4-}{2-}{10-}{q-} e Romanello foi eliminado.

Kara Scott aguentou-se até mais tarde depois de passar um dia de altos e baixos. Primeiro perdeu grande parte das suas fichas num set over set. Depois de reconstruir a sua banca, tornou a perder com {a-}{j-} contra {q-}{k-} de um short-stack. Acabou mesmo por ser eliminada com {A-}{J-} numa board {J-}{J-}{6-} mas o adversário tinha encaixado full house com o seu par de seis.

Mas há muitos nomes conhecidos que transitaram para o Dia 2. Mike Sexton com 74.000 fichas, Jani Sointula com 135,400, Marvin Rettenmaier e as suas 104.600 fichas e Ludovic Lacay com 62.200. Já Joseph Cheong, Juha Helppi, John Eames e Sorel Mizzi passaram mas com cerca de 30.000 fichas ou menos, ou seja, a stack inicial.

O evento continua hoje com o Dia 1b às 14:00 para definir o field que se juntará no dia 2.

Foto cortesia do World Poker Tour.

Mais notícias

Torneios relacionados

O que pensas?