Agora ao vivo
PokerStars Championship Barcelona

Grandes Folds levam a Grandes Vitórias

  • Daniel CordeiroDaniel Cordeiro
galen hall, eugene katchalov

"Vou largar esta mão, Teddy. Dois Top pair. É um monstro, e vou largar."

Estas foram as famosas palavras proferidas por Mike McDermott durante a batalha heads-up com Teddy KGB no maior filme de poker de sempre, Rounders. McDermott, interpretado por Matt Damon, largou {a-Hearts}{5-Diamonds} num flop com {a-Clubs}{5-Spades}{3-Diamonds} depois de apanhar um tell do seu oponente, Teddy. Depois do fold, Teddy perdeu a sua postura e, eventualmente, o jogo.

Muitas vezes em torneios, as pessoas olham para trás e conseguem definir uma mão chave que impulsionou o vencedor para o primeiro lugar. Geralmente, é uma mão que o jogador venceu e que envolvia muitas fichas ou uma situação muito específica ou espectacular.

O PokerStars Caribbean Adventure 2011 acabou mais cedo este mês. Muitos novos campeões foram coroados, mas nenhum ganhou tanto como Eugene Katchalov ou Galen Hall. Katchalov acumulou $1.500.000 por vencer o $100.000 Super High Roller enquanto que Hall reclamou o título do Main Event PCA e os $2.300.000 destinados ao primeiro lugar. Em ambos os percursos para a vitória, podemos definir um grande fold que os ajudou a atingir a glória.

O momento de Katchalov chegou no dia 2 do Super High Roller. Na altura, Katchalov tinha uma das maiores stacks do torneio, bem como o seu oponente nesta mão, o Team PokerStars Pro Daniel Negreanu.

Negreanu começou com um raise para 28.000 UTG. A acção chegou em fold a Katchalov no botão e este faz call. David Benyamine estava na big blind com 153.000. Quando a acção chegou até si, colocou toda a sua stack ,o centro da mesa. A acção estava de volta a Negreanu e este pausou por breves momentos. Negreanu anuncia raise para 278.000 mas Katchalov já não ia a lado nenhum. Apesar de o Canadiano ter mostrado muita força com um re-raise sobre o all-in de David, Katchalov demorou o seu tempo e disparou um raise para 528.000. O pote estava gigante e a multidão aproximava-se da mesa.

Benyamine viu-se no meio da confusão e a acção voltava a Negreanu. Pensou por momentos e anunciou o seu all-in por um total de 1.189 milhões, ou 661.000 a mais para Katchalov. Última decisão para Katchalov, que por vários minutos ponderou as suas opções, e apesar de parecer doloroso, acabou por desistir.

Quando as mãos foram viradas, Negreanu mostrou {k-Hearts}{k-Clubs} e Benyamine {9-Diamonds}{9-Spades}. Negreanu venceu a mão e o pote gigante eliminando Benyamine enquanto Katchalov lambia as suas feridas. Apesar de não sabermos ao certo o que Katchalov segurava, a conversa indica que terá feito fold a uma mão grande. Não é um jogador de sair muito da sua linha de jogo, o que leva a acreditar que segurava realmente uma boa mão. No final, provou ter feito um bom fold e manteve-se vivo no torneio. Apesar de ter sido batido e acabar por perder uma quantidade razoável de fichas, Katchalov recuperou e acabou por vencer o torneio.

O momento mais marcante de Hall chegou no dia 6 do Main Event, o dia da mesa final.

Desde o botão, Hall fez raise para 450.000 com {8-Clubs}{4-Hearts} na fase heads-up. Chris Oliver defendeu a big blind com {a-Diamonds}{2-Spades} e os dois foram ver um flop com {5-Diamonds}{3-Diamonds}{2-Clubs}. Oliver estava na frente com a melhor mão, e um par de duques. Hall estava open-ended straight draw. Oliver check e Hall dispara 575.000. Oliver call.

O turn trouxe o {2-Spades} e dobrou a board. Oliver estava com trio e Hall perdera outs pois o ás agora não interessava. Ambos os jogadores fizeram check.

O river trouxe o {a-Spades}. Hall completou o seu stright, mas Oliver estava na frente com um full house. Oliver bateu na mesa em check, Hall disparou 2 milhões e caiu na armadilha de Oliver. Este ponderou por momentos, separou fichas, e acabou por anunciar o seu all-in na tentativa de acabar com o torneio. Hall parou... e devolveu as cartas ao dealer, fazendo assim um dos maiores fold que tivemos a oportunidade de assistir.

A partir daqui, Hall foi capaz de responder e eventualmente derrotar o seu oponente. Apesar de Hall não conseguir ver as cartas de Oliver, tomou a decisão correcta e isso elevou a sua confiança.

Tal como McDermott largou a sua mão frente a Teddy KGB no filme Rounders, estes dois jogadores fizeram-no na vida real. McDermott derrotou Teddy a partir dai, e tanto Katchalov como Hall seguiram o exemplo. Com tanto enfase em potes gigantes e grandes bluffs nos torneios de poker de hoje em dia, estes dois jogadores provaram que por vezes, as mãos mais importantes num torneio são aquelas que perdes.

Segue-nos no Twitter e Facebook para informações actualizadas no minuto.

Mais notícias

O que pensas?