Top Dez Histórias de Poker de 2009: #5 Jeff Pollack, #4 Party Poker e #3 "durrr" Challenge

  • Elaine Chaivarlis/BlocoDaBarraElaine Chaivarlis/BlocoDaBarra
top 10 2009 jell pollack tom dwan party poker

#5, Jeffrey Pollack Renuncia ao Cargo de Comissário das WSOP

Uma saída que chocou o mundo do poker. Jeffrey Pollack já tinha “dado cartas” ou melhor, o seu toque de Midas na NBA mas quando foi nomeado comissário das WSOP nunca se pensou que o êxito fosse desta magnitude. Consigo ao leme desde 2006, embora contratado em 2005, as World Series of Poker tiveram um crescimento de 88%. Dos 36 torneios existentes na altura pontificam agora 57 torneios. Da sua autoria são também o Players Advisory Council, o torneio de $50k H.O.R.S.E. Championship e a criação dos November Nine. Se isso não bastasse é sua também a criação da marca WSOP Europe. A nível de parcerias comerciais Pollack ensinou como se promove uma marca, arranjou parceiros de renome e hoje em dia o poker é visto com outros olhos, quer pela opinião pública quer pelos anunciantes.

#4, PartyGaming Compra os direitos do World Poker Tour

É a junção de dois gigantes dos primórdios do jogo, e uma fusão com olhos no futuro. São sem sombra de dúvidas dois pesos pesados da indústria que se estão a posicionar para a era pós aprovação Unlawful Internet Gambling Enforcement Act (UIGEA) nos Estados Unidos. A Party Poker assume assim a luta, ombro-a-ombro com grandes marcas do mercado como a PokerStars e as World Series of Poker. Juntam duas marcas consagradas, uma do jogo online e outra do circuito de torneios ao vivo.

#3, O "durrrr" Challenge

Em Fevereiro de 2009 Tom “durrrr” Dwan lançou um desafio através da capa da revista Bluff Magazine. Dwan defrontaria toda gente, à excepção do seu amigo Phil “OMGClayAiken” Galfond, em 4 mesas em simultâneo jogando no-limit hold’em ou pot-limit Omaha a um mínimo de $200/$400. Se ao fim de 50,000 mãos o seu adversário tivesse um dólar de lucro Tom dar-lhe-ia $1,500,000. Se o contrário sucedesse o adversário pagar-lhe-ia $500,000. Com odds de 3-1 vários foram os nomes sonantes que se chegaram à frente: Patrik Antonius, David Benyamine e Phil Ivey. Antonius foi o primeiro a aceitar e neste momento está a defrontar Tom. Benyamine e Ivey continuam à espera da sua oportunidade, enquanto “durrrr” lidera o desafio.

Já nos segue no Twitter? Seja nosso fã no Facebook!

Mais notícias

Torneios relacionados

jogadores relacionados

O que pensas?