Transição de Pot Limit para Limit, Parte I

Transição de Pot Limit para  Limit, Parte I 0001

Tenho viajado pelo mundo recentemente... literalmente. Pela comunidade de poker, visitei Las Vegas (e outras cidades americanas) antes de viajar para a Europa Continental. Vindo de uma comunidade de poker onde Limit constitui a vasta maioria de jogos, eu senti-me em casa em Las Vegas porque virtualmente todos os jogos são Limit. Seguramente, há alguns jogos de No Limit em oferta e jogos de Pot Limit se você parecer duro suficiente. Mas poker em Las Vegas, é em grande parte Limit.

Depois de ter entrado no cenário do poker europeu, eu percebi que a maioria dos casinos (e/ou clubes de poker) jogam Pot Limit. Muitos jogadores de Limit que conheço que fizeram a transição para Pot Limit não podiam estar mais contentes por duas razões. Primeiro, se você ganhar um pote grande num jogo de Pot Limit, você realmente ganha um pote GRANDE porque você conseguiu forçar um jogador a arriscar a maioria das fichas dele com a segunda melhor mão. Claro que o problema é que a situação precisa de ser quase perfeita em Pot Limit para isto acontecer e em muitos casos, o jogador com a segunda melhor mão, quando todo o dinheiro está em risco, tem outs para melhorar o seu jogo.

A segunda razão pela qual algumas pessoas fizeram a transição para Pot Limit é o factor "protecção." Se você tem o AK e um flop de Ah-9h-5d e seu oponente tem Jh-10h, pode conseguir que ele faça call no flop, mas se o turn não ajudar, você pode apostar forte o suficiente para o forçar para fora do pote - e de vez em quando, está a força-lo a desistir quando o river for uma copa. Como resultado, você pode fazer algum dinheiro preflop e no flop, mas protege a sua vulnerável mão no turn, fazendo uma aposta significativa à qual seu oponente não possa fazer call. A vantagem óbvia é que a sua 'win rate '(percentagem de vitórias) é mais alta. Quer dizer, o AK pode ganhar 70%-80% das vezes num jogo de Pot Limit quando consegue um A no flop, que permite forçar a saída de outros jogadores com uma aposta grande. Mas se não pudesse forçar a que estes abandonem o pote, ganharia só 60% das vezes.

Depois de ver muitos jogos de Pot Limit nas últimas semanas, pensei que seria bom oferecer alguns conselhos gerais a jogadores de Pot Limit que farão a transição para Limit em jogos a dinheiro. Muitos que jogam Pot Limit provavelmente olhariam para Limit como um passo atrás. Mas eu acredito que isto está incorrecto. Eu consideraria isto como um passo lateral. Há bastantes bons jogadores de Limit que fazem mais dinheiro por ano que bons jogadores de Pot Limit que jogam em montantes semelhantes. O truque está em ajustar certos aspectos do seu plano de jogo. Enquanto este conselho possa não ser pertinente agora ou amanhã ou no mês que vem, mas um dia você pode visitar a América, Austrália ou outro país onde Limit é o jogo principal... e quando o fizer, precisará de estar preparado para controlar este tipo de estrutura de apostas. Assim, preste atenção, mesmo que este conselho não o ajude no futuro imediato.

UM: Pode fazer call a raises preflop com uma Drawing Hand (possibilidade de cor/sequência aberta)

Está sentando num jogo de Limit. Há um raise antes do flop e três pessoas fazem call. Você está em jogo e tem 7s-8s. Em Pot Limit, o aumento pode ser muito alto para fazer call com uma mão assim. Mesmo que o flop seja As-9d-6h dando-lhe um "open ended straight draw" e backdoor flush draw, ainda terá que fazer call uma aposta significativa para ver o turn (e river se desejar continuar). Por causa disto, há uma forte discussão contra fazer call antes do flop com este tipo de mão. Em Limit, porém, não há tal constrangimento. Se o flop for como acima descrito, num jogo de Limit, não só é possível fazer call a uma aposta no flop e turn, como é correcto fazê-lo. No flop, a aposta que você precisa fazer call será muito pequena comparada ao tamanho do pote. Assim não será muito doloroso se nada sair no turn e, mais do que isso, as pot odds são normalmente maiores do que as odds contra o seu draw. Então, o seu call no flop (e provavelmente no turn) mostra alguma rentabilidade no longo prazo.

DOIS: Os Jogadores Sólidos (The Rock) são evidentes em jogos de Limit

Em muitos jogos de Pot Limit, os jogadores não têm problema em esperar por mãos fortes antes de entrar no pote. O lado mau, claro que, é que estes jogadores raramente ganharão um pote grande porque o momento que eles começam a jogar, a maioria dos seus oponentes estão conscientes das tendências tight (jogo conservador) e irão abandonar mãos relativamente fortes porque sabem que a "The Rock" (jogador muito conservador) provavelmente tem "The Nuts" (a melhor mão). As más notícias é que em Limit não é diferente. Eu encontrei-me com alguns jogadores de Pot Limit que pensam que esperar por cartas "à prova de bombas" ou jogar como uma "The Rock" passarão relativamente despercebidos em Limit. Isto não é verdade. Depois de sentar a uma mesa de Limit durante uma hora ou assim, a maioria dos jogadores poderá dizer se você é jogador tight ou um jogador loose. Em Limit, esta é a primeira avaliação que a maioria dos oponentes faz sobre você.

Assim, precisa de se envolver de vez em quando com mãos tipo K-10 off suit (de naipes diferentes), ou 9-7 suited (mesmo naipe). Veja isto deste prisma: custa muito pouco ver o flop com uma mão assim e em algumas ocasiões, ganhará o pote, até mesmo se nada tiver para além de um par mais alto.

TRÊS: Timing no bluff, é tudo

Muitos jogadores que perdem regularmente num jogo de Limit dirão que "não podem fazer bluff neste tipo de jogo." Normalmente, eu (junto com outros jogadores na mesa) fazemos meia dúzia de bluffs sempre que jogamos na mesma mesa. Estes jogadores que falham miseravelmente o bluff em Limit, fazem-no por uma das seguintes quatro razões.

1) Eles fazem bluff muito frequentemente. Se se tornar um bluffer habitual em Limit, os seus oponentes observarão o seu jogo com mais frequência, até mesmo com mãos tão medíocres, como terceiro melhor par. Eles fazem isto porque (a)) eles têm uma boa hipótese de ganhar com qualquer par contra um bluffer habitual; e (b)) não lhes custa muitas fichas se estiverem errados.

2) O bluff deles/delas é uma aposta "vinda do nada". Eu vi isto uma vez: um jogador "X" fez raise antes do flop e "Y" fez call. O flop era Ah-Ks-9h. Y check, X aposta e Y faz call. No turn, um 4c, Y check, X aposta e Y faz call. No river, um 7s, Y sai a apostar. Agora pela sucessão das apostas, parecia a qualquer um que aquele X ou tem AK, AQ, AJ, AA ou KK. Mais ainda, que 7s no river não completa qualquer possível straight draw ou flush draw. A menos que Y tivesse feito call com setes de mão, não há nenhuma razão para aquele river o ter ajudado. Assim, a aposta de Y no river é o que eu descrevo como "uma aposta vinda do nada". X que tinha AQ fez call imediatamente e ganhou o pote. Y mostrou 8h-7h – um flush draw perdido. Evidentemente, Y percebeu que não podia ganhar o pote no showdown, assim a única hipótese de ganhar o pote era apostando e esperar que o oponente fizesse fold. Suponho eu que parece bastante lógico, mas se sai de repente a apostar quando a carta do river é insignificante, é de esperar que seu oponente faça call com qualquer tipo de mão, especialmente se ele tem apostado desde o início.

3) Eles não podem apostar o suficiente. A razão primária por que as pessoas reclamam que "você não pode fazer bluff em Limit" é porque não podem apostar forte o suficiente para forçar com que o oponente deles/delas faça fold. Se você tem K-J e fez call antes do flop e o flop vem Q-J-9, sua situação não é terrível. Mas se um oponente na Big Blind decide jogar com uma mão como Q-5 suited, há uma hipótese bastante boa que eles irão apostar ou fazer call até ao showdown neste tipo de flop. Se o river é um 8 e a Big Blind com Q-5 decide fazer check, pode ser tentado a tentar um bluff. Porém, este bluff nem sempre será bem sucedido pois simplesmente não pode apostar muito forte.

Se a situação fosse idêntica, mas se estivesse num jogo de Pot Limit, você poderia fazer um raise do tamanho do pote. Até mesmo se seu oponente com Q-5 pensasse que você provavelmente estava a fazer bluff, eles não arriscarão uma porção grande das suas fichas para ver se tinham ou não razão. Em Pot Limit, você tem o luxo de fazer este jogo porque você pode fazer uma aposta que seu oponente simplesmente não pode fazer call, mesmo que a leitura deles/delas esteja correcta. Em Limit, porém, não ficarão tão preocupados pois o tamanho de aposta é fixo e é relativamente pequeno face ao tamanho do pote no river.

4) Apostam fora de tempo. Isto é relativo a muito do que eu discuti nos primeiros três pontos. Mas eu gostaria de acrescentar que em muitas ocasiões, um bluff altamente ambicioso, quando o tamanho da aposta é limitado, é difícil. Por exemplo, se você tem K-Q suited e faz raise antes do flop e o flop vem A-5-5, você pode tentar um bluff no flop. Mas se há call por vários jogadores, esqueça o bluff no turn o no river. É provável que alguém já o tenha batido, mesmo que eles não apostem quando fizer check, eles irão fazer call se apostar...

Nota Ed: Faça já o download da PokerStars e teste estas estratégias, recebe um bónus de 100% até $50 de primeiro depósito ao fazer o download pelos nossos links.

Mais notícias

O que pensas?