Agora ao vivo Live Stream André Coimbra PokerStars.pt

MTT (fases iniciais)

  • Robert Jan Hoogendoorn / Daniel CordeiroRobert Jan Hoogendoorn / Daniel Cordeiro
mtt

Este artigo descreve as primeiras fases de um torneio Multi-Table (MTT). Por fase inicial quero dizer o tempo entre o início do torneio e a fase bubble, uma fase que se torna cada vez mais importante com o aumento do número de jogadores que participam nestes torneios. A fase inicial de um torneio online pode por vezes durar 4 horas, o que é normalmente metade da duração total do torneio. Por isso é importante que tomes o teu tempo durante esta fase e que não cometas o erro de querer dobrar a tua stack. Não há nada de errado em ser agressivo, a agressividade pode até ser necessária no cenário do poker dos dias de hoje. Mas existe uma grande diferença entre ser agressivo e fazer check-raise all-in com qualquer flush-draw ou overpair. A paciência é uma virtude, especialmente num MTT.

Quando começas a jogar, certifica-te que entendes o tipo de MTT que estás a jogar. Eu joguei uma grande variedade de MTT, desde $3 rebuy até o $162 Nightly Hundred Grand, e tento ajustar a minha táctica consoante o que jogo. Num torneio $5 freezeout raramente irei tentar fazer um bluff a um dos meus oponentes nas fases iniciais de um torneio. Isto porque neste nível os jogadores já têm dificuldade em fazer fold a algo como um top pair. Phil Gordon disse uma vez "É difícil fazer bluff a alguém que não presta atenção" portanto um bluff nesta altura é -EV. No entanto, se decidires fazer bluff, certifica-te que tens ainda algumas outs para o caso de levares call e nunca arrisques mais que 30% da tua stack num bluff durante esta fase. É aqui também que reside a diferença entre um torneio garantido e um torneio freezeout. Os torneios garantidos na PokerStars têm o dobro da stack inicial quando comparados com um MTT normal. Isto significa que começas com 3000 fichas em vez de 1500. Por isso podes jogar um pouco mais loose num torneio garantido do que num torneio MTT normal. Tenta também jogar com as fichas do teu oponente e não com as tuas. Isto quer dizer que deves acumular fichas de outros jogadores antes de arriscares as tuas fichas num bluff.

Posição

Um factor muito importante quando jogas num MTT é a posição. Grande parte dos jogadores entendem a importância de estar numa boa posição e jogar de acordo com isso. No entanto, muitos jogadores apenas se focam na sua posição absoluta. Portanto existe outra posição? Sim, esta é a tua posição relativa. Posição absoluta é a tua posição antes do flop. UTG é early position e o botão é late position. Posição relativa é a tua posição após o flop em respeito ao raiser inicial. Durante as fases iniciais de um MTT (especialmente um com um buy-in baixo) irás ver-te com frequência envolvido num pote com 5 jogadores. Tenta tornar as coisas fáceis para ti no flop. Vamos dizer que estás no primeiro nível de um torneio garantido e recebes um boa mão para draws como {7-Diamonds}{8-Diamonds} no botão. O teu primeiro pensamento: "Fixe, tenho uma boa mão para bater áses na melhor posição". Depois vês a seguinte situação: as blinds estão em 10/20, UTG limp, Mp e Mp+1 limp também e o cut-off faz raise para 100. Num freezeout regular eu faria fold a esta mão pois é uma grande percentagem da minha stack inicial que ponho em risco. No entanto, num torneio garantido, eu gostava mesmo de jogar esta mão mas como podes ver isto pode-te por em alguns apuros. Tens aqui uma excelente posição pré-flop, mas depois do flop estás na pior posição relativa. Obviamente não vais fazer raise com esta mão pois queres ver o flop mais barato possível, mas fazer call não é uma boa opção também. É aqui que muitos jogadores cometem o erro. Vou assumir que não há nenhum jogador no pote que tenha feito limp com um par alto para depois disparar um re-raise. Se este fosse o caso faríamos fold à mão na mesma. Mas vê o que acontece quando fazes call aqui. Assim que fazes call, os outros jogadores ficam com boas odds, e grande parte das vezes os restantes limpers irão ver isso e farão call também. Nesta situação a big blind, MP e MP+1 fazem call. O flop mostra {5-Diamonds}{q-Spades}{6-Clubs}, portanto não é um mau flop. Se o cutoff tiver {a-Diamonds}{a-Spades} nesta situação, poderás ficar com a sua stack se por exemplo um {9-Spades} sair no turn. Mas o que acontece? É frequente a maior parte das pessoas fazerem check para o raiser inicial, depois de quem és o seguinte a actuar, com 3 jogadores depois de ti ainda por jogar e depois de o raiser inicial disparar uma C-Bet.

Como podes ver estás na pior posição relativa situação, e muitos jogadores cometem com frequência o erro de fazer call com os seus straight-draws, dando a hipótese a outros jogadores de fazerem check-raise e levar o dinheiro morto que deixaste no pote. Quando isto acontece já não queres saber mais desta mão, a menos que queiras arriscar toda a tua stack num draw com 8 outs. Por outro lado, se o flop mostrasse {5-Diamonds}{q-Spades}{6-Diamonds} terias outs suficientes para disparar um raise. És favorito contra qualquer overpair, e ganhas o pote contra qualquer combinação mista de cartas altas. Mas voltemos à posição relativa. Se tomarmos o exemplo de agora mas contigo sentado em MP+1, estarias na melhor posição relativa, pois todos os jogadores teriam de agir antes de ti e depois da aposta do raiser inicial. Aqui terás muita mais informação para tomares a tua decisão. Isto irá poupar-te muitas fichas que definitivamente irás precisar nas fases mais tardias do torneio.

Mãos Grandes, e agora?

Outro aspecto muito importante é jogar com mãos grandes. O meu conselho aqui: faz o teu jogo nesta fase do torneio e não atires simplesmente fichas para o pote só porque uma boa mão. Vejo com cada vez mais frequência jogadores a fazerem all-in pré-flop no nível 1 de um torneio com {q-Clubs}{q-Diamonds} contra {j-Clubs}{j-Diamonds} ou, ainda pior, {a-Diamonds}{q-Spades} contra {a-Clubs}{j-Spades}. A mim isto parece-me mais jogos de sorte ou azar do que poker. Sim são boas mãos, mas haverá melhores situações em que terás muita mais informação. Se eu tiver {q-Clubs}{q-Diamonds} nesta fase, um jogador faz limp e um outro faz all-in, então é um easy-fold. Mesmo que estejas frente a um jogador loose-agressive com As-Js ou outra coisa qualquer, há sempre a hipótese de um Ás aparecer na board e estarás a deitar fora todo o teu torneio. Claro que terás de ir all-in em coin-flips e outras situações em que és favorito, mas esta não é a fase para o fazer. Apesar de existirem situações em que faço call, serão sempre no final das fases iniciais. E irie basear a minha acção dependendo do tamanho das stacks. Irá custar-me mais de um terço da minha stack? Estou ainda confortável ou prestes a entrar numa zona perigosa? Não sou fã de simplesmente empurrar as minhas fichas pré-flop e aconselho a não o fazerem. Se quiseres continuar a ganhar em MTT's, mantém a calma e espera pela situação correcta. A fase inicial é para jogar poker e não simplesmente para push ou fold.

Joga de Modo Passivo

E com isto quero dizer, faz muitas vezes fold e não defendas a tua blind! Imagina que estás no nível 3 30/60 e estás na BB. Toda a gente faz fold até ao botão e este faz um raise normal de 180. Têm ambos uma stack igual de 4000 fichas. Vês as tuas cartas e tens {a-Hearts}{9-Hearts} na BB. Larga-o! Mesmo que aches que estás contra uma tentativa de roubo aqui. Não consegues ganhar com uma mão marginal fora de posição sem acertar um monstro no flop ou arriscar uma parte ainda maior da tua stack num bluff. Fazer call é também uma má jogada. Nos primeiros níveis não parece importar assim tanto pois estás a arriscar uma pequena parte da tua stack . Mas vamos dizer que defendes a tua blind três vezes para um total de 500 fichas. Umas mãos mais tarde recebes {a-Clubs}{a-Hearts} e consegues apostar todas as tuas fichas antes do flop contra um "peixinho" com {a-Spades}{j-Clubs}. Dobras para 7000, mas indirectamente perdeste 1000 fichas por defenderes as tuas blinds em mãos anteriores. Outra vantagem de fazer fold à tua big blind será que o botão ficará a pensar que é fácil roubar-te e continuará a fazê-lo nas fases tardias quando as blinds já estão mais altas. Tudo o que precisas é ganhar um bom pote com uma mão decente e estás compensado pelas blinds que perdeste no início do torneio. Mesmo que só tenhas más cartas na BB, um bluff funciona muito melhor depois de passares muito tempo a fazer fold. Estás a construir uma imagem. E confia em mim: Mesmo que os jogadores não se lembrem sempre da imagem de cada oponente, qualquer jogador irá lembrar-se dos jogadores na blind quando estão no botão.

Nas fases iniciais de um MTT é melhor jogar mãos premium, deixa as situações funcionarem em tua vantagem usando a posição e optimizando os teus ganhos ao não perder fichas desnecessariamente. Agressividade, re-steals e outros aspectos serão estudados no artigo "Fases Finais de um MTT" . Acompanha a nossa secção de estratégia para mais dicas e conselhos.

Mais notícias

O que pensas?