Ir All in em Draw com Jennifer Harman

Jennifer Harman

Vamos analisar uma mão que eu joguei no Poker After Dark. As blinds eram 600/1,200 e eu tinha apsoximadamente 15,000. Estava a jogar contra Scotty Nguyen, Ken (qualifier online), Daniel Negreanu e Phil Hellmuth.

O Daniel fez limp no botão e o Phil pôs os seus óculos e decidiu fazer limp também. Eu tinha {K-Clubs}{10-Clubs} e não dei muito crédito às mãos destes dois amigos, o Daniel fez limp e o Phil nunca faria limp de uma mão boa neste spot. Pensei em fazer raise e o Scotty disse “punish them,” perdi a concentração e acabei por fazer check. De qualquer forma o raise poderia nem ter sido uma boa opção porque eu estava short..

O flop foi {A-Clubs}{J-Clubs}{6-Hearts} e o Philapostou 2,000. Como estava short achei que o melhor era anunciar all in. Acho que não posso fazer call neste spot com um draw destes. Mesmo que ele tenha trio de ases continuo a ter 30% de equity; Se ele tiver {a-}{q-} é quase um 50/50, se ele tiver um {j-} ou um {6-} sou favorita.

O meu movimento é um semi-bluff, mesmo que receba um call posso muito bem estar à frente e achei que tinha de ir all in. Como estava short tinha aqui um bom spot para dobrar a minha stack, poderia até nem precisar de "correr" caso ele fizesse fold da sua mão.

Phil tinha um par, o seis, e acabou por fazer fold e eu ganhei as fichas sem correr mais riscos.

Abre já conta na Full Tilt Poker através dos links da PokerNews e se usar o código de bónus PTPKRNEWS, terá direito a um bónus de primeiro depósito de 100% até $600.

Ir All in em Draw com Jennifer Harman 101

Mais notícias

O que pensas?