Agora ao vivo
PokerStars Championship Barcelona

Estratégia com a Kristy e Kane Kalas

  • Equipa PokerNewsEquipa PokerNews
Estratégia com a Kristy  e Kane Kalas 0001

Kane "Nascar_1949" Kalas, 22, é um professor de vídeo na escola online Poker Phenom. Nos primeiros dois meses a jogar poker profissionalmente, Kalas passou de jogar $0.50/$1 para $25/$50 no-limit hold'em. Continua a jogar high-stakes cash games online e recentemente mudou-se de Miami, Florida, para a Costa Rica.
Para esta edição de Estratégia com a Kristy, Kalas fala a fundo sobre jogar pequenos pares de mão em cash games 6-max no-limit hold'em, demonstrando por histórico de mãos em $25/$50.

Aqui está um excerto da entrevista:

Vamos falar da primeira mão. Abriste com $128 em under the gun com par de mão de seis. Um adversário chamado, "Flufferd" fez reraise para $400 na big blind. Que pensas acerca de quando podes fazer flat call com uma mão como esta em posição?
Primeiro que tudo, o tamanho do raise de "Flufferd's" foi muito pequeno. Fez de $400, e eu esperava que a maioria das pessoas fizessem $450 ou $400 ou mais. Isto deu-me definitivamente um pouco de incentivo para fazer call. E também, o facto de ele fazer 3-bet nas blinds é relevante nesta situação. Eu provavelmente muito raramente iria fazer o call com par de mão deep com 100 big blinds fora de posição contra um jogador regular.
Não joguei muito com o "Flufferd," mas acho que pensando na sua jogada, ele jogou de forma apropriada. Quando tens 200 a 300 big blinds deep, torna-se muito mais lucrativo quando estás fora de posição. Neste caso, porém, eu estava em posição e a ter uma boa situação para fazer call. Penso que o "Flufferd" tem um range apertado já que eu abri under the gun, contudo, se ele está a usar um HUD [heads-up display], provavelmente sabe que eu abro utg mais vezes que a maioria dos jogadores. Isso pode tornar o 3-bet dele um pouco mais light, mas de qualquer modo, eu acho que ele tem um range muito tight nesta situação.
Estou à procura de fazer set no flop ou uma board onde eu possa continuar. Claro, que há muitas boards em que eu desisto, mas eu tenho um pote tão bom em posição, especialmente para jogar para a stack num bom flop contra um range relativamente tight.

E o flop é {6-Hearts}{7-Diamonds}{9-Diamonds}. Ele faz check. Explica-me porque decidiste que apostar é melhor do que fazer slow-play.
Eu realmente gosto de uma aposta aqui como parte do meu range total. Eu acho que fazer check atrás aqui talvez seja lucrativo no vazio, mas para o meu range, na realidade eu quero apostar aqui mais vezes. Esta é uma board onde o meu adversário vai fazer com um número decente de mãos check-fold.
É muito improvável que ele faça 3-bet com par de mão de seis, setes, noves ou oito-dez fora das blinds. É muito mais provável que eu tenha essas mãos ao defender a 3-bet. O meu range acerta nesta board muito mais vezes que o dele, por isso quando ele faz check aqui, eu quero apostar com os meu par de mão de seis ou com qualquer mão que eu possa ter aqui num bluff.
Nesta situação, ele acabou por fazer check-fold. Imagino que ele tinha qualquer coisa como AK ou AQ com os quais ele apenas tenha seguido a linha check-fold. Eu esperaria que ele fizesse algumas vezes check-call com um overpair. Contudo, eu esperaria que ele fizesse bet no flop. Em termos gerias, eu acho que devia apostar nesta board com os meus sets e com todo o ar.

Segue-nos no Twitter e Facebook para informações actualizadas no minuto.

Mais notícias

O que pensas?