partypoker Caribbean Poker Party

Ricardo Castro Vence a Sexta Etapa da Solverde Poker Season em Espinho

Ricardo Castro
Sharelines
  • Ricardo Castro Vence a Sexta Etapa da Solverde Poker Season em Espinho

Começou na sexta-feira e desenrolou-se durante todo o fim de semana a Etapa #6 da Solverde Poker Season disputada no Casino Espinho. O torneio principal acolheu 138 entradas que se traduziram num prize pool acumulado de €35,633, onde os 14 melhores classificados tiveram direito a prémio.

Depois de acordo no 4-handed, o campeão foi finalmente coroado e Ricardo Castro saiu com o troféu e €6,743 de prémio pelo seu excelente desempenho. A medalha de prata ficou para Cesário Andrade que assegurou €6,829, enquanto Humberto Viegas recebeu €4,246 em terceiro. Ainda no acordo, Rui Dias teve direito a €5,663 na quarta posição.

Resultados da Etapa #6 da Solverde Poker Season:

LugarJogadorPrémio
1Ricardo Castro€6.743*
2Cesário Andrade€6.829*
3Humberto Viegas€4.246*
4Rui Dias€5.663*
5Frederico Cepa€2.494
6Acácio Rocha€2.138
7Daniel Cardoso€1.782
8Diogo Cardoso€1.425
9Daniel Lourenço€1.069
10João Mendes€713
11Vitor Monteiro€713
12Nuno Canossa€606
13Rafael Ugarte€606
14Ricardo Dias€606

*acordo realizado entre os jogadores

Resumo da Ação no Main Event da Etapa #6 da Solverde Poker Season

O primeiro dia de ação viu 76 jogadores ensacarem fichas rumo ao dia 2 de competição. Com o registo tardio aberto até ao final do segundo nível de blinds do dia 2, muitos foram os jogadores que ainda entraram e reentraram neste período. Tiago Pires terminou na liderança em fichas e esse estatuto valeu uma entrada para o Main Event da temporada a realizar em dezembro no valor de €1,100.

O dia 2 trouxe os números finais do torneio, com o balcão a encerrar com 138 entradas, onde apenas 14 receberiam prémios. Os 12 níveis de blinds viram o field ficar reduzido a apenas 22 sobreviventes, com Frederico Cepa a segurar a liderança em fichas com 668,500 fichas.

O derradeiro dia de ação trouxe o que todos os jogadores ansiavam, a entrada nos lugares premiados. A infeliz posição de bolha acabou por ficar a cargo do olhanense João Manana. Depois de verem o flop com {3-Hearts}{3-Spades}{2-Diamonds}, João Manana aposta 12,000 fichas e Humberto Viegas sobe para 51,000. Manana vai all in com {5-Spades}{4-Spades} e Viegas paga com {10-Diamonds}{10-Spades}. O turn {4-Hearts} e {8-Clubs} ditaram a saída de Manana e a entrada nos prémios. O jogador algarvio ainda recebeu uma entrada na próxima etapa em Chaves.

Já com €606 de prémio saíram Ricardo Dias, Rafael Ugarte e Nuno Canossa. No patamar seguinte, receberam €713 de prémio Vitor Monteiro e João Mendes, que foi o bolha da mesa final. Mendes perdeu num cooler de {a-Spades}{a-Diamonds} para {k-Spades}{k-Clubs} de Rui Dias que encontrou um rei na board.

Com a mesa final alinhada, Rui Dias seguia na frente da contagem (1,452,000) e era um dos dois jogadores a ultrapassar a barreira de 1 milhão de fichas. O outro era Ricardo Castro com 1,002,000 fichas.

Daniel Lourenço era o terceiro da contagem, mas foi mesmo o primeiro jogador a encontrar a porta de saída da mesa final. Lourenço recebeu €1,069, depois de colocar a sua stack em risco com {k-Spades}{k-Hearts} e levar call de {a-Clubs}{a-Diamonds} de Rui dias e de {5-Clubs}{5-Spades} de Acácio Rocha. Na board apareceu um {5-Hearts} que ditou a sua eliminação.

Na posição seguinte caiu Diogo Cardoso para receber €1,425 de prémio. Com apenas 6,5 bbs, Cardoso encostou de {j-Clubs}{4-Clubs} e recebeu call e {k-Hearts}{9-Hearts} de Frederico Cepa.

Logo depois foi a vez de Daniel Cardoso também sair na sétima posição para receber €1,782 de prémio.O seu {k-Clubs}{10-Spades} não encontrou ajuda contra o {9-Spades}{9-Hearts} de Cesário Andrade.

Depois de triplicar a sua stack na eliminação de Daniel Lourenço, Acácio Rocha saiu em sexto para faturar €2,138. O seu {k-Clubs}{9-Clubs} não teve sorte contra o {q-Clubs}{q-Diamonds} de Rui Dias.

A quinta posição ficou a cargo de Frederico Cepa que perdeu a sua stack {q-Hearts}{q-Clubs}. Ricardo Castro tinha {j-Hearts}{j-Spades} e na board apareceu {j-Diamonds}{9-Clubs}{5-Spades}{6-Spades}{6-Diamonds} para que Cepa fose eliminado e recebesse €2,494 de prémio.

Depois de irem para intervalo, os jogadores falaram num acordo que acabou mesmo por surgir, deixando-os a lutarem pelo título e pelas duas entradas para a próxima etapa em Chaves:

Rui Dias foi o primeiro a cair após o acordo e recebeu €5,663 pelo quarto posto. O seu {a-Spades}{6-Hearts} estava dominado contra {a-Clubs}{10-Hearts} de Ricardo Castro que tratou da eliminação.

Logo depois foi a vez de Humberto Viegas também sair para receber €4,246 de prémio. Ricardo Castro encontrou uma sequência com {k-Hearts}{10-Diamonds} contra o {a-Clubs}{k-Diamonds} de Viegas.

Estas duas eliminações deram larga vantagem a Ricardo Castro que chegou ao heads-up com 5,300,000 contra as 920,000 de Cesário Andrade.

Apesar da dobra na primeira mão de heads-up, Cesário Andrade não conseguiu virar as coisas a seu favor e acabou mesmo por ser eliminado no segundo posto para €6,829 de prémio e uma entrada na próxima etapa. A última mão aconteceu assim:

Cesário foi all-in de {6-Hearts}{4-Hearts} e recebeu call de Ricardo Castro com {k-Clubs}{j-Clubs}.

Na board correu [khqd2cjd...] e estava tudo decidido.

Ricardo Castro sagrou-se campeão desta sexta etapa da Solverde Poker Season, recebeu €6,743 de prémio, o troféu e uma entrada na próxima etapa.

Parabéns Ricardo Castro!

Foto e Dados: PokerPT.com


Já tens conta na PokerStars? Não!? Abre já, deposita €10 usando o código “PORTUGAL20” e recebe €30!

Recebe todas as notícias da PokerNews através das redes sociais. Segue-nos no Twitter, no Facebook e no Instagram!

O que pensas?

Mais notícias

Outras Histórias