Agora ao vivo Unibet Open Bucharest

November Nine - caminho das World Series of Poker: Anton Makiievskyi

Anton Makiievskyi

Se tens assistido aos episódios do Main Event das World Series of Poker 2011 na ESPN,já tiveste oportunidade de ver Anton Makiievskyi, o jovem de 21 anos de Dnipropetrousk, Ucrânia, em acção. Este aspirante a profissional chamou a atenção nos dias 7 e 8 e chegou aos November Nine com a segunda stack mais pequena com 13.825.000.

Este verão marcou a a primeira viagem de Makiievskyi às World Series of Poker e tornou-se o primeiro ucraniano a chegar à mesa final das WSOP. E isto não é querer dizer que os ucranianos não têm sucesso nas WSOP, pelo contrário, quatro ucranianos ganharam quatro braceletes este verão e Makiievskyi com a possibilidade de ganhar a quinta.

Desde que chegou aos November Nines, Makiievskyi esteve ocupado a viajar e jogar alguns torneios, mas àparte o 19º lugar no evento #4 €3.200 NLHE Shootout nas WSOPE e €6.913 ganhos, Makiievskyi esteve mais focado em descansar e relaxar para se preparar para a mesa final da sua vida.

A PokerNews sentou-se recentemente com Makiievskyi para saber o que andou a fazer desde Julho, incluindo os seus planos e preparações para Novembro.

No caminho para as WSOP, houve alguma mão que recordes e que seja um ponto de viragem no torneio

Por acaso, há duas mãos. Uma, uma mão com Rei Valete que foi mostrada na televisão. Para mim, a mão mais impressionante foi quando apanhei a Dama no River. Estava all in pré-flop com damas frente a {A-}{Q-}. A mão apareceu na televisão. Houve um Às no flop e consegui o meu único out no river. Foi mesmo muito bom. Nem consigo descrever o que senti quando saiu aquilo. Eu estava all in por isso teria sido eliminado nessa mão.

Por falar na ESPN, estiveste em destaque recentemente. Estás contente com a forma com que te transmitiram ou com a forma como o evento foi editado?

Sim, foi muito bom. EU gostei do que os comentadores disseram sobre mim, gosto das mãos que mostraram. Estou curioso acerca da tramissão do dia 8, mas até ao dia 7 está tudo bem.

Que fizeste desde que chegaste à mesa final? Tens viajado? Jogaste algum outro torneio?

Viajei um pouco, joguei o EPT, WPT, Partouche Poker Tour, WSOPE. Consegui apenas um prémio mas o objectivo principal era viajar, não jogar. Não quero jogar muito agora. Viajei um pouco e estou mesmo contente por tê-lo feito.

Quando chegaste à mesa final qual foi a reacção da tua família na Ucrânia?

Impressionante. Foi mesmo muito bom ouvir todos os parabéns e coisas do género. Foi bom, não consigo descrever.

Quem vais levar a Las Vegas em Novembro para puxar por ti?

Os meus amigos que têm acção, a minha família, irmã e mãe. Serão entre 7e e 10 pessoas. E há algumas pessoas que não conheço assim tão bem que dizem que vão lá para me apoiar. E é só.

Que percentagem do teu torneio tens?

[Risos]Tenho um quarto.

Já garantiste o prémio do nono lugar, já fizeste algumas compras grandes até agora?

Acho que não é uma boa decisão fazer grandes compras agora antes de Novembro porque a minha banca pode mudar tanto que não tenho bem a certeza que comparas posso fazer. Agora posso comprar um carro barato, mas se acabar no primeiro ou segundo lugar posso comprar um caro. Acho melhor decidir depois de Novembro.

Diz-me o que achas da mesa final.Para al+em de ti, que achas que tem as melhores hipóteses de ganhar o título?

Não tenho a certeza. Eoghan O’Dea, Phil Collins, Pius Heinz e Ben Lamb. Acho que Pius e Ben têm as melhores hipóteses e é provável que ganhem.

Que estás a fazer para te preparar para a mesa final?

Tenho andado a estudar um pouco, a ver vídeos deles. Não fiz nada para me preparar tecnicamente, mas observo e tento tirar alguns notas. É difícil fazer grandes apontamentos. Acho que vou conseguir ter muito mais informação na própria mesa final por causa das mãos estarem a ser mostradas online, através do live streaming.

Quando vais para Vegas?Vais um pouco mais cedo?

Vou para Vegas a 2 de Dezembro.

O que é mais importante, dinheiro ou bracelete?

São duas coisas diferentes, mas acho que o dinheiro é mais importante. Ficaria com o terceiro lugar de certeza se alguém mo propusesse agora.

Se chagares a heads-up, quem gostarias de defrontar?

Gostava de ver Badih Bounahra contra mim no heads-up, mas acho que seria mesmo épico se lá chegasse contra Ben Lamb. Seria muito mais interessante.

Achas que Badih seria mais fácil de vencer e Lamb mais difícil?

Sim, provavelmente.

Depois de chegares à mesa final, foste sair e divertir-te? Quanto tempo demoraste a assimilar?

Sim, celebrámos um pouco, bebemos e fomos a um club de strip. Estava muito cansado, só queria dormir durante três dias. Viajei até Lake Mead e fui a alguns espectáculos em Vegas, porque queria conhecer um pouco.

Para saber mais sobre Anton Makiievskyi vê o vídeo com a entrevista logo após ter chegado à Mesa Final.

Segue-nos no Twitter e Facebook para informações actualizadas no minuto.

Mais notícias

Torneios relacionados

jogadores relacionados

O que pensas?