Zona MVP - Paulo Kinas Nunes

Paulo "Kinas" Nunes

A Zona MVP chegou à PokerNews. Mas o que é a Zona MVP? A Zona MVP é um espaço que eu tinha no meu blog, onde entrevistava jogadores de poker. Este espaço mudou-se de armas e bagagens para a PokerNews e teremos aqui, de forma mais ou menos periódica, entrevistas a jogadores portugueses e quem sabe se no futuro não teremos também jogadores estrangeiros.

Espero que gostem, leiam agora a entrevista com o jogador da ParadisePoker e vencedor do Main Event da PokerStars Solverde Poker Season, Paulo "Kinas" Nunes.

Quem é o Paulo Nunes?
Tenho 35 anos, vivo em Aveiro, sou casado e pai do João Francisco e do Guilherme. Sou professor de Educação Física, actualmente trabalho no Ensino Especial.

Zona MVP - Paulo Kinas Nunes 101

Como conheceste o poker?
O Texas Holdem apareceu por intermédio dum amigo.

Trataste o "poker" por texas holdem, fazes isso para que não se façam associações menos positivas com outro tipo de jogos que partilham o nome?
Sim. Com os recentes acontecimentos penso que é importante vincar que o Texas Holdem é diferente de outro tipo de jogos que existem aos quais também chamam Poker, mas que nada têm a ver com o que praticamos.

Foi amor à primeira vista ou tiveste que jogar uma segunda vez?
Tive que jogar vezes sem conta porque foi amor à primeira vista!

Quão importante para a tua evolução no jogo foi a amizade que te liga ao João "Jomané" Nunes?
O João foi importante na parte inicial, pois foi ele que me explicou os conceitos básicos do jogo. Depois ele partiu para a exploração do poker do ponto de vista empresarial e eu continuei a minha evolução no jogo de forma individual.

Zona MVP - Paulo Kinas Nunes 102

Já jogas on-line há alguns anos, já participaste nas WSOP (e com sucesso), já jogaste pelo menos um EPT, e és presença assídua na Solverde Season, preferes jogar on-line ou ao vivo?
Sem dúvida que me dá muito mais prazer jogar ao vivo. Gosto de jogar online, sobretudo pela comodidade de se poder jogar a qualquer hora, qualquer jogo e tudo no conforto da nossa casa. Mas jogar ao vivo é especial…

Já pensaste alguma vez deixar de dar aulas para te dedicares em exclusivo ao poker?
Confesso que já me passou pela cabeça, sem dúvida. No entanto, até hoje, tenho conseguido conciliar bem a minha profissão com a prática do poker e assim espero que continue.

Diz-me como foi ganhar o Main Event da PokerStars Solverde Season.
Ganhar é sempre bom, é para isso que lá vamos… Mas este foi especial, era o melhor field até hoje num torneio em Portugal, o maior buy in, o maior prizepool… E eu ganhei!!! Para além disso, foi a minha segunda vitória num solverde, algo que me deixou orgulhoso.

Zona MVP - Paulo Kinas Nunes 103

O que pensas sobre a reportagem da sic a febre do poker
Foi muito má para a imagem que queremos transmitir para a opinião pública. Estava a ver a reportagem com a minha esposa e cinco minutos depois de começar eu disse-lhe: “Espero que os teus pais não estejam a ver esta reportagem, caso contrário vão pensar que vou desgraçar a vida da filha e dos netos…”. Partilho isto, porque tal como quase todos nós, tivemos que eliminar tabus perante alguns familiares e amigos e a reportagem vem colocar em causa esse trabalho. Espero que futuros trabalhos possam transmitir uma imagem mais positiva do poker, porque este definitivamente não deu.

Achas que a presença de figuras públicas nacionais nos torneios (Marco Hélio, santamaria, Ricardo Sousa, manos Guedes) são boas para que a opinião publica aceite o poker como um desporto?
É positivo. Mas não é isso que do meu ponto de vista vai ilibar o poker dos preconceitos concebidos pela sociedade. Será necessário muito mais do que isso. A nossa sociedade é muito conservadora e vai levar ainda algum tempo para que o poker consiga afastar-se da negatividade a que as pessoas o associam na generalidade. Cabe a nós lutar contra isso e elevar o poker ao patamar que ele merece.

Como vês o poker, no geral, daqui a 10 anos?
Neste momento o poker está “in the zone”, toda a gente joga poker e acredito que este se vai enraizar na sociedade como um jogo de cariz social. Relativamente ao poker online, penso que daqui a dez anos, depois desta euforia passar, irá haver um decréscimo do número de pessoas a jogar, mas acredito que continuará ser muito popular e com muita gente a jogar.

Que planos tens para um futuro mais ou menos próximo poker wise?
Continuar a jogar a maioria dos eventos a nível nacional, marcar presença em Las Vegas e jogar 1/2 EPT’s até ao final do ano.

Zona MVP - Paulo Kinas Nunes 104

Por fim podes deixar aqui um conselho a quem está agora a começar nestas lides.
Acho que devem estudar bem o jogo e trabalhar na sua evolução. Serem rigorosos na gestão da sua banca e não quererem subir patamares de forma precipitada sem criar bases sólidas para o fazer.

Obrigado pela tempo dispensado e boa sorte para o futuro.

Mais notícias

O que pensas?