Agora ao vivo Unibet Open Bucharest

Por detrás das Mesas – Poker, a Solução Para o Problema das Apostas?

Por detrás das Mesas – Poker, a Solução Para o Problema das Apostas? 0001

Esta semana entrevistei um finalista das WSOP e que tipo porreiro que ele era. Ele disse-me que antes de jogar poker, apostava muito e para além do que podia. E depois veio o poker, o que lhe apresentou uma maneira mais barata de apostar e que começou a apresentar lucro.

Isto espelha a minha própria experiência (tirando os $1,25 milhões ganhos no WSOP). Eu costumava apostar muito (mas para dizer a verdade sempre dentro das minhas possibilidades financeiras) – eu apostava em futebol, pugilismo, programas de TV e ia muito para o casino com amigos. Até me convenci que era bom em blackjack porque é um jogo contra a casa e o meu saldo é positivo. Visto tudo junto, eu era um apostador perdedor, tirando as apostas em pugilismo onde ainda sou bom porque sou um adepto entusiasta do desporto.

Depois veio o poker. Claro que era apostar à louca enquanto que aprendia da pior maneira que Q-5 não é o monstro de mão que pensava ser, mas depois de jogar uns tempos e ler alguns livros, comecei a ganhar, e muitos anos depois é a minha carreira. Como Jon Kalmar eu raramente aposto em qualquer outra coisa, ainda aposto em pugilismo, raramente aposto em futebol e nunca jogo num casino contra a casa.

Seria fácil dizer que simplesmente pus o meu vício de apostar noutro jogo, mas não acho que seja o caso. Fiquei bom no poker e isso fez com que a minha vontade de apostar se tornasse em vontade de ganhar. Com as apostas a pica vem no momento de antecipação, quando a roda está a girar, o resultado é quase inconsequente, mas com o poker, a pica está em vencer.

Eu estava raramente acostumado a vencer enquanto apostador (apesar disso tornar uma grande vitória em algo especial) mas no poker estou acostumado (o que significa que derrotas doem mais). Agora já não quero fazer apostas porque vejo isso como um desperdício de dinheiro, dinheiro que podia ser usado melhor para jogar poker.

E não sou único nesta matéria; Conheço muitas pessoas que já não apostam porque jogam poker. Existem jogadores que são o oposto total e são encontrados frequentemente em mesas de roleta durante os intervalos de torneios.

Se olhares para a situação "do amanhecer à madrugada" acho que explica o que estou a dizer. Os jogadores querem outras opções fora do casino para jogar poker, eles querem jogos a decorrer com boas estruturas de blinds, e onde os directores de sala não estão a tentar levá-los para as mesas de blackjack.

As únicas pessoas a tentar parar a abertura de clubes de poker são as pessoas do casino, que querem manter os jogadores de poker por perto dos jogos da casa. Poker embora seja uma maneira de apostar, é radicalmente diferente de apostas em desporto e jogos da casa, é mais parecido com xadrez do que com blackjack.

Por isso vamos começar uma cultura de tirar o poker do casino, não totalmente claro, para podermos mostrar à maioria não informada que em vez de um problema, é uma solução para o vício de apostar.

Nota Ed: Vai aprender a jogar na BET365 e reclama o teu bónus de $500.

Mais notícias

O que pensas?