Agora ao vivo Unibet Open Bucharest

WPT Championship - Resumo Dia 2

WPT Championship - Resumo Dia 2 0001

O segundo dia de um grande torneio de vários dias é um dos mais difíceis para qualquer jogador, especialmente no WPT Championship, com quase $4 milhões de prémio em risco para o vencedor. Com a final table ainda daqui a quatro dias e o bubble ainda longe, o principal objectivo para qualquer participante no Bellagio é sobreviver mais cinco níveis e avançar para o Dia 3 jogando Poker sem falhas e evitando perder muitas fichas com uma mão forte, quando alguém tem uma melhor.

O Dia 2 começou com 479 jogadores ocupando tanto o Fontana Room como a sala de Poker. Pelo fim da noite, metade continuava em prova. Alguns dos grandes nomes do Poker fizeram parte das casualidades e alguns profissionais menos conhecidos e amadores procuravam um pouco de fama com os seus stacks a chegarem a proporções épicas. No fim do Dia 2, o antigo campeão do WPT, Roland De Wolfe emergiu como chipleader ao ultrapassar Phil Hellmuth no fim do dia.

A acção começou rapidamente e não parou durante os primeiros dois níveis de blinds e muitos prós foram eliminados. Robert Williamson foi o primeiro, sendo seguido pelo campeão em título, Joe Bartoli. Saídas precoces incluem, Mike Matusow, Josh Arieh, Thor Hansen, Joe Beevers, Barry Greenstein, Maureen Feduniak, Ted Lawson, David Williams, Daniel Negreanu, Marcel Luske, Gavin Smith, Mimi Tran, Victor Ramdin, John D'Agostino, Harry Demetriou, Todd Brunson, Dan Heimiller, e JJ Liu.

Outros profissionais que irão falhar a passagem ao Dia 3 incluem Joe Hachem. Johnny Lodden, Vanessa Rousso, J.C. Alvarado, Huckleberry Seed, Scotty Nguyen, Jim Worth, Alan "BoDogAri" Engel, Jeff Shulman, Johnny Chan, Kathy Liebert, Erick Lindgren, Bruno Fitoussi, Dan Alspach, Allen Cunningham, John Phan, Doyle Brunson, Dewey Tomko, Dave "Devilfish" Ulliott, Young Pham, Gus Hansen, Haralabos Voulgaris, Mike Gracz, Bill Chen, David Plastik, Padraig Parkinson, Juha Helppi, Mark Newhouse, Stuart Patterson, David Sklansky, Jason Lester, Chau Giang, e Mark Seif.

O stack de Paul Wasicka cresceu depois de ter eliminado Mohamad Kowssarie porque Kowssarie jogou o seu A-J de uma maneira muito forte. Wasicka ficou com dois pares no flop com 6-2 num board de J-6-2. A certo ponto até foi chipleader com 250K.

"Gostei muito da minha mesa e estava a jogar muito, muito loose" comentou Wasicka.

Sammy Farha aguentou a liderança em fichas por pouco tempo depois de ter ficado com dois pares no flop com J-7 contra dois outros jogadores que lhe "pagaram".

Patrik Antonius começou bem depois de ter estado atrás e ter conseguido bater Reis com o seu Big Slick (A-K). A certo ponto, Antonius foi mudado para a mesa mais difícil da sala, que incluía Martin de Knijff, Bill Gazes, Amnon Filippi, Tex Barch, Miami John Cernuto, Dewey Tomko, e Mark Gregorich.

"As primeiras horas todos estavam a jogar tight, depois ficaram mais loose!", explicou Antonius. "Estou a tentar ganhar potes e tomar decisões inteligentes."

Antonius avançaria para o Dia 3 como um dos chipleaders.

Anna "The Poker Fairy" Wroblewski tinha tido um mágico Dia 1A e começou o Dia 2 como a chipleader geral com 211,325. Começou forte e continuo a adicionar fichas o dia todo. Ela ficou com um trio com 8-8 e bateu Ases e passou a marca dos 200K. Passou a marca dos 300K e chegou a ter 460K antes de escorregar um pouco. Acabou o dia com um pouco menos de 400K mas ainda continua no grupo da frente.

"Ainda tenho um número decente de fichas", disse Anna. "Estive numa mesa mais difícil. Estava a esforçar-me demais. Estou contente por jogar com os grandes nomes. São as pessoas que vejo na TV."

Phil Hellmuth teve um Dia 1 medíocre e passou para o Dia 2. Ele estava mais calado do que no Dia 1 e focou-se em aumentar o seu stack. Recebeu algumas cartas boas ao ficar com um trio de Damas contra David Rheem.

"O Dia 1 não me correu muito bem e perdi muitos potes", comentou Hellmuth. "Hoje foi um dia mais suave e nunca ganhei grandes potes. Hoje foi só proteger as minhas fichas. Estava a jogar potes pequenos. É Poker à Phil Hellmuth."

Roland de Wolfe conseguiu a maioria das suas fichas no maior pote do torneio contra JC Alvarado. De Wolfe foi all-in com {k-Clubs}{q-Clubs} num flop que tinha {k-Diamonds}{q-Diamonds}{2-Clubs} e Alvarado fez call com o par mais baixo e um flush bebé, {5-Diamonds}{2-Diamonds}. A mão de De Wolfe aguentou e ele juntou as fichas de Alvarado. Esse pote fez com que passasse a marca dos 500K. Acabou o Dia 2 como chipleader.

De Wolfe ficaria com uma pequena vantagem sobre Phil Hellmuth e Anna Wroblewski não aguentou a liderança. Ela ainda tem muitas fichas enquanto chegamos a meio do WPT Championship.

Será que Anna Wroblewski continuará a sua caminhada impressionante? Ou será que Phil Hellmuth irá irritar-se e perder as suas fichas? Siga a PokerNews para descobrir com os nossos live updates. Não se esqueça de ver a nossa extensa secção com galeria de fotos, secção de Feature Hand, vídeos e entrevistas incríveis. Aqui: https://www.pokernews.com/live-reporting/

Nota Ed: Freerolls Especiais PokerNews

Mais notícias

O que pensas?