Agora ao vivo Unibet Open Bucharest

Maridu – O Filme Do Seu Poker – Parte II

Maridu – O Filme Do Seu Poker – Parte II 0001

Maria Eduarda Mayrinck (Maridu) do Rio de Janeiro foi a primeira entrevistada de Mariel Macedo, novo correspondente da pt.pokernews.com no Brasil.

Eis a 2ª parte da entrevista realizada através do MSN (sim no MSN, porque embora Maridu deteste o MSN, o nosso entrevistador não tinha o Skype) num estilo informal:

Ouvimos falar que está realizando um filme sobre poker. Fale-nos um pouco sobre esse projecto.

Então, a ideia do filme surgiu no auge da minha depressão por causa do poker (que foi séria mesmo na minha época insana de sit&go - tomei remédios, etc.) e como sou cineasta pensei "pq não um filme desses caras?". No mesmo dia liguei pro CK e pro Raul pra apresentar a ideia pra eles. Me lembro que cheguei na casa do CK e eram umas 4 da tarde e ele estava acordando, de pijama, todo amassado ainda, e o Raul rindo e falando "Vai ser assim, vc aguenta?" e eu "Ah, sou igualzinha!", então eles toparam fazer uma "DEMO" pra eu ver se eles "colavam" na camera, pq não é de todos que a camera gosta não. mas foi imediato, a camera se apaixonou por eles, e eu tb - CK mega estrela, Raul, mega showtime, deu super certo, no dia segunite já filmei uma session insana deles de sports betting, editei, mandei um DVD pra cada um, e eles viram que eu ia cuidar bem do material e da imagem deles.

Quando todo mundo topou o projecto, teve uma etapa do circuito carioca aqui no Rio, e lá eu conheci o Akkari, o Leo Bello e o Leandro, e imediatamente eu sabia que tinha um filme. Aí tive a BOA FORTUNA de conhecer o pueblo de SP, Akkari (que é meu queridinho!) o Federal (que quando me conheceu me puxou prum canto e falou "Olha, quero saber quais as suas intenções com esse filme e com o poker, pq levo isso muito a sério!" – gostei dele de cara!), Fabião (que na primeira entrevista já me deu explicações mirabolantes do software, do facão, dos anões, surreal!), Omar (que saiu roubando a cena do coitado do Mifune, que tentava – em vão – contar da experiência dele no WSOP) o Cunha (e seus chip tricks a-la-rainman!), os irmãos Marques (campeões de xadrez, gamão, purrinha, jo-ken-po e qualquer outro golpe da face da terra) e enfim, gamei em todos eles pq era um pueblo jovem, saudável, bacana, situados, e todos jogando um lindo poker, cada um no seu estilo, e pessoas que julguei bons representantes pro jogo. Discrentada da pesada!

Aí pronto, virou um documentário sobre todos e passei a maior parte de 2006 filmando eles, o que foi ideal pra me tirar da deprê e largar aquela loucura de 60 sit&gos por dia (isso não é vida!), fiz amigos incríveis, fomos todos pra Vegas, o que foi inesquecível e agora estou terminando de editar 58 horas de material EXCELENTE pros meus fiéis discrentes!

Maridu – O Filme Do Seu Poker – Parte II 101

Então é um documentário sobre o poker nacional

Na verdade, não é tanto sobre o poker como as pessoas por trás do poker. É muito mais interessante saber a história pessoal de cada um do que saber como jogam AQ off do middle position sabe? Acho que é por isso até que meu blog faz sucesso, pq eu sou muito pessoal com todos, falo mesmo o que me irrita, o que me agrada, como estou, se estou ganhando, perdendo, não penduro em como se jogar AJsuited do cutoff, sabe? Deixo isso pra quem sabe, eu não sei! Kkkk!

Mas o filme é uma homenagem a memória do meu Pai por isso estou fazendo com MUITO cuidado, carinho e esmero… mais ou menos, sim é sobre o poker nacional, mas é mais sobre essas pessoas incríveis que eu mencionei...

Poxa que bacana !! E tem uma previsão para o lançamento?

Lançamento é o seguinte... ich, agora vai ficar maior ainda, não sei como vc vai editar isso, talvez tenha que ser em 2 partes pq eu estou com uma novidade fantástica!

Opa que honra! Manda bala!

É o seguinte: o filme está quase todo montado, e entrei em processo de finalização mas simplesmente empaquei em MIL burocracias de licenciamentos, distribuição (todos querendo meter a mão, e que fique claro que eu e minha sócia - A Júlia, minha melhor amiga, mala sem alça! - pagamos por TUDO do nosso bolso pelo amor ao jogo e por acreditar no projecto e nos nossos "personagens") e simplesmente parou de andar enfim, como eu trabalho com essa midia (tv cinema etc) vi uma nova tendência fortíssima desde que a google comprou o youtube em "INTERNET TV", virou um fenómeno.

Maridu – O Filme Do Seu Poker – Parte II 102

Sim, hoje o You Tube eh muito acessado, na minha opinião o melhor canal de TV!?

Sim, as coisas mais bacanas e criativas estão lá com certeza, tudo super low budget e feito de forma impecável. Toda a indústria de cinema está sendo repensada por causa dos "home" vídeos do youtube, pq o box Office "hollywoodiano" (que eu adoro!) está apanhando, pq ninguém aguenta ficar vendo Cameron Diaz e Angelina Jollie o dia todo, isso deprime uma mulher que não é LINDA feito elas, e irrita o homem que não tem uma mulher daquelas! Ninguém se identifica, hollywood ficou muito distante da realidade de 99.99% da humanidade então, com os problemas que eu estava tendo de lançamento, licenciamento, etc, estou formando uma parceria muito forte com um site muito famoso de poker (que ainda não posso falar) pra lançarmos o filme "online", em capítulos, entendeu? Putz, foi mal a explicação meio vaga, mas é que ainda estamos passando o ferro nos detalhes finais e isso é o máximo que posso falar por enquanto, mas tá saindo, prometo! ;-)

Sim, uma maneira bem interessante, seria como um seriado!!?

Mais ou menos isso, mas um não vai depender do outro. A minha intenção é proporcionar um excelente filme num site de altíssima qualidade pra comunidade do poker, que está carente de material nacional, de forma que agregue a todos de forma incentivadora e tente suprir um pouco dessa carência da falta de material nacional, sabe? Se eu ainda não lancei, é porque garanto que é bem mais difícil que as pessoas podem imaginar de filmar e editar um documentário onde eu trato de um bando de jogador que não tem o menor hábito de camera, está ali pelo bem do jogo, sabe?

Nem sempre tudo flui 100%...

As vezes, e isso é pior que qquer bad beat, eu gravo 10 horas de material, e não consigo usar nem 4 minutos pro filme – fico pra morrer!

Todo mundo pode assistir como o Akkari joga 44 no button (ele é ótimo de 4, kkk!) ou como o Federal faz stop and go do SB, ou como o CK pedala do UTG com J9, mas isso não te diz como cada um joga nos dias que acorda de mau humor mas mesmo assim tem que "grind it out" nas mesas, quando o pai briga, a namorada reclama, como comemora uma vitória, sabe? Não tem como a pessoa saber o que realmente importa por trás daquele jogador, que é o que influi ele em todas as decisões na mesa – e isso é que é o interessante, vc não acha? Ah, eu acho. Já aviso que com o filme ninguém vai aprender a jogar AT suited de MP, mas vai saber exatamente como se dá um cano na namorada pq vai rolar o sunday million! LOL!

Falando no seu blog, como surgiu a ideia de faze-lo? E hoje eh um dos mais vistos no Brasil, com uma leitura bem agradável e um leve toque de humor…

Meu blog é tipo a coca-cola, o erro que deu certo! Kkkk! Mas falando sério, começou porque, como todos sabem, eu falo bagaraio, e vai, escrevo bem, o que é um mínimo, pois é a minha profissão e sou PAGA para escrever bem... então quando comecei o filme, precisava dividir a minha alegria com alguém, e comecei o blog:

http://needanace.blogspot.com/

Uma vez, sem querer, comentei com o Raul que estava escrevendo um blog sobre o filme, mais pra mim e meus amigos, mas foi aí que senti pela primeira vez a força do poker no Brasil, sem comentar na força GIGANTE do Clube do Poker, pq ele postou no blog dele de forma super informal, e meu blog, que tinha umas 33 visitas até então, acordou no dia seguinte com 930 clicks! FIQUEI DE CARA!!!

Depois daquele dia minhas visitas foram crescendo de forma insana, e eu faço questão de atualizar umas 4 vezes por semana no mínimo, pq vou ser sincera (vai, sem ser metida, mas quem quiser me achar metida, pode tb, pq até sou um pouco) mas se eu fosse um jogador que não tem contato com esses caras, eu ia adorar saber mais que só os resultados, eu ia querer saber do que eles aprontam, das piadas, das histórias engraçadas, e eu acho que eu faço um bom trabalho com isso, sem sair da linha e sem perder o tato, e acho que eu ofereço uma informação que todos gostam de saber, mas ninguém tem o saco de fazer, e eu faço com MUITO prazer, sabe? Eu convido e incentivo a participação dos leitores, e inclusive fico tristíssima se um post não dá muitos comentários dos leitores! LoL! Hoje em dia tenho uma média de 1400 clicks por dia! OLHA QUE LOUCURA!

Como o pueblo atura as baboseiras que eu falo eu não sei, mas prometo que no site novo não vou falar (tanta) abobrinha, pelo menos vou tentar ser um pouco mais séria (não acho que consigo...).

E vc me perguntou das metas: quero jogar pelo menos 2 eventos internacionais esse ano. Não sei se vou poder ir pro WSOP pq a minha melhor amiga, a Julia, casa dia 7 de Julho (isso é dia de marcar casamento?) então... quanto ao jogo: acho que já temos muitos talentos (que já citei varias vezes aqui) despontando e prontos pra atacarem o circuito internacional que não precisam da minha ajuda! E agora meu tilt está bem melhor, pois estou fazendo homeopatia pra isso – juro que tá funcionando.

Para terminar, conte-nos uma das suas histórias passadas no poker…

Quando eu tava em Vegas esse ano, eu tava meio que sozinha nas minhas aventuras pelo cash game, pq eu não podia ficar entrando em torneio pq eu tinha que filmar os discrentes, então quando dava tempo, eu corria até o Venetian e sentava lá no cash, e levantava a qualquer hora.

Mas numa sexta feira o um amigo meu jogador, o Michel Helal, que tava vindo de NY só pra passar o final de semana chegou em Vegas 1 e pouco da manhã. Bom, ele chegou se coçando por um game. Eu tava no restaurante do hotel, já indo dormir, mas ele chegou…

"Não, vamo pro game, por favor" e eu fiquei com peninha e falei "Ah, tá bom, vamo"….

Entramos num taxi lá pras 2 da manhã e fomos pro Venetian. Sentamos na 5-10, e fizemos uma session neurótica até as 9am (saimos muito pra frente).

Não satisfeitos, fomos direto pro Rio's (onde tava rolando o WSOP) pra ver o Federal, e lá chegando sentamos no cash do Rio's. Levantamos pra frente. Não satisfeitos, corremos pro Bellagio, demos uns tiros na roleta, sentamos no cash, a esse altura já não lembro se levantamos pra frente ou não, saimos de lá fomos pro Venetian, viramos a noite no cash, só sei que quando o Michel foi embora no domingo a noite, a gente não tinha dormido nem comido direito,

e eu já não sabia qual era o meu nome!

Foi bem trash. Ah, no domingo ainda levei minha pior bad beat de Vegas, no Bellagio, mas juro, eu tava tão cansada que nem tiltei, na verdade, nem reparei que tinha perdido a mão e questionei o dealer e a mesa toda me olhando como se eu tivesse louca. Olha isso: eu de AA num board A55 perdi pruma quadra de 7777.

De onde veio tanto 7? kkkk! Foi bem surreal...

até a próxima bad beat! ;-)

Nota Ed: Maridu é uma jogadore assídua na PARTY POKER e na POKER STARS

Mais notícias

O que pensas?