Agora ao vivo Unibet Open Bucharest

"Dr Pauly" nos Aussie Millions – Dia 2 do Torneio Principal

"Dr Pauly" nos Aussie Millions – Dia 2 do Torneio Principal 0001

Os jogadores dos dois Dias 1 juntaram-se para o Dia 2 no dramático Aussie Millions. Vários jogadores tiveram um dia de altos e baixos, ao ver o seu número de fichas mudar rapidamente. Mesmo antes de acabar o dia, rebentou o "bubble" (termo usado para descrever o jogador que fica na primeira posição que não recebe dinheiro) e restaram os 80 jogadores que garantiam prémio. Depois houve um apagão, que cortou a corrente eléctrica da sala de poker e do casino.

O apagão não afectou o torneio já que este estava num intervalo entre a subida de nível das blinds. Melbourne estava a passar por um dos dias mais quentes do ano (104ºF/40ºC) e por isso o casino sofreu aquele apagão. No entanto, isso não deteve que os jogadores e staff do casino, não continuassem com o Aussie Millions. Afinal de contas, estava $1,5 Milhões em jogo.

De um total de 747 entradas, 299 jogadores começaram o Dia 2 e apenas 80 continuaram no Dia 3. Haralabos Voulgaris acabou o dia como chipleader com mais de $634K. Patrik Antonius perdeu a liderança e esteve quase a ser eliminado, e recuperou de 6 mil fichas para 236 mil em poucas horas. Ainda restaram muitos dos profissionais, como Joe Hachem, Shane "Shaniac" Schleger, Gus Hansen, Andy Black, Kristy Gazes, David "The Dragon" Pham, Lee Nelson, Marek Kolk, Paul Wasicka, Ross Boatman, e Kirill Gerasimov.

Uma das grandes histórias do dia era o prodígio da Internet, Jimmy "Gobboboy" Fricke. O rapaz de 19 anos de Illinois, qualificou-se on-line pela Pokerstars, e acabou o dia no Top 3 em fichas.

Vários jogadores conhecidos ficaram-se pelo Dia 2, Carl Olson, Brandon Schaefer, Peter "Nordberg" Feldman, Joe Cassidy, Jesus Ferguson, Erick Lindgren, JJ Lui, Ed "Bolivia" Moncada, Amanda Baker, John D'Agostino, Billy the Croc, e Michaela Johansen.

Após o jantar, a acção ficou lenta como um caracol, porque estava próximo o momento do bubble. Depois de dois dias completos, os jogadores tomaram precauções extra para não fazer nenhum erro crucial, que pudesse por as suas fichas e o torneio em risco. Qualquer erro poderia fazer com que perdessem a hipótese de ganhar dinheiro. E para não fazer nenhum erro de 15 mil fichas, os jogadores com stacks médios e baixos começaram a ficar mais tight.

Vários profissionais como Joe Hachem e Gus Hansen aumentaram os seus stacks, nesta altura, ao ganhar pots a amadores e jogadores que se qualificaram on-line, porque estes tinham medo de perder estando tão perto do dinheiro. Para quem fez um investimento mínimo e qualificou-se on-line, ganhar $15,000, já é um bom prémio. Quem já perdeu perto do bubble num grande torneio, pode dizer-lhe o quanto custa. Os momentos após essa derrota, ao sair da sala de poker. Custa imenso.

Na sala só ouvíamos falar sobre a recuperação de Antonius. Lee Nelson ganhou grande parte das fichas de Antonius, quando o campeão em título derrotou o novato da Finlândia. No maior pot do torneio, Lee Nelson dobrou as fichas. No flop tinha 8s-5s-4c, Nelson apostou 15K e Antonius fez raise para 45K. Nelson rapidamente fez all-in com 10c-9c, a espera do flush.

Juntou-se uma multidão á volta da mesa porque Nelson estava em risco de sair do torneio. Apesar de Antonius estar na frente, ele tinha um ar de preocupado. O turn foi um 4 de espadas e deu ao Nelson o flush e ele grita "YES!", mas ainda havia a hipótese de full-house, mas ficou aliviado por ver um 2 no river. Nelson ganhou um pot monstruoso que valeu mais de 270K. Antonius ficou com menos de 200K e ficou com a cabeça quente e teve que se levantar e ir dar uma volta. Ele perdeu algumas mãos enquanto se acalmava. Aquela mão pôs Antonius em tilt e ele perdeu algumas fichas ao tentar fazer bluff.

Eventualmente Antonius ficou com apenas 3K em fichas. Mas em duas vezes ele quadruplicou as fichas, depois dobrou duas vezes (uma pelo Nelson). Antonius eliminou Barny Boatman e rapidamente estava com mais de 100K. Até ao final ainda chegou a ter 270K numa recuperação fantástica.

Joe Hachem rapidamente aumentou o seu stack. No início dobrou as fichas e depois ainda ganhou mais algumas fichas ao eliminar Peter Hadland com K-K. Depois de uma passagem pela mesa da TV, Hachem dobrou quando o seu K-K aguentou contra um A-J. Quando Hachem mudou de mesa no último nível, o campeão das WSOP abusou dos outros jogadores na sua mesa. Ele acabou o dia com 275K.

Aqui está o Top 10 no fim do Dia 2:

1. Haralabos Voulgaris 634,500

2. Gus Hansen 562,500

3. Jimmy Fricke 535,500

4. Jan Suchanek 516,000

5. Emanue Seal l 514,000

6. Andy Black 501,500

7. Patrick Fletcher 484,500

8. Paul Wasicka 451,500

9. Chronis Chris 416,000

10. Michael Ismael 400,500

Aqui ficam mais umas contagens de fichas:

David "The Dragon" Pham 350,000

Shane "Shaniac" Schleger 346,500

Ross Boatman 316,000

Adam Junglen 309,500

Joe Hachem 275,000

Patrik Antonius 236,000

Marek Kolk 210,000

Kristy Gazes 199,000

Lee Nelson 192,000

Kirill Gerasimov 150,500

Daniel Alspach Daniel 99,500

Keith Sexton 96,000

David Callaghan 36,500

A acção volta às 12:30 PM da hora local. Para seguir os resultados, veja os live updates da Pokernews.

Nota Ed: Pode tentar os satélites para o próximo ano na POKER STARS.

Mais notícias

O que pensas?