Psiquiatra do Poker – Volume 1 – Muito Poker Faz Mal

Psiquiatra do Poker – Volume 1 – Muito Poker Faz Mal 0001

As World Series of Poker duram 47 dias. Se por acaso trabalha nas WSOP são ainda mais. Não existem dias de folga para os profissionais da comunicação social, e alguns jogadores estiveram a jogar todos os dias durante seis semanas. Será surpresa que tenha havido uma depressão entre a comunidade de poker quando se acabaram as WSOP?

O primeiro dia das WSOP é de resoluções e grandes esperanças. Mas passado um mês, menos de 40 jogadores saíram com braceletes no pulso. Centenas de reputados profissionais chegaram zero vezes ao dinheiro e dúzias deles chegaram ao dinheiro mas não fizeram nenhuma mesa final.

Os dealers estão cansados, o resto do pessoal que trabalhou está irritadiço e trabalhou horas extras; os média, bem, estes companheiros tendem a trabalhar nos limites, por isso não admira que mais e mais pensamentos vagueiem pelas suas cabeças e que haja mais trocas de palavras.

Os chamamentos pelo pessoal de serviço na sala vão aumentando todos os dias, mais penalidades são dadas aos jogadores, existem mais disputas na janela dos registos, a fila aumenta na secretária de queixas dos jogadores, e eu até presenciei uma disputa de palavras na cozinha do poker. O que se passa aqui? Terão as WSOP tornado nas Séries Paranóicas?

Bem, um diagnóstico de grupo é bem simples. Um grande número de pessoas tem repetido as mesmas actividades dia após dia durante semanas. Mais de 90% dos jogadores têm garantidos maus resultados todos os dias. Isto quer dizer que não só perdem dinheiro, como também não conseguem realizar os seus sonhos. Os jogadores são o grupo dominante nesta micro sociedade e como um todo terão maus resultados com que lidar. E além de tudo isto, o sistema de apoio aos jogadores não funcionava.

Prontos – acabei de diagnosticar nove ou dez mil pessoas com uma depressão clínica. É claro que não é este o caso, há muitos jogadores e pessoal que se estão a safar bem e é interessante ou talvez informativo ver que estes indivíduos estão a lidar bem com as experiências das World Series.

O muito funcional sub-grupo, que de facto adorou a experiência das Séries, tem muitos traços em comum. Em primeiro lugar, não vivem o poker 24 horas por dia, sete dias por semana. Eles interagem com pessoas fora do mundo do poker e quando estão com pessoas desta comunidade, falam de coisas para além do poker. Eles em geral comem bem, fazem exercício, dormem horas suficientes e limitam o consumo de álcool e drogas. Por outras palavras, os que não estão deprimidos, colocam o seu bem estar à frente do poker, sendo isso o seu trabalho ou apenas um passatempo.

A depressão ataca muitas pessoas. As duas causas mais comuns são o trabalho e o dinheiro. Se o seu trabalho é o poker e se vive do poker, poderá estar sujeito a depressões relacionadas com o trabalho.

Muitas pessoas que sofrem de depressão sentem-se sem energias e não conseguem concentrar-se. Outros sentem-se irritados todo o tempo sem razões aparentes. Estes sintomas tendem a acumular durante semanas. Lidar com pequenas depressões é crítico porque afecta o seu trabalho, e se o seu trabalho é jogar poker, uma espiral de depressão poderá ser o princípio do tilt no seu jogo.

A primeira pergunta que faço a um jogador que está a experimentar quaisquer sintomas é: "Diz-me o que fazes para além do poker?"

Muitos jogadores vão morar para o Rio durante as World Series. Eles vivem aqui, comem aqui e só saem daqui quando vão jogar para outras salas na cidade. Muitas vezes estão mais de 30ºC em Las Vegas, e essa é uma boa desculpa para não se estar ao ar livre. O exercício está disponível nos ginásios ou spas dos hotéis, mas normalmente estão sempre cheios. Encontrar comida saudável já se tornou num mal menor, mas a comida rápida, as batatas fritas está sempre presente, e as bebidas são de borla em qualquer sala de poker em que jogue.

Os jogadores entram num ciclo de poker a toda a hora, o que quer dizer que durante os torneios, eles terão uma expectativa negativa de 91% todas as vezes que forem trabalhar. Não admira que após um mês nestas séries, algumas pessoas estejam deprimidas.

A depressão pode danificar o seu jogo e começar uma longa espiral descendente que afectará todos os outros aspectos envolventes da sua vida. A cura está fora da sala de jogo, e a chave é você se levantar, sair da sala e dar uma volta lá fora.

Nota Ed: Levante-se, saia e dê uma volta lá fora pelo menos durante 5 minutos por dia quando jogar na PACIFIC POKER.

Mais notícias

O que pensas?