Agora ao vivo Unibet Open Bucharest

Estratégia de Poker: A arma principal do jogador agressivo – O Semi – Bluff

Estratégia de Poker: A arma principal do jogador agressivo – O Semi – Bluff 0001

Vê os melhores jogadores de poker na televisão e será difícil de encontrar um que não seja agressivo. A agressividade é a chave em Hold'em, e no arsenal de cada jogador agressivo existe uma arma que se chama semi-bluff.

Um semi-bluff é uma aposta ou um raise com uma mão em draw, e funciona através de dois factores. Idealmente, o teu adversário faz fold e tu ganhas o pot sem nada, mas se ele fizer call, ainda tens outs para ganhares a mão.

É uma ideia difícil de te habituares se deves aumentar com um draw. Estas mãos não são mãos de se fazer só call? Pensa assim. Se tiveres em nut flush draw e open ended-straight draw deverás estar com 55% de hipóteses de ganhar a mão. Isto significa que, em média, 55% do dinheiro que vão para o pot, voltam para ti. É preferível que o teu adversário faça fold, mas estás só a investir 50% num pot onde vais ganhar 55%. Imagina que tens o nut flush draw num pot com 3 jogadores. Se os dois jogadores fizerem call a um raise teu (o teu investimento é de 33% quando tens 36% de hipóteses de ganhar a mão), os teus 36% significa que os odds estão em teu favor.

O que estamos a dizer é que estas mãos de draw são mais fortes do que parecem, e deves quase sempre jogá-las agressivamente.

Mesmo que estejas contra apenas um adversário os teus 36% juntam-se à hipótese de o teu adversário fazer fold, e torna o semi-bluff uma jogada forte.

Porque é que o semi-bluff é chave?

Imagina a situação onde o teu adversário está a tentar ler a tua jogada. Se ele sabe que só aumentas com uma grande mão, ele vai geralmente tomar a decisão correcta. Ele vai sair da mão a não ser que te consiga bater. Se ele vê que uma aposta grande pode ser menos previsível e que pode ser tanto uma mão feita como um draw, então irás ter atingido um dos maiores objectivos no poker. Irás induzir o teu adversário em erro. Não só ele irá fazer fold à melhor mão por vezes como irá te fazer call muitas mais vezes quando tiveres a melhor mão. Isto é um dos grandes benefícios de um jogo agressivo – irás ter muito mais acção com mãos grandes.

Construir um bom semi-bluff

Tal como um bluff normal, tens de construí o semi-bluff de maneira a que o teu adversário o ache credível. A chave para isto é apostares da mesma maneira que apostarias se tivesses uma mão grande.

Vamos ver uma situação onde fizeste call a um raise na big blind com {a-Spades}{10-Spades}. O flop vem {q-Spades}{j-Spades}{2-Hearts}. Um jogador que é fácil de ler com este draw irá apostar este draw, mas com uma mão forte irá fazer check, à espera de fazer check raise. Se um observador se aperceber disto, eles vão invariavelmente tomar a decisão correcta e não vão cometer erros.

Em vez disso, se tiveres este draw, faz check raise. É uma jogada que muitos jogadores irão acreditar mais vezes que tens uma mão forte. Não faças um check raise muito grande, especialmente se não o fizesses com uma mão grande.

Uma boa técnica que faria te parecer mais forte seria um bluff em duas partes. A ideia é de que faças um check raise pequeno no flop e que depois faças uma aposta considerável na turn.

Uma jogada ainda mais forte seria um bluff em três partes. Um bom jogador pode decidir no flop que vai apostar em todas as três ocasiões, mesmo que falhem. Por um lado a aposta no river é um bluff sem nada, mas é resultado de um semi-bluff. Se vais apostar no fim sem nada então esta é a melhor opção porque o bluff é apoiado pelas apostas anteriores.

Fazer bluff para servir o jogador

Afirmações que fizemos como a de o teu adversário te dar mais crédito por uma mão forte se fizeres check raise só são verdade com maior parte dos jogadores. Conforme melhoras o teu jogo irás te aperceber dos vários tipos de jogadores diferentes e ajustar o teu jogo de acordo com eles. Se um jogador te parece ter medo de tirar as pessoas para fora de uma mão com uma aposta, então usa isso como o teu semi-bluff.

Contra um jogador pensativo, o bluff em três partes será a melhor jogada. No entanto, existe um grupo de jogadores que são o oposto, e com quem deves ter cuidado de fazer estes bluffs. Alguns jogadores têm dificuldade em fazer fold só porque têm mais fichas no pot. Eles são jogadores [I]emocionais[/B], e ligam-se muito ao pot logo que tenham um bom investimento nele.
Estender o bluff
A altura mais óbvia de fazer semi-bluff é quando estás com flush ou straight draw, mas também pode ser eficaz quando tens o par mais baixo no flop. Por exemplo, o flop vem A105, tu sentes alguma incerteza no teu adversário, e decides fazer reraise com 65. Isto faz com que o teu adversário tenha uma decisão difícil com um par na mão, ou mesmo um ás fraco, e ele pode fazer fold. Se não fizer, então ainda tens outs. São 5 cartas que te darão dois pares ou um trio. Porque tens menos outs (5 outs dão-te 20% no flop), precisas de sentir que há uma boa hipótese que o teu adversário irá fazer fold.
Nota Ed: Faça já o download da EVEREST POKER e pratique o seu semi-bluff!

Mais notícias

O que pensas?