Defender a Blind contra um Steal

Defender a Blind contra um Steal 0001

Se costumas jogar torneios, sabes que tens de defender as tuas blinds os ataques, em especial, dos jogadores em late position.

Defender as blinds de uma tentativa de roubo (steal) é um dos pontos onde muitos jogadores de poker enfrentam dificuldades. A maior parte dos problemas vem do facto de não as defender as vezes necessárias, ou de as defender demasiado e ter de jogar mãos fracas sem posição.

Encontrar o equilíbrio entre o número de vezes em que se deve fazer call/fold/raise é algo que só é encontrado com o tempo, e pode demorar. Esperamos que ao terminares de ler este artigo já tenhas algumas ideias sobre a "arte" de defender as tuas blinds.

Na maior parte das vezes em que vais enfrentar uma tentativa de steal a melhor resposta será o raise, fazer call e esperar acertar no flop não é das coisas mais bem pensadas. Ao fazer apenas call vais jogar sem posição e com uma mão fraca, se fores tu o agressor (ao fazer raise pré-flop) as tuas opções no flop serão maiores, mesmo jogando uma mão fraca.

No long run está será a melhor opção.

Vamos ver um exemplo onde enfrentamos um steal, iremos responder com call e com raise.

Quando fazer raise a um steal

Responder a um steal com raise deve ser a tua resposta natural à questão. Se a tua mão é suficientemente boa para a jogares sem posição, deve ser forte o suficiente para fazeres raise.

Obviamente que a razão principal para fazeres raise, ou melhor, re-raise, é por valor. Se tiveres mãos como {K-Spades}{Q-Spades}, {10-}{10-}, {A-Diamonds}{Q-Clubs} ou melhor, deves fazer re-raise sempre que enfrentares uma tentativa de steal. Claro que podes abrir o teu range de mãos se souberes que o teu adversário tem um range alargado de mãos com as quais te tenta roubar a blind.

As próximas razões para que uses o raise são directamente relacionadas com o teu adversário, se for online terás a ajuda de um HUD, se for ao vivo terás de te fazer valer da tua memória e historial contra o jogador.

Se o teu adversário costuma fazer fold a 3-bet, isso quererá dizer que abre muitas mãos e o seu range é alargado, contra jogadores destes deves usar muito o raise.

Se do outro lado estiver um jogador que costuma fazer call a 3-bet e depois faz check fold no flop, deves fazer raise pré-flop e apostar no flop para ganhares o pote.

Por último, deves tomar notas das mãos com que o teu adversário fez call ao teu re-raise. Deves saber se são mãos facilmente dominadas como {A-Diamonds}{3-Diamonds} e {J-Clubs}{8-Hearts}, e começar a fazer 3-bet quando tiveres mãos que dominem esse range, neste caso {A-Clubs}{9-Clubs} ou {Q-Hearts}{J-Hearts}.

Quando fazer call a um steal

Embora a 3-bet seja a melhor opção, na esmagadora maioria das vezes, por vezes a opção correcta é o call.

Um bom exemplo de situação em que podes fazer call e não raise é quando tens uma mão boa, tipo {A-Spades}{K-Spades}, {K-Diamonds}{K-Hearts}, ou {A-Spades}{A-Diamonds} e o teu adversário tem feito fold na maior parte das vezes em que fizeste re-raise. Nesta situação deves tentar manter o teu adversário em jogo e extrair valor pós-flop.

Outra situação em que deves fazer call é quando estás deep no torneio e tens um par médio ou um ás suited e existe a possibilidade de acertares um monstro no flop, caso não acertes não serás prejudicado.

A terceira razão para fazer call é quando mesmo fazendo muitas vezes raise, o teu adversário continua a fazer call sempre. Neste caso só deves fazer raise se tiveres mesmo uma mão muito boa, ainda assim quererás jogar o pote contra alguém que tem um range bem alargado.

Jogar nas blinds é complicado mas nestas situações podes ganhar muitas fichas, só tens de as saber enfrentar.

Se ainda não tens conta na Winamax abre-a já e recebe um bónus de primeiro depósito de 100% até €500.

Recebe todas as notícias da PokerNews através das redes sociais. Segue-nos no Twitter e no Facebook!

Mais notícias

O que pensas?