PokerNews Top 10: Destinos de Poker

PokerNews Top 10: Destinos de Poker 0001

O poker é neste momento um verdadeiro sucesso à escala mundial. Com a rápida expansão dos circuitos de torneios para locais como a Ásia, Europa e América do Sul é agora mais fácil integrar o poker nos destinos de férias.

Na PokerNews, estamos constantemente a viajar pelo mundo para cobrir os diversos torneios que se realizam, tendo a sorte de, por vezes, poder jogar um bocadinho de poker em todos os continentes. O melhor que se pode fazer nos dias de hoje é jogar satélites online, ganhando o buy-in do torneio e dinheiro para despesas, tudo se torna mais fácil – mas por onde vamos começar? Veja em seguida o nosso Top 10 de destinos de poker e veja em qual deles mais gostaria de jogar/passear.

10. Dublin, Irlanda

Dublin tem uma longa tradição de poker, a comunidade local de jogadores é grande, e enchem quase por completo os "card clubs" locais. Os mais conhecidos são o Fitzwilliam e o Jackpot. É também em Dublin que se realiza anualmente o "Irish Open", o maior torneio existente na Irlanda. Para quem gosta de jogar torneios deep stack pode também rumar a Dublin e disputar o "European Deep Stack Championships". O buy-in são €1,500, a stack inicial 50,000 fichas e começa-se a jogar o nível 25/50. Com 1000 big blinds ao início, este torneio tem uma jogabilidade extrema (comparando com as 60 big blinds dos torneios de $1,500 das WSOP) e permite aos jogadores desfrutarem de bons dias de poker deep stack. Se mesmo assim as coisas correrem mal neste torneio, terá à sua disposição variadíssimos torneios "second-chance" com buy-in na ordem dos €200.

9. San Jose, Costa Rica

Quer juntar um pouco de aventura às suas férias de poker? San Jose na Costa Rica poderá ser o destino que procura. O jogo é legal neste pequeno país localizado na América Central, onde existem dúzias de casinos à escolha. É também em San Jose que se realiza uma etapa do LAPT – Poker Stars Latin American Poker Tour, um torneio onde o Main Event tem um buy-in de $3,500 e que no ano passado atingiu um prize pool de $1,000,000. Enquanto não estiver a jogar, pode dar um passeio de canoa, e se for amante do surf e da natureza terá 1001 locais para visitar: Vulcões, quedas de água e jardins de orquídeas, tudo a poucos minutos do hotel.

8. Los Angeles, Estados Unidos

Pode parecer estranho, mas a maior sala de poker do mundo não é em Las Vegas. O Commerce Casino, a 10 minutos da baixa de Los Angeles, é dono da maior sala de poker do mundo. No Commerce poderá encontrar duas enormes salas de poker – uma sala de limites baixos (tem mais de 100 mesas) e uma de limites altos, onde decorrem alguns dos jogos mais altos de toda a costa oeste. Não é nada de outro mundo encontrar 800 jogadores num torneio no Commerce e ao mesmo tempo tem alguns dos melhores cash games do planeta. Mas não pense que o poker em Los Angeles se resume ao Commerce Casino. A apenas alguns minutos de distância poderá encontrar o Bicycle Casino e o Hawaiian Gardens, e se quiser andar mais um pouco pela auto-estrada encontrará o Hollywood Park e o Larry Flinth's Hustler Casino. Embora não exista um grande glamour nas zonas onde se situam estes casinos, não se esqueça que esta no Sul da Califórnia, e tem à sua disposição lojas e restaurantes de primeira classe. Poderá também visitar Hollywood, a Disneyland, alguns dos maiores espectáculos desportivos do mundo e as arrebatadoras praias californianas.

7. Barcelona, Espanha

Barcelona é um destino imperdível em qualquer viagem pela Europa. Praias, arquitectura gótica, a obra-prima inacabada de Gaudi-Sagrada Familia, e um vida nocturna bastante animada, são motivos mais que suficientes para ir a Barcelona. Situado a poucos metros do Mar Mediterrâneo, o Casino de Barcelona é um espaço moderno e feito à medida para ser palco dos mais agitados cash games da Europa. É paragem obrigatória do EPT todos os anos em Setembro, nessa altura os cash games que já são bons, atingem níveis de excelência. Existem dias com 100 nomes na lista de espera para as mesas de No Limit Hold'em €5-€10, e enquanto esperam os jogadores podem atravessar a estrada que separa o casino da Vila olímpica e desfrutar de dezenas de lojas e restaurantes existem neste espaço. Se a sua ideia é ficar num hotel de 5 estrelas, não procure mais, o Hotel Arts situa-se a apenas algumas centenas de metros do casino. Este hotel é o hotel favorito de Patrick Antonius, e sendo ele uma pessoa viajada, é de esperar o melhor.

PokerNews Top 10: Destinos de Poker 101

6. Macau, China

Chegar a Macau implica fazer um voo bastante grande e cansativo, mas o esforço é recompensado pelo 28 casinos lá existentes. Ao chegar ficará impressionado com o Venetian Macau, pois se já esteve em Las Vegas vai achar que já viu um casino igual (Venetian Las Vegas). Embora o jogo seja legal em Macau desde o século 19, o poker chegou ao território apenas à 2 anos, mas como é natural teve uma enorme aceitação e rápido crescimento. O Wynn Macau e o Grande Casino Lisboa têm salas de poker abertas, enquanto a Poker Stars tem a sua própria sala de jogo ao vivo no Grande Casino Waldo, onde decorrem torneios todos os fins de semana. Para aqueles que querem ver mais que apenas casinos, podem dirigir-se a Hong Kong, podem lá chegar rapidamente de ferry.

PokerNews Top 10: Destinos de Poker 102

5. Londres, Reino Unido

A elite do poker mundial ruma a Londres todos os anos em Setembro. De uma só vez conseguem jogar o WSOPE – World Series Of Poker Europe e o EPT – European Poker Tour Londres, o que faz a viagem valer bem a pena. Londres é casa de inúmeros casinos e card clubs, onde se incluem o popular Grosvenor Victoria, o elegante Fifty, e o luxuoso Empire, onde se disputam as WSOPE. Com a desvalorização da libra (£1=$1,37), não existiu melhor altura para visitar o Reino Unido. Quando não estiver perto de uma mesa terá de certeza muitos locais de interesse para visitar. O London Eye, o Big Bem, o Parlamento, o Museu de Arte Moderna Tate e a famosa "National Gallery" serão paragens obrigatórias num passeio por Londres. Os amantes de teatro gostaram certamente do "West End" e aqueles que gostem mais da natureza poderão passear nos Parques Reais de Kensington Gardens e Hampstead Heath.

4. Monte Carlo, Mónaco

Se vai fazer uma viagem olhando aos custos, Monte Carlo não será certamente um destino a ter em conta. Por outro lado se está disposto a abrir os cordões à bolsa e quer passar uns dias rodeado de luxos, nada melhor que uma ida a Monte Carlo. Prepare-se para preços bombásticos, por exemplo, um cheeseburguer custar-lhe-á €25. De acesso fácil, quer por carro ou helicóptero (desde o aeroporto de Nice), Monte Carlo alberga o maior torneio de poker Europeu – a Grande Final do EPT – que normalmente se realiza na segunda ou terceira semana de Abril. Poderá passear pela Avenue Saint-Martin, visitar as mais sofisticadas lojas no Golden Circle ou jogar baccarat no Grande Casino de Monte Carlo. Senão vir uma ou duas celebridades, não tem problema, você sentir-se-á uma.

PokerNews Top 10: Destinos de Poker 103

3. Paradise Island, Bahamas

Já é um ritual, todos anos no mês de Janeiro, os melhores jogadores do mundo rumam ao Atlantys Resort na pequena Paradise Island nas Bahamas. O objectivo qual é? Jogar o Poker Stars Caribean Adventure. O torneio conta com a participação de 1200 jogadores, que na sua maioria, ganham as suas entradas através de satélites online na Poker Stars. Para além das vantagens óbvias de viajar para as Bahamas em Janeiro, esta etapa do EPT é das melhores para levar a família consigo. Enquanto você esta a jogar, os seus filhos podem nadar com golfinhos, andar nos escorregas aquáticos ou apenas nadar nas maravilhosas piscinas do resort.

2. Melbourne, Austrália

Na terra de Oz, vive-se uma vida relaxada voltada para a praia. É lá que podemos encontrar o maior casino do hemisfério sul – o Melbourne Crown Casino – palco do Aussie Millions em Janeiro e da PokerNews Cup em Outubro. O complexo onde está inserido o casino situa-se na parte sul de Melbourne junto ao Yarra River. Dotado de várias lojas, cafés e excelentes restaurantes (experimentem o Rockpool e o Cervo). O complexo conta ainda com 2 hotéis, o Crown Promenade de 4 estrelas e o luxuoso Crown Towers, que fica a apenas 5 minutos da sala de poker. O poker na Austrália ainda está a desenvolver-se, os jogadores estão a aprender e isso nota-se nos cash games, vai ser interessante para a sua banca, acredite! Depois de jogar um cash game ou de ter perdido num torneio, existem muitas coisas para fazer em Melbourne. Dê um passeio na praia em St.Kida, visite o zoo de Melbourne, ou então se quiser fazer-se à estrada vá até ao Great Ocean Road ou até Philip Island.

PokerNews Top 10: Destinos de Poker 104

1. Las Vegas, Estados Unidos

Quando falamos de poker, não existe lugar que se compare a Las Vegas. Continua a ser em Las Vegas que se jogam os maiores cash games e o maior torneio de poker do mundo, o Main Event das World Series Of Poker. Independentemente do seu orçamento para a viagem ou da sua banca Las Vegas terá sempre algo para lhe oferecer. Com os Estados Unidos mergulhados numa enorme recessão, o preço dos voos e dos quartos caíram a pique (uma noite no Wynn por $129? Sim, é possível). Os jogadores locais e os turistas mais abastados podem ser vistos a jogar nas salas de poker do Bellagio e do Venetian, enquanto que o público mais jovem prefere as mesas de No Limit Hold'em $1 – $2 e $2 – $5 do MGM Casino e do Mandalay Bay. Se começou a jogar à pouco tempo dirija-se ao Treasure Island Casino, lá poderá encontrar torneios diários como um buy-in bastante acessível. Se prefere os cash games, pode ir ao The Mirage e ao Imperial Palace, lá terá um lugar à sua espera numa mesa de Limit Hold'em $2 – $4 e $3 – $6. Se por acaso as coisas correrem bem e ganhar um bom prémio, vá celebrar para uma qualquer discoteca de um casino, a Tao no Venetian ou a Bank no Bellagio. Se a sua ideia é outra, sempre pode apanhar um táxi até um dos mais sofisticados clubes de cavalheiros de Las Vegas.

PokerNews Top 10: Destinos de Poker 105

Mais notícias

O que pensas?