Dr. Pauly no WSOP 2008: O Jogador Mais Subestimado no Poker – Erik Seidel

Dr. Pauly no WSOP 2008: O Jogador Mais Subestimado no Poker – Erik Seidel 0001

Foi há vinte anos atrás no mês de Maio, que Erik Seidel perdeu para Johnny Chan no confronto heads-up para o título de WSOP 1988 Main Event. Chan era um campeão e o mais temido jogador em Vegas. Seidel era um miúdo que tentou a sua sorte contra Chan… e perdeu.

A sua batalha ficou imortalizada no filme Rounders. Sempre achei que a participação de Seidel no filme era uma maldição em vez de uma bênção. Em vez de ser reconhecido como um dos jogadores de elite no mundo, Seidel ganhou notoriedade por uma cena no filme do Matt Damon.

Seidel cresceu em Nova Iorque com um passado em backgammon. Ele era um regular nos torneios de backgammon durante oito anos antes de mudar para o poker. Ele afiou os seus golpes no renovado Clube Mayfair com outros profissionais como Howard Lederer e Dan Harrington antes de se mudar para Vegas como jogador de poker a tempo inteiro.

Erik Seidel é um dos jogadores de poker mais subestimados do mundo. Quase que se esquece que está lá porque ele um dos jogadores mais calmos do torneio. Seidel é epíteto de classe nas mesas. Infelizmente, comportamentos exemplares não chamam a atenção dos media, normalmente mais atraídos por profissionais mais voláteis. Seidel é o ultimo sujeito que podia ver dar um pontapé numa cadeira ou gritar com o adversário por lhe ter dado uma badbeat. Pelo contrário, vai sempre encontrar um homem sereno e calmo a ouvir as suas músicas no seu iPod.

Fico sempre surpreendido por ver o nome de Seidel omitido das listas "Best All Time". Ele é um dos membros fundadores da Full Tilt e dos menos conhecidos no site. Da próxima vez que tiver oportunidade, pergunte aos seus amigos para nomear quatro jogadores da Full Tilt. Garanto que um deles não será Erik Seidel.

Seidel tem um dos melhores curriculums no poker. Já olhou para as suas estatísticas Hendon Mob recentemente? Oito braceletes WSOP. Um título do WPT. Nove milhões ganhos na carreira. Isto é difícil de bater.

Seidel está em sexto na lista de prémios do WSOP de sempre. Apenas Phil Hellmuth, Men the Master, T.J. Cloutier, Berry Johnston, e Chris "Jesus" Ferguson têm mais prémios que Seidel.

Seidel fez 25 mesas finais no WSOP e ganhou oito braceletes. Apenas Phil Hellmuth, Johnny Chan e Doyle Brunson têm mais braceletes.

Seidel é oitava na lista de dinheiro de sempre com mais de $9 Milhões na sua carreira em torneios. Apenas Jamie Gold, Joe Hachem, Allen Cunningham, Daniel Negreanu, Phil Hellmuth, Phil Ivey e T.J. Cloutier ganharam mais dinheiro que ele.

Esta é uma das minhas estatísticas favoritas… Erik Seidel ganhou mais de $1.3 Milhões na Austrália, no Crown Casino em Melbourne. Durante o Aussie Millions de 2007, Seidel ficou em segundo lugar num evento de $100,000 quando perdeu para o seu grande amigo Erick Lindgren. Seidel ainda trouxe $550,000 AUD. No Aussie Millions 2008, Seidel ficou em segundo lugar no Main Event quando perdeu heads-up para Alexander Kostritsin. Seidel ganhou $1 Milhão AUD. Seidel está pronto para ganhar a sua décima bracelete até ao fim da década. Isso coloca-o numa categoria estatística de elite.

Seidel tem estado muito forte nos últimos doze meses, ganhando mais de $2.5 Milhões incluindo o título WPT e a sua oitava bracelete. Dois meses atrás, Seidel sobreviveu a um field de 346 jogadores e ganhou o primeiro título do WPT no Foxwoods Poker Classic.

As oito braceletes não foram fáceis. Seidel teve de ultrapassar alguns dos jogadores mais fortes do mundo tal como o grupo da mesa final do 2007 WSOP $,5000 World Championship 2-7 Draw Lowball que incluía Chad Brown, Shawn Sheikhan, Andy Black, Freddy Deeb, e Todd Brunson. Na sua primeira bracelete em 1992, Seidel vencey Phil Hellmuth na final heads up no $2,500 LHE. Em 2001 na mesa final do $3,000 NLHE, Seidel vencey Johnny Chan, Bob Feduniak, Hilbert Shirey, e Jay Heimowitz.

Depois de uma semana e meio no WSOP 2008, Seidel está na sua melhor forma. Já chegou aos prémios em dois eventos e fez uma mesa final, terminando em quinto no $10,000 Seven Card Stud World Championship. Não ficaria surpreendido se Seidel fizer outra mesa final este ano, e quem sabe ganhar a sua nona bracelete?

Mais notícias

jogadores relacionados

O que pensas?