Agora ao vivo Live Stream André Coimbra PokerStars.pt

EPT Varsóvia Dia 1 A Dominado por Suecos e Noruegueses

EPT Varsóvia Dia 1 A Dominado por Suecos e Noruegueses 0001

O torneio inaugural do EPT na Polónis teve uma boa arrancada com o tradicional domínio por parte dos jovens Escandinavos.

O anfitrião deste evento foi o Casino Poland no Hotel Hyatt Regency, em Varsóvia. O casino está bem desenhado mas opera nos limites da capacidade, o que limita o número de jogadores ao mesmo tempo. Foram introduzidas 15 mesas no espaço disponível.

O vencedor do EPT Dortmund da semana passado, Andreas Hoivod da Noruega, esteve desde muito cedo em contendo, encontrando-se a disputar a liderança do torneio com o Americano Thomas Osmun, que se qualificou através de um satélite da POKER STARS. O Americano esteve sempre em boa forma, não deixando que lhe fizessem raise regularmente.

Não demorou muito tempo até que Hoivold e Osmun tivessem cerca de 10% do total de fichas em jogo, quando estavam 70 dos 136 jogadores que começaram o Dia 1 A.

Simon Young, outro jogador que se qualificou pela Poker Stars, conhecido como "SuffolkPunch", teve das mais difíceis mesas todo o dia, em que esteve ao lado de Andrew Black, Praz Bansi, Jim Kerrigan e Pamzi Jelassi. Um pouco mais tarde, foi parar à mesa de Andreas Hoivod, Johnny Lodden, Henning Granstad e Mads Andersen.

Com todos estes oponentes para defrontar, Simon esteve muito bem em se aguentar até ao fim do dia com 13,000 fichas. É um dos 45 sobreviventes que se irão juntar aos sobreviventes do Dia 1B que se disputou hoje. Tem de correr muito uma vez que quando o jogo se reiniciar amanhã terá as blinds a 500/1,000.

Um dos favoritos à partida, Roland de Wolfe, foi dos primeiros a serem eliminados. Outros nomes sonantes a partir foram Dave Coclough e Praz Bansi.

Quanto aos chip leaders, Andreas Hoivod continuou a sua caminhada até chegar às 70,000 fichas. Depois foi-se meter com o seu compatriota Henning Granstad que tinha cerca de 30,000 fichas. Com 972 na mesa, Granstad acabou all-in com 22 enquanto que Hoivod tinha feito raise com 98 suited. Granstad dobrou e assumiu a lidernaça do torneio, não a perdendo até ao final do dia. Quase que era apanhado pelo Sueco Patric Martensson que beneficiou de algumas das fichas de Thomas Osmun. O top 20 no final do dia estava assim ordenado:

80,800 - Henning Granstad (Norway)

79,000 - Patric Martensson (Sweden)

61,300 - Raymi Sanchez Thorn (Sweden)

60,600 - Thomas Mathiesen (Norway)

58,800 - Leszek Krawczyński (Poland)

56,600 - Thomas Osmun (USA)

55,200 - Ramzi Jelassi (Sweden)

54,200 - Mikael Westerlund (Sweden)

53,300 - Dariusz Paszkiewicz (Poland)

46,200 - Mark Petersen (Denmark)

44,400 - Jim Kerrigan (UK)

44,200 - Spencer Lawrence (UK)

41,900 - Andreas Hoivold (Norway)

36,700 - Kasper Bisgaard Nielsen (Denmark)

35,600 - Martin Ostby (Norway)

34,500 - Sondre Sagstuen (Norway)

32,700 - Paul McCann (UK)

31,500 - Kristian Kjondal (Norway)

29,300 - Kevin Love (UK)

28,900 - Soren Bakfort (Denmark)

O Dia 1B tem nomes mais sonantes. Três jogadores dos Hendon and Mob, os dois irmãos Boatman e ainda Joe Beevers, Robin Keston, Kevin O'Connell e Nick Slade, Marcel Luske, Luca Pagano, Pascal Perrault, Paul Testud, Bertrand Grospeller, Juha Helppi e Jani Sointula.

Pode acompanhar tudo no Live Updating da Poker News

Nota Ed: Pode qualificar-se para os vários torneios do EPT fazendo o download da POKER STARS.

Mais notícias

O que pensas?