Agora ao vivo Unibet Open Bucharest

EPT Dublin 2006 Dia 1 A

EPT Dublin 2006 Dia 1 A 0001

Depois de 17 jogadores terem garantido a sua presença no principal torneio através do super satélite de ontem, 195 jogadores estavam sentados e prontos para acção neste Dia 1 A da Etapa de Dublin do EPT 2006-2007

O Hotel Regency é o anfitrião do torneio e tem uma ampla sala onde os jogadores podem circular sem terem de se atropelar uns aos outros; e a melhor parte é que é proibido fumar e até consumir bebidas alcoólicas dentro da sala de poker, onde se podem jogar cash games desde o meio-dia até às oito da manhã (leu bem, oito da manhã).

Mas raios partam este hotel que fica no meio do nada (fica a 10 minutos do aeroporto e a outros 15 do centro da cidade).

Quando cheguei ao hotel paguei a minha estadia em dinheiro, tinha pedido um quarto com 2 camas e quando chego ao 3º andar todo carregado com o meu material vejo que o quarto só tem 1 cama (pensei para mim, isto está a começar bem…); desço até à recepção e finalmente dão-me um quarto com 2 camas. Chego ao quarto e vou ligar o computador para ler as notícias, quando vejo que usam uma ficha com 3 pinos (e eu… querem ver que fico a chuchar no dedo?!). Desço pela 2ª vez à recepção e a senhora que me atendeu disse que tinham muitas fichas (adaptadores) mas já as tinham dado todas e que o próximo carregamento deveria estar a chegar.

Sem poder fazer nada no quarto, decido ir até à sala de poker. Como tinha pago a estadia com dinheiro, e queria sentar-me numa mesa, tentei levantar dinheiro – o hotel não tem caixa Multibanco, o hotel não tem nenhum sistema que se possa levantar dinheiro com qualquer tipo de cartão, o hotel não podia cancelar o meu pagamento da estadia com dinheiro e efectuá-la com cartão, o hotel.. o hotel…enfim.. o hotel… nem é casino, só instalaram aqui a sala de poker numa ampla sala de conferências, mas pergunto: como é possível fazer-se um torneio destes que todo o mundo sabe que os jogadores necessitam de levantar dinheiro para jogar, não ter qualquer sistema para se poder levantar dinheiro?!

É-me dito que o Multibanco mais próximo fica a 7 minutos no carro do Sr. Armando... um coisinha a pé e o resto andando…Lá resolvo colocar o meu Kispo e enfrentar a chuva mais uma vez. Chegado à caixa multi banco, esta não "dá" dinheiro. Pensei com os meus botões… querem ver que ainda parto o vidro da máquina?!?! (só pensei, estejam descansados…).

Volto para o hotel e oiço a primeira boa notícia do dia – encontraram um adaptador e pude finalmente ligar o meu pc. Fui para a cama cedo, a pensar que se saísse mais uma vez do hotel, ainda dava um bate-cu por aí.

Acordo na manhã seguinte todo contente a pensar que não podia ter dia pior que o anterior quando às 8:45 vou para ligar a água e nem pingo de água quente; abro a fria a ver se ponha lá os dedos dos pés, más pensei: é melhor ficar quieto, isto aqui não é propriamente a Madeira – a água fria È Mesmo Fria ! ! ! Pensei (ok, não há-de ser nada).

Desço para o pequeno-almoço (é verdade a estadia aqui custa €110 por noite, quer seja quarto single ou duplo) onde sou bem recebido com um sorriso e uma pergunta: quer o pequeno-almoço Continental que custa €8 ou um pequeno-almoço quente que custa €10? (pensei outra vez para mim… já estava cansado de tanto pensar com estas questões secundárias que normalmente não se enfrentam num hotel… è melhor quente, ao menos para ver se aqueço qualquer coisa). E valeu a pena, porque o pequeno-almoço, embora não seja nada de extraordinário, acho que está muito bom para um hotel de 3 estrelas (três estrelas ou três caracóis, uma vez que às 11:45 ainda não tinha água quente…).

Sim Senhor (pensei pela milionésima vez), depois de um pequeno-almoço destes já me consigo dar por satisfeito; decido fazer o jogging matinal até à famosa caixa Multibanco (ou como se diz por aqui: "a hole in the wall" – um buraco na parede) e consigo retirar €200, vou para mais €200 e pimba, desconta-me €200 e não sai o "carcanhol". Bato à porta do banco (por acaso é um banco que tem a caixa Multibanco) e vem de lá um Senhor com 2 dentes (não vi mais nenhum na placa da frente!) de coelho ratados e diz-me que só o meu banco pode ver isso depois, ou tinha de voltar no dia seguinte para a máquina confirmar se tinha retirado o "pilim" ou não. Volto a tentar retirar mais €200 e recebo a mensagem que não tinha fundos disponíveis (pensei pela milionésima segunda vez, querem ver que é agora que faço aqui um truque à Ninja e parto mesmo isto tudo?!).

Meto o rabo entre as pernas e dou comigo a mandar bolas de fumo (do frio) pela boca até ao hotel (sempre fica melhor do que mandar uns palavrões – eles aqui também não iriam perceber o significado de… coisa e tal…).

Chego ao hotel e sento-me às 12:00 numa mesa de NL Hold'Em com blinds a 2-5 e mínimo de buy in de €100. Jogo conservadoramente, apenas fazendo 1 único bluff (mostrei um 10-3 off com 5-Q-7-A-2 na mês – apostei €45 num pot de €65). Chego até aos €500, baixo aos €430 e por volta dessa altura recebo pela primeira vez os nossos amiguinhos – AA. Pensei: "nem quero ver isto". Raise para €30 (são 6 vezes a BB), um Italiano fez call. Flop 10s-8s-3h. Eu aposto o pot, cerca de €85 e o menino italiano fez-me raise para €300, eu fico 3 minutos a pensar, a pensar (eu tinha mais €35 que ele, e fiz-lhe all-in que ele igualou com prontidão, ele tinha cerca de €65 com ele). O menino decide mostrar 3s-6s (grande call a 6 X BB com 3s-6s, e não satisfeito, ainda fez aquele raise quase all-in com apenas flush draw baixo – eu por acaso tinha o A espadas…). Adivinhem lá o turn?!?!?! Pois só podia, não era?! Ks. Começo a olhar para o dealer que me devolve o olhar com um quase "desculpa lá, mas eu não tenho culpa de nada disto". River em branco e eu é que fico mais branco que uma folha de papel.

Fico com €35 e não jogo durante duas mãos a pensar como é que o outro tinha feito call com 3s-6s. Não cheguei a nenhuma conclusão, e decido ir all-in com 7c-10c, veio 2 pares na mesa e mostro o meu 10 high, o outro jogador (que por acaso era Irlandês) fez muck – mas de certeza que tinha um kicker mais alto que o meu (mais tarde no bar acabou por me confessar que tinha um K), mas deve ter-me deixado ganhar essa mão só para eu não sair da mesa daquela maneira inglória…

Lá fui subindo a minha banca até que com cerca de €400 e tal euros faço call à BB com Ad-8d. Flop perfeito Kd-4d-5d. O Irlandês bet eu call e o Italiano call. Turn A, o Irlandês aposta um pouco mais pesadote, eu apenas call e o Italiano (que tinha 2-3 – mal sabia ele que 2-3 é a minha mão favorita e que pelos vistos só funciona bem nas minhas mãos) faz sequência e coloca todas as suas fichas no centro da mesa. O Irlandês não hesita e faz call e eu também faço o meu call obrigatório. O River não veio acrescentar nada a esta mão e o Italiano é o primeiro a mostrar as cartas todo contente da vida, irradiando um sorriso sarcástico como a dizer que me tinha "lixado" duas vezes, mostra a sua sequência, prontinho para colocar as mãos no pot, mas rapidamente o Irlandês mostra-lhe fluh com J como carta mais alta – aqui apercebi-me quão bom jogador este Irlandês era; ele olhou para mim com um olhar como que a dizer: boa mão, mesmo antes de eu a mostrar. E realmente estava correcto, mostro o meu flush com A e ele diz-me apenas, e com muita sinceridade: "nice hand, you deserve that one".

O Italiano fica depenado, o Irlandês ainda ganhou um side pot e eu triplico as minhas fichas para mais de €1.200, saindo um pouco depois com €1,860.00 no bolso – a isto diria que foi a recuperação do ano, como quando o Michael Schumacher parte da última linha da grelha de partida e fica no segundo lugar da prova, ou quando se chega ao cimo do "Everest" depois de uma longa caminhada – fiquei contente por ficar atrás dos cerca de €2,500.00 ganhos pelo Irlandês; e isto tudo numa mesa de €2/€5. Saí da mesa com todos contentes (excepto o Italiano que acabaria por perder o seu segundo buy-in…).

O que chamou a atenção nas mesas de cash game foi o facto dos jogadores poderem se ausentar da mesa sempre que quiserem e quando voltam não são obrigados a colocar a BB (mesmo que a tenham passado) – a isto os Irlandeses chamam de "Jogador junta-se à mesa como convidado" – ou têm a opção de comprar o button pelo preço da BB. Estes Irlandeses são mesmo únicos.

Outro aspecto que provocou muitas interrogações aos jogadores foi o facto de os croupiers irem tirando dinheiro para a casa (rake) a uma taxa (por eles alegada) de aproximadamente 5% até perfazer €8 por hora por jogador. Normalmente, no Reino Unido, os jogadores pagam um X por hora só para poderem estar sentados na mesa a jogar, mas aqui, como isto não é um casino nem uma sala de poker, mas uma sala adaptada para este efeito, os croupiers pareciam meios perdidos, chegando por vezes a retirar €10 de um pot de €50 e €5 de um pot de €100.

Vou teclar para o meu portátil e tirar umas fotografias, aterrando apenas às 5 da manhã no meu colchão tipo colchão-de-ar (por €110 por noite podemos ficar em bons hotéis em Portugal e com pequeno-almoço incluído).

Voltemos ao poker, e ao EPT Dublin, que é para isso que aqui estou…

Uma das mãos mais espectaculares que tive ocasião de presenciar neste Dia 1 A foi quando Marc Goodwin fez um call ao all-in de 7,200 fichas de um jogador, mas não esperava um raise all-in do jogador à sua esquerda que colocou mais 13,000 fichas no centro da mesa. Depois de pensar por breves instantes, Marc fez call e mostrou 6s-6c. O jogador que fez o all-in original mostra uns míseros 3h-4h (levantando-se logo da mesa), enquanto que o jogador do raise mostra Qc-Qd. O Flop trouxe 8/10/7. Outro 7 no Turn e (existe sempre um "e"no poker…) o River trouxe um inesperado 6 para dar a Marc um fullhouse e a vitória numa mão com mais de 47,000 fichas no pot, dando assim o 2º lugar de entre os 49 sobreviventes dos originais 195 que pagaram os €5,000.00 para poderem participar neste torneio no Dia 1 A.

Aqui está a contagem de fichas dos 49 sobreviventes que jogarão o Dia 2.

Contagem de Fichas após Dia 1 A:

JOGADORES FICHAS

JONAS HELNESS 117400

MARC GOODWIN 98200

KEVIN BREESEY 83900

TESTUD PAUL 77100

ROY BRINDLEY 71600

STUART FOX 69800

ANDY BLACK 69000

JOAKIM HAMMAR 66500

DAVID CLAYTON 61100

JIM KERRIGAN 57500

NICK SLADE 52600

AZOD PIROOTI 50100

JEFF GALZA 50000

FERGAL MCKEEVER 49200

EOIN OLIM 47100

JOHNNY LODDEN 44900

RAVI U 44600

TRIGAS MAXIMILIANUS 41800

CHRISTOPHER STALIE 40900

KATJA T 39500

ROUE NILOLAISEN 38000

JIM REID 37200

MARTIN KENOR 37000

JIMMY DAHLAVIST 35700

JONATHAN LEWIS 35100

JEPPE JUML 32700

NIKLAS WALLGREN 32000

MARC F 31800

ANDREAS VILSON 30700

NADIYBRIKALJA 29700

REYAAZ MULLA 29100

RAY COBURN 25400

SASMA ROSEWOOD 24400

BOSCH OLIVER 22400

ROBERT TAYLOR 22200

MICHAEL RABENSRIFNER 21600

DANNY RYAN 19400

DANIEL WADMAN 19300

ADRIAN WALSHE 16500

IAN MCTAVISH 12800

CHRISTOPHER SANESSON 12500

ROI ELMALIAH 12000

MARCUS DEIFGEN 11100

DAVID ATRABIN 9800

GEORGE GEARY 8700

G ANDASON 8400

HEINING THOMAS 8200

JOHN STORAKERS 7600

PASCAL PERRAUCT 5300

A maior parte dos grandes nomes apenas jogarão no Dia 1 B, onde estão incluídos Greg Raymer, que esteve na sala de poker a promover uns sit & go com vários jogador de poker, dando mesmo algumas dicas, ou Ram Vaswany que esteve entretido com um seu amigo a jogar poker chinês ( os dois jogadores dividem as cartas, formam 5 mãos com cinco cartas cada, e depois mostram uma mão de cada vez ao adversário. O jogador que ganhar 3 das 5 mãos, ganha esse jogo).

EPT Dublin 2006 Dia 1 A 101

EPT Dublin 2006 Dia 1 A 102

O Dia 1 B começa hoje às 14:00, onde pela segunda vez esta semana ouviremos o director do torneio, Thomas kressmann, dizer: "Shuffle up and deal".

Até já…

Nota:

Quando entro na sala de poker na Quarta-feira à noite na hora do super satélite deparo-me com dois ecrãs com as blinds, número de jogadores, e que até anuncia em voz alta os níveis das blinds, iintervalos, etc. Este sistema é gerido por um software desenvolvido por um amante de poker, e é usado pela maioria dos casinos do Reino Unido e que está de acordo com as novas regras do British Gaming Board – farei um artigo sobre este sistema ainda esta semana.

Nota Ed: A POKER STARS é a responsável pela maior parte do sucesso deste European Poker Tour. Tente já a sua chance de ganhar a entrada para os restantes torneios do EPT.

Mais notícias

O que pensas?